cinema

o jogo inglês = o jogo brasileiro…

essa rapeize (toda) saiu da indústria do algodão láááááá do norte da inglaterra, de blackburn… gente feia, iletrada, pobre, grosseira que para o sul playba só tinha valor pela mão de obra barata e, consequentemente, para encher os cofres da aristocracia.

lá pelos idos de 1880 o blackburn rovers resolveu encarar os almofadinhas que reinavam absolutos no futiba da ilha… claro, os endinheirados criaram o jogo da bola, eles inventaram as regras, eles faziam os campeonatos para eles ganharem, tudo à sombra do cavalheirismo, do bom mocismo… tá captando?

mas aí, os pobretões-operários-favelados (com apoio financeiro dos capitalistas de blackburn) foram encorpando o time e começaram a ameaçar o reinado sulista (londres e periferia) na F.A cup, o mais importante torneio na época.

resultado? a elite expulsou o blackburn e o darwen (vizinho) da competição por conta de pancadaria selvagem, vandalismo e risco de jogar no lixo a finesse do english football.

hahahahahaha…

todas as ações que tão bem conhecemos (a politicalha nojenta) são mostradas cristalinamente na série “the english game”… repito, que acontece por volta de 1880 mas retrata a situação atual do futebol mundial.

não vou seguir a narrativa para não dar spo… como é nandão? ahhhhhh, spoiler… que não tem mais importância atualmente mas ficarei quietinho.

enfim, vale muita dar uma conferida… e ter noção de como foi a barra de certo clube em são cristóvão (rio), por volta de 1920, ao enfrentar o sistemão que queria manter o futiba, exclusivamente, para as classes abastadas.

vento que bateu lá fora bateu igualzinho por aqui. impressive…

ricky gervais X a patotinha de hollywood…

o melhor, o melhor… D+

esse foi o monólogo inicial… no aguardo que o Utube mostre as outras estrogonóficas presenças dele no prêmio. como por exemplo, a despedida onde deu mais ou menos esse recado:

– pronto, acabou (fazendo gesto de varrer todos pra fora) podem ir encher os cornos e se drogar à vontade. fuck off

dizem os entendidos que a associação dos jornalistas gringos de hollywood fez de tudo para gervais não apresentar o GG… mas, mesmo assim, ele chegou à quinta e derradeira função… demolindo tudo e todos.