Arquivo da categoria: youtube

marcia & naná…

Assunto: Ei Mauricio!

“Tá tudo bem por aí ? Naquelas, né?
Eu tô doida na minha camiseta ! Mas eu pego no final do ano quando for ao brasel. S problemas!

Queria era te mandar esse vídeo aqui, coisa linda desse monstro que foi Naná! Foi, ou é? A arte é maior que o artista, né? Então eu acho que esses caras são eternos.

Beijo e inté;”

Marcia de lixboa : )

caipirinha, o tempo e LKJ…

Assunto: do tempo do ronca! Digo, do rocka…

“Salve, Simpatia!

Hoje caí da cama de manhã bem cedo, ali pelas 5, e resolvi dar uma volta pelo parque aqui perto de casa. Hora ótima, o dia já claro, ninguém à vista e, por conta disso, pássaros e esquilos aos montes.

Headphone no ouvido, resolvi escutar LKJ. E enquanto caminhava e escutava… me toquei que pra mim o LKJ vem láááááá dos tempos do rocka 26, que foi com toda certeza onde ouvi pela primeira (e segunda, e terceira, e quarta) vez.

E me perguntei o seguinte: de tudo que veio diretamente dessa fonte aí, será o LKJ o mais duradouro? Outras coisas muito queridas que vieram de lá (por exemplo, Echo & The Bunnymen) eu hoje em dia não ouço com tanta frequência, e quando ouço sinto que o tempo passou pra esses outros mais rápido que pro LKJ, que pra mim continua fresquinho como se tivesse saído do forno hoje de manhã.

Mas tô escrevendo mesmo é pra dizer que teve uma música em particular que me levou diretamente pra uma noite de sgunda ou sexta na Flu FM. Essa aqui. “Street 66″. Não sei porque, e provavelmente não é verdade, mas tive a impressão forte que essa foi não só a primeira música do LKJ que ouvi (na vida e no rocka 26), mas que é também minha memória mais antiga do programa da gente.

Será fato, ou será boato? Nunca vou saber, mas a sensação da memória tão antiga foi ótima.

Motivo #1.446.347 pra agradecer. Valeu!”

Marcelo “Caipirinha” (Leeds, UK)

os mutantes, a hora e a vez…

novíssima edição do livro da fotógrafa leila lisboa que registrou os mutantes de 1969 a 1974. como liminha e eu cruzamos os bigodes no fim de semana, o cidadão fez a entrega do produto ainda quentinho… “os mutantes, a hora e a vez” foi lançado, originalmente, em 2015… de lá para cá, foi remixado com novas letrinhas, imagens atuais da banda, capa dura… D+

olha a leila falando da primeira edição…