fotografia

negativos & positivos (462) [bike boy]…

londres  /  maio1981

lembrando que o “negativos & positivos” nasceu há 462 imagens com a idéia de colocar aqui no poleiro fotografias que jamais foram vistas por mim… ou seja, cliques que nunca haviam sido ampliados ou escaneados… como foram os casos de 99% de nossas visitas… tipo o o pinta brava aqui acima com quem só cruzei uma única vez, no dia do registro. que momento!

imagina o bike boy hoje… 37 aninhos later

( :

pra sempre…

May God bless and keep you always
May your wishes all come true
May you always do for others
And let others do for you
May you build a ladder to the stars
And climb on every rung
May you stay
Forever young
Forever young
Forever young
May you stay
Forever young
May you grow up to be righteous
May you grow up to be true
May you always know the truth
And see the lights surrounding you
May you always be courageous
Stand upright and be strong
And may you stay
Forever young
Forever young
Forever young
May you stay
Forever young
May your hands always be busy
May your feet always be swift
May you have a strong foundation
When the winds of changes shift
May your heart always be joyful
May your song always be sung
And may you stay
Forever young
Forever young
Forever young
May you stay
Forever young

perdemos referência…

acabei de ser esmigalhado pela notícia da subida de alexandre gontijo… que chamo de referência desde o dia (lá pelos idos de 97/98) em que Ele chegou pra mim e disse: “odvan é uma referência”.

gontijo é o maior conhecedor de futebol que conheço… fissurado em música, foi “ghost writer” de oldemário touguinhó no JB. assinou coluna no globo.com sobre jogadores brasileiros que tomaram caminhos desconhecidos no planeta. um poço de irreverência, inteligência, sagacidade sempre carregando uma sacola de supermercado com livros e jornais. tão apaixonado por futebol que ia a TODOS os jogos no maracanã, do time que fosse… uma leNda.

certa vez, eu estava com uns ingleses apaixonados por futebol num estabelecimento manguacento quando avistei o referência passando na calçada… claro, chamei a peça e fiz a devida apresentação… no que ele sacou a origem dos cachaceiros britânicos, abriu a sacolinha e puxou a biografia (original edition) de um treinador irlandês de futebol que jamais chegou à primeira divisão do UK… well well well, não é preciso dizer que os súditos da rainha desabaram de suas cadeiras diante do fato TOTALMENTE inesperado/insólito/psicodélico/estrogonófico!

sábado negro, triste ao extremo, perda gigantesca em todos os níveis, menos um brasileiro para manter a referência viva… FUEDA!

alexandre “referência” gontijo forévis

) :