Arquivo da categoria: youtube

andré, de BH, mandou pra gente…

Subject: ANDRE – BH | recomendação p tripa = lives do mestre Wilson Ferreira
“Fala MaU vAl!
Tudo bem?
Sai da moita para indicar para a tripa as Lives do cabeleira altíssima prof Wilson Ferreira. Não sei se você conhece, mas ele é mestre em Comunição Contemporânea, autor de diversos livros e também escreve no blog cinegnose basicamente sobre análises semióticas a respeito de cinema, música, política, e outros assuntos.
o blog dele é este AQUI
Mas vim aqui para indicar as lives que ele tem feito aos domingos. Cada live sempre começa com análises bem interessantes de artistas que a gente ama: David Bowie, Os mutantes, Frank Zappa, The Who, NIck cave n bad seeds, Dave Brubeck e por ai vai…
As lives são longas e temas muuuito abrangentes (que ate pode não agradar a todos) mas tem minutagem que ajuda a encontrar os assuntos abordados.
No mais, um fooooooooorte abraço p vc e nandão a lenda!”

Att,

André

pra começar a semana com o coração saindo pelas orelhas…

Assunto: Julinha pedindo música no roNca em 2019
“Bom dia,
Segue o vídeo da Júlia ouvindo essa semana uma edição do roNca roNca de 2019 onde vcs colocaram a voz dela pedindo música… olha a cara de felicidade dela.
Sou fissurado no rONCArONCA há mais de 15 anos.
Gostaria de pedir como presente de aniversário, 15 de outubro, uma música do também aniversariante Fela Kuti.
Abraços do roncracudo…”
Rinaldo.

francisco & michael…

(vídeo de 1991)

Subject: Preto ou Branco
“Mauricio e Nandão, tudo bem com vocês?
Sou fã do programa desde os anos 90 e nessa pandemia vocês têm sido meu alento nesses tempos tenebrosos, agradeço por isso de todo o meu coração!
Nos últimos programas o Nandão mencionou o preconceito da sociedade branca americana contra os batuques, os instrumentos percussivos da cultura negra.
Eis que estava eu lendo um artigo de Joseph Vogel, escritor de música e instrutor da Universidade de Rochester sobre a canção Black or White de Michael Jackson e nele é mencionado o momento do clipe em que o pai branco de classe média é ejetado de seu sofá por um golpe sonoro da guitarra de seu filho e vai cair onde?
No continente africano, onde é envolto por suas danças e ritmos ancestrais, e Joseph Vogel analisa assim o significado desse momento:
“Aqui, Jackson inicia a “reeducação” do pai por retirar a socialização deles e retornar às origens da música, som, e dança. “A proverbial resistência da América Branca à musica de selvagens, aqui, encontra a herança afrocêntrica dela”, escreve Armond White. “O apropriado começo da música e a entrada de Jackson, aqui, além de um grupo com lança e escudo carregando flechas, com rostos pintados de preto e branco, fazendo uma ligeira dança Watusi, nega a resistência por abraçar a herança”.”
Como no #459 você comentou sobre o acirramento das tensões de raça, gênero, orientação sexual e outras nos EUA e perguntou como John Lennon se colocaria no mundo atual, faço a pergunta: como Michael Jackson se colocaria no mundo atual?
Segue AQUI o artigo.
Poderiam tocar essa canção Black or White no programa? Poderiam dedicar ao meu amigo do peito Tiago Lyra, cria do Méier, que me apresentou o ronquinha?
Um forte abraço a vocês! ;)”
Francisco Cota soltando esse pombo direto da Piedade, Rio de Janeiro.

o assombro…

prestenção na rapaziada de aracaju, nos primeiros minutos de hoje. ou seja, meia noite e qualquer coisa…

vamos combinar: nenê, 40 anos. passou (sem citar todos) por palmeiras, santos, celta de vigo, monaco, paris saint germain, west ham, são paulo, fluminense e chegou para sua segunda temporada no CRVG, procede?

perguntinha demmy style: precisa ele demonstrar toda essa cordialidade-assombro-felicidade-entrega a uma torcida cujo clube está na oitava colocação da série B?

ahhhhhhhhhh tá, captei… this is religion

sinistróide

( :