historinhas

direto de manchester pra fechar a celebration de roupa nova…

# Fundada em 1924, a Umbro é a autêntica marca do futebol, pois se dedica a este esporte há mais de 90 anos. Nascida em Manchester, Inglaterra, a Umbro tem seus produtos usados dentro e fora de campo em mais de 100 países por todo o mundo. Hoje, a companhia soma sua herança na alfaiataria esportiva com uma moderna visão do futebol para criar roupas, calçados e acessórios que combinam desempenho e estilo #

é isso, a UMBRO mirou nos 90 anos de são jujuba pra lançar os novos modelos do manto vascaíno e até diegão, palmeirense de dublin, acabou de encomendar esta peça pra tirar onda pela cidade…

vasco.umbro

caramba… que lindeza, mamãe!

evidente que xeretinha ficou toda serelepe para dar um chego, hoje, em são cri cri… ok, não fizemos todo aquele roteiro recomendado ali embaixo mas…

s.jujuba3

s.jujuba1

s.jujuba2

e esbarramos com fernanda, a rainha do hip hop na CADEG…

fernanda

UAU

( :

relaxa & goza…

tipo rápido, recordo (e como!) as reações de conor (irlandês, torcedor do chelsea), de toni platão (tricolor, “isso é democracia”), de diegão (palmeirense, residente em dublin), de bigorrilho (listradinho, que – infelizmente – não foi comigo) e de muitos outros que piraram ao pisar o solo de são januário (mesmo sem jogo).

pouquíssimos são os programas tão estrogonóficos quanto passar horas e horas em são cristóvão… na boa, não conheço no rio de janeiro situation tão diversificada e cascuda quanto: bater perna na quinta da boa vista, almoçar na casa do sardo, visitar a colina (é só entrar), sorver um biricotico na barreira do vasco (isso, favela!), se embrenhar pelo casario do bairro e fechar o dia/noite na feira de são cristóvão a bordo de uma carne de sol e de uma balançada no esqueleto ao som de gonzagão (é DEUS, mamãe!)… ah, e se quiser, botar a tampa com uma sobremesinha ostentation no adegão português… UAU!

tudo pertinho, walking distance, tranquilaço! favela? violência? esqueça! nunca (NUNCA) vi um assalto, um empurrão, uma grosseria, um carro roubado… NEVER!

ainda tá cedo (11h), feriadão pela inauguração de são januário (não é isso?), temperatura amena, zero chance de chuva… pois bem, fica a dica: coloque aquele pisante confortável, chame a rapeize e caia dentro de uma experiência mística & Histórica no bairro imperial da cidade maravilhosa… depois, passa aqui e conta pra gente!

agora, esqueça sua paixão clubística… relaxa & goza!

vasco.realidade.jul69

kid, kédi tu?

quando eu soube da sipituca com kid vinil, “felizmente”, ele já havia sido transportado para são paulo.

caramba, kid é um dos mais inoxidáveis responsáveis pela proliferação da Música em solo brasileiro… há anos.

tive o prazer de fazer  uma visita ao programa dele, LIVE, em são paulo, no auge do pós-punk/new-wave, e ter tocado black uhuru – u roy – lee perry… tudim em DUB… PQP, fueda!

só esses dias dele foreta da pista são suficientes para causar um dano irreparável aos nossos ouvidos.

porra, kid… volta logo!

kid.tico

(liminha & kid, papo de 88/89, em são paulo)

barone mandou pra gente…

já foi fartamente noticiada a sipituca que aconteceu com andy summers (na casa de barone em araras) e que impossibilitou a participação dele no show que o call the police faria, ontem, em teresópolis (RJ).

ah, não soube de nada?

andy “catou um cavaco” e ao perder o equilíbrio, antes de cair de cara no chão, apoiou a mão para poupar o rostinho e… fissurou o tal dedo. tudo isso na manhã de sábado.

joão e rodrigo levaram o show adiante com a chegada do guitarrista gustavo camardella… e quem preferiu o $ de volta foi ao caixa e resolveu a situation.

em novembro, andy estará de volta para dar sequência ao call the police e registrar um DVD.

andy segue de molho (em L.A), sem chegar muito perto de sua amada mas de ótimo humor:

jb+as

palmeiras X peñarol (ou anderlecht X man utd)…

jogaço aço aço, ontem, pela liberta… vitória do verdão aos 56 minutos do segundo tempo por 3 X 2… com pênalti perdido, duas bolas na trave, porradaria, cusparadas & etc… D+

mandei um pombo pra diegão, designer da mancha verde em dublin, para saber como estava a carreata da vitória… mas não tive resposta, claro.

hoje, às 10h, chegou este relato moralizador:

“Porra Mauriciao
Vai tomar no cu … Sofrimento do caralho
Vc não vai acreditar: peguei uns diaszinhos e vim para a Bélgica beber um pouco e sabe como é, né?! Tô mandando uma fotoca… e ver hoje (16h, no brasa) Anderlecht X Manchester United pela Europa League. Acordei às 3 (atrasado) , no meio do hostel com quarto compartilhado e o time me dá uma dessa de fazer gol aos 56??????? Ainda com 2 bolas na trave e um pênalti perdido????? Vai tomar no cu … Puta sofrimento … Muito oba oba , tem q segurar esses caras

Vou tentar dormir”

Diego

diego1

hahahahaha… que D+, hein?

virando rápido o lado do disco mas ainda sobre palmeiras X peñarol de ontem… enquanto a gente fica aqui por esses lados tirando onda, miseravelmente, e escrotizando quem não tem libertadores, basta uma olhadinha no manto do peñarol (com o número de conquistas da liberta) para cair a ficha de como somos risíveis…

penarol

kamasi, ontem (2)…

kamasi1

foi do jeitinho comentado no roNca quando anunciaram o show: IMPERDÍVEL, raridade. estava todo mundo lá (menos shogun), foi a noite para ver e ser visto. aTRIPA forte, kamal kassin, raphael (baixista do boogarins), penetras, bicões, hipsters, fissurados em música, onças selvagens, groupies de kamasi, traficantes de vinil se estapeando pelo Lp triplo “the epic” a precito de um disco. vendeu mais que banana em fim de feira.

kamasi começou na maciota, marotamente, meio chic corea demais, muito piano, manja? mas lá pelos lados de meia hora de show (teve 2 horas e pouco), o sururu começou a encorpar e a platéia – que já estava entregue – passou para o modo hipnose total… crazy.

ele & banda (10 no total) poderiam ficar ali no palco até umas nove da manhã de hoje, tranquilões, jamming, contando causos… e o municipal abarrotadão… a vibe de descontração / felicidade escorria pra platéia lindamente.

kamasi2

no que ele se despediu – depois do bis – o caboclinho que estava sentado ao meu lado – e que balançou o esqueleto freneticamente durante duas horas seguidas – mandou na minha lata:

– quero te agradecer pelo toque que você deu no programa. nunca tinha ouvido falar do kamasi e vim nesse show histórico, exclusivamente, por causa do roNca

PQParille, o blublu chegou a gotejar mas segurei a onda. tenho chorado muito e não dá pra ficar sempre uma manteiga derretida em público, né?

alexandre estava acompanhado pelo benjamim (que chegará em junho para os braços da tripinha) e pela mamãe dele. claro, xeretinha fez questão de registrar o trio com a cortina do theatro ao fundo…

alexandre+baby

UAU… dessas noites para sempre, manja?

cheers

ah, e depois de tudo, kamasi ainda ficou com a rapeize autografando discos & etc… blackhill chegou junto mas eu corri pra pegar o metrô:

kamasi.pedro

roger, toni & ferrare…

rh+tp.tico

roger hodgson e toni platão, semana passada, logo após a apresentação do primeiro no que poderá ser o apocalíptico “km de vantagens hall”… ainda metropolitan, felizmente.

roger passou pelo brasa carregado por seus hits “supertampianos” e por um som que jogou a todos lááááááá pelos lados de 73/74… tudo afinadaço, mixadaço e mega bem executado… pra confirmar a vibe, antes do show, ficou tocando nick drake no PA mas acho que poucos perceberam.

super simpático, roger tem uma agenda internacional impressionante e sold-out na maioria das vezes.

como havia a possibilidade dessa foto ser usada (como inédita) em prestigioso veículo de comunicação, não rolou dela iluminar o poleiro antes.

confira AQUI a inesquecível tabelinha supertramp-ferrare

D+

choveu chuva (ou como domar a natureza)…

quem esteve, ontem, na apoteose disse ter testemunhado uma das mais inclementes chuvas na cidade de são sebastião… ok, até aí tudo bem, “let it rain”… mas chuva durante show é dose de aturar… ainda mais lá, com zereta de proteção.

só que os mesmos relatos garantem que talvez tenha sido a mais cascuda presença de eltinho em solo carioca. nessas horas, músicos com a bagagem dele (e banda) são movidos pela necessidade de arrancar leite de pedra.

chover sem parar durante uma apresentação a céu aberto na dinamarca é normal… como é na escócia, nos states, no japão… agora, no rio de janeiro?

tenho Histórias incríveis de amigos que nessas situações de temporal – e em muitas com pouca platéia – encontram força e “inspiração” para domar a natureza e transformar a adversidade em algo ultra MEGA positivo… acredite, quem pode pode!

enfim, tomara mesmo que sir reginald tenha feito um show que será guardado para sempre junto às capinhas de chuva de todos que lá estiveram.

segura o flagrante de ontem que um de nossos espiões enviou…

elton.palco

antes de vazar para buenos aires… onde fincará residência durante todas as datas restantes na américa do sul.

ah, eltinho… danado, hein? olha que vou pedir a camisa do racing!

( :

history channel (ou andy no brasa)…

andy+2

semana passada, um chapa me perguntou qual público irá aos shows do call the police… respondi que, basicamente, deverá ser a tchurma que quer cantar junto músicas como “message in a bottle”, “roxanne”, “walking on the moon”, “so lonely” e trocentos outros clássicos do police… + uma pontinha de admiradores do barão e dos paralamas… procede?

ah, o repertório do show será, inteiramente, com músicas do police.

ontem, no terceiro ensaio dos três aqui acima, fiquei delirando na entidade que estava bem diante dos meu olhos… quem acompanha o roNca sabe, exatamente, da minha MEGA admiração por andy summers desde muuuuuuuito tempo… oxente, pertinho de mim estava o sujeito que gravou três discos com kevin coyne (ídolo eterNo), em meados dos anos 70…

kevin+andy

ao meu ladinho estava o guitarrista que fez parte do the animals, em 1968… i repeat: MILNOVECENTOSESSENTAEOITO… e que gravou o descabelado “love is” numa formação de banda que faz a terra estremecer até hoje…

animals+andy2

animals+andy

(lembrando que eric burdon era o melhor amigo de hendrix)

andy gravou com ROBERT FRIPP o disco “i advance masked”, em 1982… recentemente, andy passou pelo #199 tocando para JOAN ARMATRADING… lá pelos lados de 1967 esteve com o soft machine (isso!) numa turnê americana com direito a pouso na espanha onde (segundo o próprio) realizaram as maiores barbaridades psicodélicas que a terra de salvador dali jah testemunhou!

tudo isso pra dizer que andy summers é o único terráqueo (que conheço) que já tocou com JIMI HENDRIX… e não foi apenas uma vez, foram várias jam sessions em estúdios, malocas, bares, terreiros e outras localidades descabeladas… andy e hendrix nasceram em 1942… hahaha, captou?

enfim, se você gosta ou não do police… se você gosta ou não dos paralamas / barão, você terá a chance única de ficar “olho no olho” com um legítimo representante do tempo em que os dinossauros circulavam pelas esquinas… e que, sobretudo, utiliza a guitarra de um jeito muuuuuuuuuuuito especial… com a brutal carga de experiência-maestria-autenticidade que fez de andy summers a personificação da História… simples assim!!!

aproveite a oportunidade… ou como diria o tal do elvis: “it’s now or never”

call7

  • 31/03

    Tom Brasil, SP

  • 06/04

    Ciudad del Leste

  • 07/04

    Hangar 677, BH

  • 08/04

    A. Vianna, POA

  • 12/04

    T. Positivo, CTB

  • 13/04

    Vivo Rio, RJ