300

quando luiz mauricio dos santos participou do programa number1 na Oi fm, em 21março2006, ninguém apostaria que chegaríamos à edição number300!

sim, chegaremos… HOJE… com 300 minutos de pura desorientação sonora, das 20h até uma da madruga!!!

teremos inúmeras participações de amigos, ouvintes…e, até, figuraças como…

coincidentemente, nessa semana, conseguimos demonstrar nossa principal “função” ao longo de tantos tempo em FM:

unir as pontas.

pontas que, jamais, alguém poderia imaginar together. pontas que falam línguas diferentes… que pensam diferente… se alimentam diferente… amam diferente… mas que são unidas, pelo menos, por uma única coisa em comum:

a paixão pelos sons… pelo Rádio!

sim, coincidentemente, passaram por aqui o marcelo – caminhoneiro, descabelado, que rasga as estradas do nordeste brasileiro a bordo de seu scania… e a cintia – residente no sul do brasa, na capital do couro tupiniquim – mega fissurada no cardápio do roNca!

na boa, este é O meu interesse… há muitos anos brigo – brigo MESMO – pela liberdade da Música… para que Ela chegue ao maior número possível de ouvidos curiosos… que junte os mais diferentes tipos de gente… que possa fazer girar a roda de nossas vidas, pra frente!

e, como sempre afirmo, a reação que vem de nossa tossida é o combustível responsável pela pipa ficar lá em cima!

chegar a 300 programas sob as asas de um instituição como a Oi foi muito emocionante.

chegar a 300 programas, AO VIVO, para diversas cidades brasileiras… é de arrancar o coração pela orelha!

chegar a 300 programas com TOTAL liberdade… PQParille!

FUEDA!

aproveito para agradecer a TODOS que se envolveram com o roNca nessas 300 semanas… técnicos, gente de promoção, marketing, a estrutura do grupo bel em BH, todas as praças da Oi fm… e, claro, a brigada anti-incêndio, sempre alerta!

hahaha…

nessa virada de ano, algumas novidades irão aparecer diante de nós… as corriqueiras alterações no mundo do business definirão a plumagem que teremos em 2012… mas o jumboteKo seguirá, firme, em rota de colisão com seu coraçãozinho!

anyway, anyhow, anywhere… só nos resta brindar, a partir das 20h (SIM, o programa começará às 8 da noite)!!!

cheers

(uma taça para cada 100 programas)

( :

por falar Nela…

Subject: Tarde boa

“Fala gente fina, tudo certo?

Passando só pra mandar aquele abraço antes da festiva edição. MauVal é bom demais estar a bordo do jumboteko. As noites de terça-feira são fundamentais pra gente dar aquela relaxada ouvindo música boa, tudo isso de uma forma mega descontraída. Po, parece que a gente está numa mesa de bar quando ouve o programa. Isso é fantástico.
Este ano foi muito bom. Pensa, nós começamos o ano lá em copabacana quando vc fez um set no Revéillon. Você tocou Hendrix e aquilo foi a prova de que 2011 ano não poderia ser um ano ruim, ele já estava começando em grande estilo. E logo em janeiro tivemos aquela showzaço do Jeneci no OI Casa Grande, em fevereiro os RoNcas no Arpex. E a festa no Bola Preta? Putz! Do Amor no palco quebrando tudo. E os convidados no programa? Geneton duas vezes, Marcos Valle, D2, Dapieve e Dado Villa-Lobos na véspera do meu niver… do caralho, não? Essas coisas só o RoNca nos proporciona. Valeu demais!
To sabendo das mudanças que estão por vir, mas não estou preocupado. Estou seguindo o conselho que você nos deu semana passada, já desanuviei meu coração. E vamos comemorar muito hoje e quinta-feira. Precisamos fechar o ano com chave de ouro.
Que venha 2012. Com o RoNca onde o RoNca estiver.”
abraços do cheers /+/

Jeferson
+
Subject: Trezentão
“MauVall,
Tudo bem?
Enfim, chegou o dia! Enfim, chegou a hora tão esperada! Não sei você, mas independente de tudo o que já rolou (vinhetas, ligação, emails), eu estou muito ansioso em poder ouvir o programa. Vou tentar ouvir, pq lá em casa tá meio bronca de fazer a internet funcionar. Se não fica pra amanhã, no site! Vai rolar, né?
Hoje, ao ler no tico-tico que o Felipe Ferrare vai participar do programa, fiquei sem palavras. Sério! O cara vai aparecer ao vivo, ou vai ligar como fazia antigamente? Lembro que lá no finalzito dos 90 ele ligava e falava aquele monte de m**** e me carcava de rir por aqui. Era muito bom! Vai ser bom ouvir o cara novamente! Acho que ele deveria voltar a fazer dessas de dar uma ligadinha! “Alô Governador!”
Bom, esse pombito é para parabenizar a chegada aos 300. Parabéns, MauVall! Parabéns mesmo! PARABÉNS PELO RONCA 300!
Não deve ter sido nada fácil chegar até aqui. Manter um programa da qualidade do ronquinha deve ser bastante complicado. E sei que você, como fissuradasso pelo programa deve ter faltado pouquíssimas vezes. Pela tua contagem, foram só 5 vezes! Ou menos! Isso é que é amor por uma programa, por uma profissão, pela vontade de fazer a tossida mais feliz a cada terça.
Se não fosse você, se não fosse o RoNca RoNca, nossos ouvidos teriam que procurar outra coisa nas rádios do BraSa (e do mundo) ou então desligá-los.
Se não fosse o Deluan, eu jamais conheceria o ronquinha. É por causa dele que meus ouvidos tem mais qualidade sonora.
Desculpe colocar o Deluan, no meio da trozoba, mas sei que vc. entenderia isso, afinal, se tem uma coisa que eu sei que você preza é a amizade. Já tratei de agradecer a ele por essa prezepada!
Só posso dizer uma coisa: 3 VIVAS AO RONCA RONCA!
Não! 300 VIVAS AO RONCA RONCA!
Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca! Viva o RoNca RoNca!
Grande abraço a você, e a todos que puderam tornar as nossas noites de terça em noites mais legais e com mais qualidade!
Parabéns, MauVall! Parabéns!”
Edu Nigro
(curitiba)
+
Subject: 300!
“Salve Mauricio!
Hoje é dia de festa. Não, não, o Gigante da Colina ainda não ganhou a Libertadores 2012 e Brasília ainda não explodiu.

É dia de comemorar as 300 edições do Ronquinha! Quer coisa melhor?

Se o Leonidas estivesse vivo para ver isso, certamente diria: This is Spaaaaaaaarta! e colocaria sua tropa com ouvido colado no radinho.

O RoNca não tem 300 edições. Não, não tem. Ele tem mais! Se eu fosse considerar uma edição do RoNca, cada post que leio no Tico-Tico, cada festa do programa, cada evento que tenha um toque RoNquistico, a marca fatalmente pularia para 2000 no minimo.
Há 1 ano atrás, eu estava escrevendo um outro email sobre as 250 edições do JumboteKo e hoje já estamos em 300, veja bem.
Nesse ritmo de 50 programas por ano, em 2020, teremos a ilustre marca de 750 roNquinhas. Haja voz e música, hein Mauricio? Felizmente, o tanto de coisa boa que tem na fila para tocar no programa supera qualquer limitação numérica que o tempo de vida da criança, nas frequências da FM possa impor :)

Estou muito feliz por termos chegado tão longe (me incluo na família, sim senhor!) e só tenho a agradecer por vocês terem surgido na minha vida e me alegrado durante esses anos que acompanho o RoNca!
Nada define a sensação de toda terça-feira, olhar o relógio toda hora depois que o Sol se vai, esperando dar logo 22h para a turma se reunir de novo!
É isso, vamos que vamos que muita coisa boa ainda vai pintar por aí! (:
Até logo mais!

THIS IS RONCA RONCA!!!!!!!!!!!!!

Abraços,”
Renan