cafe tacvba

tacvba…

lembra quando, há um mês, comentei a chegada – via correio – da edição especial em vinil do mais

recente disco do cafe tacvba?

lembra que contei do encontro, em maio, com o baixista quique rangel – em BsAs – e ele disse que me enviaria a pepita?

ela chegou em setembro e foi tocada no roNca do dia 10.

falei da minha surpresa e da gentileza do quique por ter lembrado e mandado o vinil.

procurei de todos os meios agradecer pelo carinho… mas não consegui chegar a ele.

eu ainda não havia desistido quando, ontem, recebi o seguinte pombo:

Subject: Saludos Quique Cafe Tacvba
“Hola Mauricio,¿Recibiste el vinilo edición especial que te mandé por Fedex?
Te mando un abrazo,Voçe recebeu o vinilo da edição especial que eu envié por FedEx?
um abraço,”

Quique Rangel
Cafe Tacvba

captou a MEGA consideração inoxidável?
caraca, o caboclo mal sossega em casa e consegue se importar com a chegada do disco!!!
D+!
olha o semblante da peça, à esquerda, com barone e joselo (guitarra do tacvba), em buenos aires…
.
.
( :

cineminha BsAs…

desorientação total na praça de maio por conta da data nacional dos hermanos!

a viúva de néstor deitou e rolou, afinadona com os colegas “cesta básica” do continente!

na boa, não consigo captar a real de cristina… mas assim como ela é capaz de entopir a praça com gente de todos os cantos da argentina, ela também tem sido capaz de seduzir pessoas que, teoricamente, estariam muito distante dela.

como diz o paiva: “acho que parece que não sei”!!!

o mais impressionante aos olhos de um brasileiro (e para piorar, carioca) é a mobilização de jovens nessas causas políticas portenhas.

por exemplo, dá uma olhada…

ah, claro… você está pensando que a xeretinha registrou esta tchurma em frente ao palco do lollapalooza em buenos aires, né?

hahaha… errrrrrrrrrrrrou!

sente a rapeize…

milhares & milhares gritando, cantando, espancando o bumbo… se esgoelando! sinister!

para eles, da “arquibancada”, futebol = política… simples assim!

pouco vi no enorme palco montado em frente da casa rosada… acomhanhei, de longe, os paralamas e café tacvba!

mas ficamos no mesmo hotel…

conversamos sobre o show no circo voador e eles disseram ter adorado a passagem da banda pela lapa!

quique (à esquerda) prometeu que vai enviar a edição em vinil transparente do mais recente disco do tacvba…

e passou pra gente o cd de liber terán, produzido por ele (estará no roNca de amanhã)!

já que o assunto é vinil, no camarim…

ao longo dos últimos anos, paralamas & tacvba se cruzaram algumas vezes…

e, se depender da empolgação, eles vão acabar fazendo um disco together!

buenos aires segue espetacular, cascudaça, linda, mais pobrezinha…

e, certamente, bem saudável ao seu bolso se comparada com as nossas cidades!

“red red wine, lá lá lá lá lá…”

e mais, tirando chicago, em qual outra cidade das américas você esbarra com o novo disco de roscoe mitchell

na vitrine de uma loja? fueda!

quando sai o próximo bião pra lá?

( :

arriba tacvba!!!

há muito tempo eu não esperava por um show com tanta ansiedade…

quer dizer, maomé, também fiquei bem aceleradinho com o grizzly bear!

em 2013,  o circo voador já foi palco de dois espetáculos que ficarão na caixola por muuuuuito tempo!

ontem, à tarde, otaner (lacumbuca) estava preocupadão:

– caraca, será que teremos um novo jonathan richman?

deta: a leNda jonathan richman fez um dos shows mais extraordinários que já passaram pela lapa…

diante de SESSENTA testemunhas, em 2010… contadas a dedo!

respondi ao otaner com a esperança de termos mais público no tacvba!

afinal, a colonia latino-americana é grande!

e assim foi!

diante de uns 400 empolgados “cariocas”, a loNa ferveu!

ninguém lá esteve para aparecer… para ser visto e tirar onda, nenhum cachecol (me entende?)…

afinação cascuda com o tacvba… que, literalmente, deitou os cabelos numa festa MEGA caliente!

assim como o show de jonathan, tenho certeza que, em breve, sentirei sodade da vibe de ontem!

o repertório passou pela História da banda mexicana… sem restrições!

do novo disco, foram poucas pro meu desejo… TRÊS!

o tacvba (e)leva à última potência (e bota potência nisso!) tudo que considero fundamental num grupo…

e num show!

pode escolher tudo de mais cascudo… eles têm pra dar e vender!

porra, já estou com sodade… afinal, não sei quando terei performance parecida diante de meus sentidos!

cacilds, onde tem uma tequila mais próxima?

hahaha…

segue cineminha captado pela xeretiNha:

aTRIPA marcou presença frenética… muitos componentes conhecidos e outros tantos que chegaram assim:

– cara, fico na moita, há anos. mas tenha certeza que não largo o jumboteKo!

sério não foram dois ou quatro… foram muitos com as mesmas letrinhas! impressive!

outros, assim:

– maurição, só estou aqui por sua causa!

enfim… FUEDA!

já saindo do circo, num verdadeiro lendódromo (peter fogão, blackhill, calvin & cia ltda), zé (da maré) me deu o papelinho:

( :

o café, ontem, em sumpa…

segundo tunel ( d’aTRIPA)…

“Show fantástico, como prevíamos. Duas horas, com todos os hits. Não tocaram nem um terço do disco novo. O público não chegou a 400 pessoas – num teatro que comporta mais de 1600 pessoas. Mas, como a maioria era mexicana, todas as músicas foram cantadas em coro. Nem parecia que tinha pouca gente. Eles vão chegar no Rio empolgados. Imperdível. Dos três shows que vi do Tacvba, esse foi disparado o mais legal.”

segura o setlist:

  1. (Olé Olé cover)
  2. (Los Tres cover)
  3. (Jaime López cover)
  4. Encore: