Arquivo da categoria: programa

a bula do #505…

jô soares – “o vampiro” (ao vivo, 1980)

working men’s club – “widow”

the rolling stones – “lady jane” (7″)

the rolling stones – “mother’s little helper” (7″)

bob dylan – “alberta” (take 3)

ladysmith black mambazo – “pauline”

vulgue tostoi – “terrorismo feliz”

johnny osbourne – “never stop fighting” (7″)

adoniran barbosa – “malvina”

nelson riddle – “route 66 theme”

mahalia jackson – “i’m on my way” (ao vivo, 1958)

horace andy – “this must be hell”

caetano veloso – “eu quero essa mulher”

caetano veloso & edith oliveira – “viola meu bem”

caetano veloso – “de conversa / cravo e canela”

ouça AQUI o programa

o #505, hoje, às 22h, todo exibidão…

#505 carregado por beijos, pauta grande, cafunés, nivers + presente cabriocárico para nandão + possibilidade de especial casca grossa + adoniran barbosa, johnny osbourne, nelson riddle, horace andy, mahalia jackson, ladysmith black mambazo, vulgue tostoi, working men’s club e muito mais!

#505, hoje, às 22h, aqui no poleiro

(+ deezer, amazon, mixcloud, itunes, spotify, castbox, google…)

a bula do #504…

bill withers – “lonely town, only street” (ao vivo, 1972)

bill withers – “lean on me” (ao vivo, 1972)

raquel sofia, fuego, eisten torres & the attractions – ” yo no quiero ir a chelsea”

ana frango elétrico – “roxo”

the temptations – “my girl”

fontaines d.c – “skinty fia”

fontaines d.c – “i love you”

mopho – “mundo sem fim”

agostinho dos santos – “negro”

mick jagger – “wild colonial boy” (ned kelly soundtrack)

lee morgan – “the sidewinder”

lucio maia – “vai rolar cabeça” (especial para o #500tola)

jerry garcia – “sugaree”

ouça AQUI o programa

#504, hoje, às 22h, em modo celestial…

vem queNte, vem muito queNte pro #504… JISUS! nandão incontrolável em pautas cabeludérrimas + reverberation sobre a novíssima porcelaNa 40aNos + agostinho dos santos, ana frango elétrico, the temptations, mopho, fontaines d.c, jerry garcia, lee morgan, bill withers e muito mais!

#504, hoje, às 22h, aqui no poleiro

(+ amazon, deezer, mixcloud, itunes, castbox, google, spotify, pocketcast…)

a bula do #503…

fito páez & the attractions – “radio radio”

jorge drexler & the attractions – “la turba / night rally”

elvis costello & the attractions – “neat neat neat” (ao vivo, 1977)

heitor dos prazeres – “nada de rock rock” (10″)

asian dub foundation & edi rock – “19 rebellions”

fellini – “tabu”

bernard herrmann – “taxi driver soundtrack”

kris kristofferson – “the pilgrim, chapter 33”

quarteto novo – “vim de sant’anna”

jethro tull – “thick as a brick, parte2”

(contracapa do álbum “thick as a brick”)

siouxsie & the banshees – “spellbound”

popol vuh – “a different world” (trilha cobra verde)

papo com a roNcraKuda willana, direto de OHlinda

ouça AQUI o programa

 

#503, hoje, às 22h, com os bigodes arrupiados…

#503, praticamente, indo ao ar na sala de ciNema… sinistróide! nandão em modo josé wilker deitando os cabelos na sétima arte! avaliação da bizarra pesquisa de torcidas  no futiba brasileiro + kris kristofferson, fito paéz, asian dub foundation, heitor dos prazeres, elvis costello, bernard herrmann, quarteto novo, siouxsie & the banshees… e muito mais.

#503, hoje, às 22h, aqui no poleiro

(+ deezer, castbox, amazon, itunes, spotify, mixcloud…)

a bula do #502…

shirley bassey – “goldfinger”

the smile – “the smoke”

mauricio pereira – “não adianta tentar segurar o choro”

neil young & crazy horse – “human race”

popol vuh – “venus principle”

dolores fantasma – “o velho raio”

jethro tull – “thick as a brick, part2”

happy mondays – “kinky afro”

lava divers – “tearsfall”

robyn hitchcock – “i often dream of trains”

marvin gaye – “inner city blues”

roberto silva – “o jornal da morte”

carne doce – “white rabbit” (versão #500tola)

ouça AQUI o programa

a carta magNa (ou zezé jones, simples assim)…

  Rio, 20/3/84

“Mauricio e Liliane (a dupla dinâmica),

Ontem ouvi (como sempre) o programa que vocês apresentam para nós, rockeiros ávidos pelo conhecimentode novos grupos. Não preciso dizer que adorei e fiquei EMOCIONADA pela homenagem de vocês. Nem precisava. Afinal o rock e uma grande família…
e e lógico que eu AMEI o fato de vocês terem tocado 3 músicas do ECHO (e que gravei, of course). SEVEN SEAS, então eu DELIREI. realmente eu não sei como voces conseguem descobrir e arranjar tantas novidades!
obrigada, também, por ter reouvido o grupo THE SMITHS, principalmente esta música tocada. Ah, eu tenho uma sugestão para vocês, embora eu
não saiba se vai ser uma boa (eu acho que sim). eu sugiro que você, uma vez por semana, faça um especial com um grupo. Por exemplo, num
mês, você escolhe segunda ou sexta e resolve mostrar so o Madness, depois o Public Image e assim por diante. Então, você poderia fazer uma perspectiva
do grupo, desde as primeiras músicas (que são difíceis de serem encontradas aqui, sobretudo se sairam em single) até as últimas. eu acho que seria
legal porque tem muita gente que só conhece uma ou duas músicas de tal grupo e, assim, com o especial você poderia cobrir a carreira do grupo.
Veja o especial do U2, por exemplo. foi um SUCESSO! eu pensei nisso ontem a noite, já que depois que eu ouvi o ECHO, eu não consegui dormir.
As músicas são simplesmente LINDAS! não quero dar uma de fã alucinada porque detesto isso. Estou também louca para ver o resto do Lp do Madness.
A música Michael Cane e a Samantha devem mesmo, como disse a Liliane, serem incluídas, com URGÊNCIA, na programacão da rádio. Eu li algo sobre
o AZTEC CAMERA numa revista americana. Eu só conheco uma música deles, acho que é “obvious”, que você colocou em um de seus programas. gostaria
de saber se eles já tem muitos Lps, porque esta música que eu falei, eu adorei. E, sobre o fato da OBRA PRIMA “PORCUPINE” ter vendido pouco, bem, eu só posso dizer que eu conheco, pelo menos, três pessoas com
este Lp. Eu, um colega e dois primos que eu tenho na louca São Paulo.
Por isso, eu aposto no ECHO e não no THE BEAT (embora eu goste deles
too). Mas eu acho que o porcupine pode (e deve) ter vendido mais. Pelo menos é o que espero como uma ECHO ADDICT. Bem, eu estava pesquisando
os meus “arquivos musicais” (que os meus pais chamam simplesmente de “jornais velhos”. vejam só!) e descobri duas coisas que o JOHN PEEL
disse uma vez. Por isso, eu reproduzo aqui e mando pra vocês dois, de presente. Ai vão: “the BBC is a great quivering mess creeping into the
1940’s, out of the 1920’s” “whoever is doing the bay city rollers, publicity has no sense of shame” nota: eu não sei se voces já ouviram falar no BCR (um grupo bubblegum, detestante e que eu, quando tinha uns 13 anos tive a audácia de comprar uns Lps deles!) bem, acho que já estou torrando a paciência de vocês dois. Continuem na estrada do rock, que é a VIDA
pura e simples. Sabe porque o programa de vocês e o mais importante da MALDITA HIGHER HELL? sem querer desmerecer os outros, mas nós estamos
pela primeira vez, vivendo o rock. Eu e o pessoal que conheco, que nascemos no início dos anos 60, nao tivemos a sorte de viver a década das flores,
e quando conhecemos os grupos de rock dos anos 70, eles já tinham começado e ja estavam na metade da carreira deles. Ora, nós estamos, então, vivendo
os 80s, junto com a musica do U2, PUBLIC IMAGE, ECHO, MADNESS e outros.

Eles marcarão a nossa história e a nossa vida. Eles são MEMORIAS do nosso dia a dia. Quem
não sacar que o rock é algo que muda, sempre, quem se RADICALIZAR, não poderá nunca compreender a essência do rock! e vocês sacaram e mudaram.
É isso aí. A única coisa que a gente pode ser radical é na LIBERDADE.
E aí inclui-se a liberdade (e coragem) para mudar.”

Zezé Jones

“toda criação é uma loucura que da certo”
“music is your only friend” (meu outro lover JIM MORRISON)