cinema

brutalidade…

ken loach, mais uma vez, mete o dedo na ferida… e roda!

ainda não vi (começou hoje), mas só pelo trailer dá pra sentir a terra tremer… com destaque para a “poesia” pichada por daniel nos cornos da brutalidade estatal:

“Eu, Daniel Blake, exijo uma data para minha apelação antes que eu morra de fome, e que se mude a merda de música no telefone”

PQParille, sempre sonhei com alguém me representando contra o inferno da espera telefônica nessas porras de atendimentos… UAU!

daniel

na conta de mozart…

coincidentemente, ontem, dei uma ligada pra gravadora que representa aqui no brasa o selo deutsche grammophon… a idéia era saber se eles tinham o cd da trilha sonora de…

criada pelo islandês jóhann jóhannsson.

a resposta foi 110% negativa… tipo: “não recebemos mais amostras de fora e são pouquíssimos os lançamentos em cd. quase tudo é digital”

não sei se o fato da caixa de mozart – ali embaixo – ser o lançamento em cd mais vendido sobre a face da terra em 2016 poderá espetar a indústria brasileira no sentido de se coçar mais um pouquinho… não sei!

enfim, “a chegada” é muito bacana… e será pauta no próximo “cine shogun”.

a conferir

( :

anton, james & deNNis…

anton corbijn iluminou o negativos & positivos (119), em outubro2014… quando foi estampada esta fotoca clicada pela xerê…

anton.echo

durante a passagem do echo & the bunnymen pela cidade de são sebá, em maio1987… e cruzamos os bigodes com ele segurando o programa da banda com seus cliques.

lembra, né?

anton volta à cidade olímpica através de seu mais recente filme onde a Fotografia move montanhas como principal protagonista na História de james dean e dennis stock… só isso!

segura…