Todos os posts de mauval

a bula do #598…

serge gainsbourg – “ballade de melody nelson”

melvin & os inoxidáveis – “inabalável”

the human league – “being boiled”

the human league – “circus of death”

charles lloyd quartet – “bird flight”

bate-papo com bruno maia, diretor do documentário “romário, o cara”

the ex – “frenzy”

los van van & carlinhos brown – “soy loco por ti america”

moreno +2 – “assim” (12″)

trilha apocalypse now

herman’s hermits – “there’s a kind of hush” (7″)

the contortions – “i don’t want to be happy”

canned heat – “change my ways”

canned heat – “same all over”

ouça AQUI o programa

#598, hoje, às 22h, em edição limitada e trepidante…

isso, edição inédita & limitada pra abrir a boca e o boca… bate-papo com bruno maia (diretor de “romário, o cara”) + nandão, trepidante, ao som de los van van, charles lloyd, washington rodrigues, canned heat, moreno+2, human league, the ex, melvin & os inoxidáveis, the contortions… e muito mais. tá bão?

#598, hoje, às 22h, aqui no poleiro

(+ amazon, google, spotify, tunein, apple, castbox, itunes…)

matheus, coração sujo, passando a vida com o roNca…

Subject: Só agradecimentos – e rumo ao miliduzentola

 

“Bom dia/boa tarde, Mauricio. Tomara que este e-mail o encontre bem, como diziam.

Rapai!… Fiquei muito emocionado ouvindo a dedicatória lida por Nandão-Pereio no último programa. De arrepiar, meu compadre. Obrigado mesmo, obrigado demais!

Depois vi a foto do livrinho no site… Sem palavras pela consideração que vc teve, que vcs tiveram.

(Aliás, esqueci de lhe mandar o código postal, avisando do envio… Sorte que deu certo de vc ver a tempo – sorte essa que meu Santão não teve ano passado, e agora eu também estou descobrindo o que é viver uma SuperTerça, mesmo sem estar tendo jogo de terça ainda, pra um Peixe ofegante…)

Queria dar um “pequeno depoimento” sobre eu e seu programa: há anos já (apesar de não ser daqueles que se manifestam) passo a vida escutando o RoncaRonca, em geral em partes, ao longo da semana.

Então vocês me acompanham sempre – ou sou eu quem os acompanho?

Estamos juntos.

Escuto conforme consigo (se estou correndo com o cachorro [quem dera correr em cavalos a pelo!], ou lavando louça, ou olhando pro teto, ou ouvindo pela segunda vez, ou fazendo um trabalho que não exija quase100% de atenção), porque para aproveitar as falations é desejada a “escuta ativa”, e meu cérebro (masculino?) não consegue executar duas tarefas complexas ao mesmo tempo.

Então “veja que” ouvir o Ronca (com a atenção MERECIDA, porque, sim, vocês merecem – We insist!) é uma atividade complexa. São preciosas as prosas, as dicas, as histórias que conta; é precioso o humor, pra melhorar o dia. O que seria de mim se vocês não tivessem vindo antes no caminho?

Sigam assim, então, requeremos!

(Sou propagandista do programa entre meus amigos que gostam de música, e entre os que não ligam pra música também. A gente insiste…)

Um abraço pra vc e pro Nandão, com quem compartilho o Clash como uma das bandas mais ouvidas (perigou muito de mandá-los, por minha própria culpa, para a escadaria… Que risco! Acontece com os desavisados).

(E 600ntola não é o bastante. Queremos o miliduzentola – já estamos amoitados.

Saúde – e manda música.)”

Matheus, Capivari-SP