Arquivo da categoria: fotografia

marcia & naná…

Assunto: Ei Mauricio!

“Tá tudo bem por aí ? Naquelas, né?
Eu tô doida na minha camiseta ! Mas eu pego no final do ano quando for ao brasel. S problemas!

Queria era te mandar esse vídeo aqui, coisa linda desse monstro que foi Naná! Foi, ou é? A arte é maior que o artista, né? Então eu acho que esses caras são eternos.

Beijo e inté;”

Marcia de lixboa : )

os mutantes, a hora e a vez…

novíssima edição do livro da fotógrafa leila lisboa que registrou os mutantes de 1969 a 1974. como liminha e eu cruzamos os bigodes no fim de semana, o cidadão fez a entrega do produto ainda quentinho… “os mutantes, a hora e a vez” foi lançado, originalmente, em 2015… de lá para cá, foi remixado com novas letrinhas, imagens atuais da banda, capa dura… D+

olha a leila falando da primeira edição…

virgin records antes do foguetinho (ou inverno1975)…

captou a logomarca original ao fundo?

desse jeitinho foi o início da virgin records num beco de portobello road, no inverno londrino de 1975, logo após tubular bells ser lançado e pouco antes dos pistols entortarem o planeta… mal sabia que iria se transformar em foguetinho intergalático pelas mãos de de seu criador, richard branson.

e a cara de vernon yard (reparou nas placas à esquerda do gaitista?) hoje…

leandro, o roNca clube, fausto e “vai entender”…

Assunto: um brinde ao ronca + foto emblemática sem créditos

“salve, m.v. e nandão,

saio da moita e envio esse pombo acelerado por duas razões:

1) agradecer a grande sequência de programas e endossar o coro da tripa: a sintonia entre vocês está sublime, olho parado rastejante total; e mais, aqui em casa já são dois interessados e garantidos num possível clube do ronquinha, é só cruzar na área que já estamos prontinhos pra colocar a bola na rede!

2) aqui já é um assunto chato, mas acho que cabe informar: tem uma página daquela rede social das fotocas (que agora já se tornou sabe-se lá o que) que posta imagens antigas do rio de janeiro; daí hoje pipocou na minha cara o seu icônico registro do fausto fawcett entre a santa clara e a nossa senhora de copacabana, mas infelizmente sem os créditos; imediatamente comentei marcando o perfil do ronca e cobrando a inclusão dos créditos do fotógrafo (a minha namorada fez o mesmo), e para a nossa surpresa os nossos comentários foram apagados e fomos bloqueados, olha que coisa! atualização: enquanto escrevo, confiro novamente e os camaradinhas que administram a página atualizaram a descrição da foto e deram os créditos, mas os comentários continuam apagados e o block permanece, vai entender…

abraços e manda música!”

Leandro

são januário…

emocionante a reverberação sobre a subida de januário garcia… a UÉBI está cheia de informações sobre o cidadão que já deveria ser muito conhecido de todos os interessados em fotografia/resistência/música… mas, pelo menos, como dizem os de antigamente, antes tarde do que nunca!

imagens registradas pela xeretinha em maio1980

são januário forévis!