imprensa

o maior do mundo (ou como assim, bial?)…

ontem, antes do jogo, catando infos sobre vasco X flu cliquei num “portal” (não lembro qual) que destacava:

– veja imagens do vasco chegando ao maracanã

no que abriu a “reportagem”, o possante “jornalista” mandou:

– aí está o vasco chegando ao maior do mundo…

?!

hein? como assim, bial?  o “repórter” é da editoria de gastronomia ou de medicina?

PQParille… algo parecido com um outro “jornalista” que escreveu num outro “portal” sobre a vitória do chelsea:

– time londrino bateu o tottenham por 4 a 2

hahaha… na mesma vibe o meliante relataria sobre uma vitória do flu:

– time carioca elimina o flamengo por 2 a 0

por essas e outras:

– BEM VINDO PEDRO SÓ

prestencão na listinha com a inclusão do “maior do mundo”:

List of Football (soccer) Stadiums by size
Stadium Seating capacity City Country or area Home team(s) & events hosted
Rungrado May Day Stadium ★ ♦ 114,000[1] Pyongyang North Korea North Korea Korea DPR national football team
Bukit Jalil National Stadium 110,000 Kuala Lumpur  Malaysia Malaysia national football team[2]
Camp Nou ♦ 99,354[3] Barcelona  Spain FC Barcelona
FNB Stadium ♦ 94,736[4] Johannesburg  South Africa South Africa national football teamKaizer Chiefs2010 FIFA World Cup
Rose Bowl Stadium ♦ 92,542[5] Pasadena  United States 1994 FIFA World Cup Final, 1999 FIFA Women’s World Cup Final, Exhibition matches of professional teams, occasional USMNT matches
Wembley Stadium ♦ 90,000[6] London  England England national football teamFA CupLeague CupFootball League play-offs2011 UEFA Champions League Final2013 UEFA Champions League Final
Gelora Bung Karno Main Stadium ♦ 88,083[7] Jakarta  Indonesia Indonesia national football teamPersija Jakarta
Estadio Azteca ♦ 87,000[8] Mexico City  Mexico Mexico national football team1970 and 1986 FIFA World Cup Finals1968 Summer Olympics
Borg El Arab Stadium ♦ 86,000[9] Alexandria  Egypt Egypt national football team2006 Africa Cup of Nations
Salt Lake Stadium (Yuva Bharati Krirangan) ♦ 85,000[10][11] Kolkata  India India national football teamAtlético de KolkataMohun BaganEast BengalMohammedan
ANZ Stadium 84,000 Sydney  Australia Western Sydney Wanderers
Croke Park 82,300[12] Dublin  Ireland Gaelic Athletic Association
Signal Iduna Park (Westfalenstadion) ♦ 81,360 Dortmund  Germany Borussia Dortmund2006 FIFA World Cup
Stade de France ♦ 81,338[13] Saint-Denis  France France national football team2006 UEFA Champions League FinalUEFA Euro 2016 Final
Santiago Bernabéu Stadium 81,044[14] Madrid  Spain Spain national football teamReal Madrid C.F.
Luzhniki Stadium ♦ 81,006[15] Moscow  Russia 2008 UEFA Champions League Final
Shah Alam Stadium 80,372 Shah Alam  Malaysia Selangor FA
Estadio Monumental “U” ♦ 80,093 Lima  Peru Universitario de Deportes
Stadio Giuseppe Meazza (San Siro) ♦ 80,018 Milan  Italy A. C. MilanF. C. Internazionale
Guangdong Olympic Stadium ♦ 80,012 Guangzhou  China Guangzhou Evergrande *some games
Stade 5 Juillet 1962 ♦ 80,000[16] Algiers  Algeria USM Alger
AT&T Stadium 80,000 Arlington  United States 20092011 and 2013 CONCACAF Gold Cup
Stade des Martyrs ♦ 80,000 Kinshasa  DR Congo Vita ClubCongo DR national football team
Beijing National Stadium 80,000 Beijing  China 2008 Olympic men’s football tournament final
Azadi Stadium ♦ 78,116[17][18] Tehran Iran Iran Iran national football teamEsteghlal FCPersepolis FC
Atatürk Olympic Stadium ♦ 76,092[19] Istanbul  Turkey 2005 UEFA Champions League Final
Old Trafford 75,731 Manchester  England Manchester United F.C.2003 UEFA Champions League Final
Allianz Arena 75,024[20] Munich  Germany FC Bayern MunichTSV 1860 Munich
Naghsh-e-Jahan Stadium 75,000 Isfahan Iran Iran Sepahan F.C.
Maracanã Stadium ♦ 74,738[21][22][23] Rio de Janeiro  Brazil Brazil national football teamCR FlamengoFluminense FCBotafogo FRCR Vasco da Gama1950 and 2014 FIFA World Cup Finals
Millennium Stadium ♦ 74,500 Cardiff  Wales Wales national football team2017 UEFA Champions League Final
Cairo International Stadium 74,100 Cairo  Egypt Egypt national football teamAl-Ahly S.C.Zamalek SC
Olympiastadion 74,064 Berlin  Germany Hertha BSC
Stadio Olimpico 72,698 Rome  Italy A.S. RomaS.S. Lazio

“this is the end” (j.morrison)…

Desabafo de Aydano André Motta
“especulações dão conta de que um caminhão de dinheiro ronda as escolas de samba, a reboque de um enredo – misericórdia – em homenagem a luciano huck. é isso mesmo, você não leu errado: a obra deste brasileiro incrível exaltada no altar do carnaval. dos píncaros da minha desimportância, olho a minha coleção de 30 credenciais e preparo o cartão pra compra de uma passagem em direção a um buraco bem remoto do mundo, o mais longe possível dessa tragédia… fala sério!!”
ronca_palma

não dá pra entender (ou claro que dá pra entender)…

o STF declarou, hoje, o sport de recife campeão brasileiro de 1987 após séculos de disputas. ao noticiar o fato, o globo ilustrou a matéria com a foto do time derrotado…

mengo

hahaha… e o texto ainda mostra a onda tirada pelo clube com a decisão final:

– O Flamengo se manifestou anunciando que aguardará a publicação da decisão para avaliar se caberá novo recurso. Nas redes sociais, o clube publicou uma foto do time de 87, com o texto “Campeão Brasileiro de 1987” –

##########

mas que momento, hein? redes sociais? ahhhhhhhhh, tá

catherine leroy…

 The Greatest War Photographer You’ve Never Heard Of

leroy

Very few women went to Vietnam as journalists, and even fewer as dedicated war photojournalists. In fact, for most of the 1960s, there were only two: Dickie Chapelle, who was killed by a grenade in 1965, and Catherine Leroy.

Leroy was widely considered the most daring photographer in Vietnam. She almost certainly spent the most time in combat — in part because she had no money, having traveled from her native France to Vietnam as a freelancer in 1966 with no contracts and a short list of published work. Living with soldiers meant that she could eat rations and sleep in the countryside.

Leroy faced no shortage of sexism. After she parachuted into combat during Operation Junction City, in early 1967, rumors circulated that she had slept with a colonel in exchange for permission. In fact, she had earned her parachutist license as a teenager, and had already jumped 84 times. Still, she developed a reputation as a photographer quickly, selling photos to The Associated Press and U.P.I.

At one point during the Tet offensive, in early 1968, she was captured by the North Vietnamese Army while with the French journalist Francois Mazure. There was a young lieutenant that they could converse with in French. They explained that they were journalists and would do no harm, so the soldiers decided to let them go. But first she persuaded them to let her take photos, saying that it was important because only one side of the story was being seen. The photos ran as a cover story in Life magazine, which she wrote herself.

Leroy never promoted herself or her work, which is one reason she remains largely unknown among the war photographers of the day (though not forgotten: In 2015 the writer and filmmaker Jacques Menasche completed a documentary about her career, “Cathy at War”; a clip from the film is available here). But she was one of the Vietnam War’s most lauded photojournalists, winning Picture of the Year from the George Polk Awards and, for her later work in Lebanon, the Robert Capa Gold Medal.

Later in life, Leroy ran a vintage clothing website. She died in Santa Monica, Calif., in 2006.

DAQUI

sir elton (ou the rolling stones X rolling stone)…

gosto pra meirelles de elton… os discos “tumbleweed connection” e “madman across the water” estão na minha prateleira de favoritos de todos os tempos… e, felizmente, já tive a sorte de cruzar com ele em algumas oportunidades… no palco.

pela proximidade de mais uma visita de sir reginald ao brasa, o globo se empolgou e tascou no ar o maior textão sobre o cidadão, assinado por duas responsáveis… UAU.

só que, aos primeiros segundos de leitura, pipocaram informações que comprometeram muito a continuação da mesma… ôxente, nem vou empacar no tal show do wembley empire pool (?????!!!!!!), em 1975… mas, pelamordedeus, a essa altura do championship, uma matéria musical no GLOBO (assinada por duas jornalistas) chamar a publicação ROLLING STONE de ROLLING STONES é dose pra mamute enfurecido em décimo mês de gestação:

– Em 1975, o artista vendeu cerca de dois milhões de álbuns e reuniu mais de 60 mil pessoas no Wembley Empire Pool, em Londres, como O GLOBO publicou em 24 de julho de 1975.

– Entre os seus mais de 30 álbuns, ”Goodbye yellow brick road” (1973) e ”Captain Fantastic and the brown dirt cowboy” (1975) estão incluídos no ranking de melhores discos do século XX, elaborado pela revista “Rolling Stones”.

– Sem (?!) nunca tinha aparecido com uma namorada em público, em 1976, numa entrevista à “Rolling Stones”, admitiu ser bissexual

sinistróide… ah, e pra fechar, meteram eltinho no rock in rio desse ano (será?):

–  Por duas vezes, participou do Rock in Rio, abrindo o evento no Palco Mundo em 23 de novembro de 2011 e 20 de setembro de 2015. O músico já confirmou mais um espetáculo no festival em 2017.

e o textão ficará no ar, eternamente. afinal, pertence ao acervo do jornal.

triste, muito triste

) :

elton.tico_

(wembley stadium, 1975)

ornette & bob…

Bill Flanagan: A few years ago I went to one of your concerts and found myself sitting next to Ornette Coleman. After the show I went backstage and there were some very famous rock musicians and actors waiting around, but the only person you invited into your dressing room was Ornette. Do you feel a connection with those jazz guys?

Bob Dylan: Yeah, I always have. I knew Ornette a little bit and we did have a few things in common. He faced a lot of adversity, the critics were against him, other jazz players that were jealous. He was doing something so new, so groundbreaking, they didn’t understand it. It wasn’t unlike the abuse that was thrown at me for doing some of the same kind of things, although with different forms of music.

DAQUI

ronca.tico

evilasio mandou pra gente (ou são grimaldi)…

Assunto: Pedras rolando na rede
“Salve, MauVal!

Essa aqui eu soube pelo Bento Araújo, que publicou na página dele do Facebook: um colecionador, de nome Cristiano Grimaldi, digitalizou e disponibilizou na web todas edições da primeira encarnação da Rolling Stone brazuca. Confere: https://www.pedrarolante.com.br/
Bom mergulho. 😉
Abração,”
Evilasio
RS1
.
D+D+D+D+

ricardo & o #221…

ronca.tico

circulando pela parte fuNda da piscina, o jornalista ricardo schott (apresentador do programa “acorde” na rádio roquette pinto fm) reverberou o #221 com as seguintes letrinhas:

“O roNca roNca de ontem está muito bonito. E muito triste. O repertório (apresentado sem as aparições de Mauricio Valladares e Shogun) é inteiramente dedicado a uma amiga do programa que saiu de cena na segunda de carnaval. Se fazer rádio decente (na web ou na FM) hoje em dia é um ato de coragem, fazer um programa como esses é um procedimento bem mais corajoso ainda.”

ignorou a chave (ou dorinha vem aí)…

chave

(foto domingos peixoto)

o prefeito da cidade de são sebastião resolveu ignorar o momento mais simbólico-histórico-tradicional do embalo não comparecendo à “entrega de chave” que marca, oficialmente, o início do reinado de momo… simplesmente, mandou o lima, tomou doril, c_ _ _ u solenemente no rito ancestral da cariocada… que situação mais patética, hein? tá tudo AQUI.

mas é o tal negócio, não sei se já esperavam essa maluquice dele logo aos primeiros minutos do mandato… mas o fato é que tudo isso está perfeitamente alinhado às idéias do elemento.

lembra que, recentemente, no roNca, comentamos que o carnaval de rua atual pode tomar um toco sinistróide dos responsáveis pelo “bom comportamento” da cidade?

pois é, tô achando que o toco já está em prática… e como tudo é cíclico e do jeito que as coisas estão andando, logo logo, o carná poderá ter uma configuração muuuuito diferente pelas ruas da cidade maravilhosa… sempre lembrando que dorinha está fazendo de tudo para são paulo abocanhar todos os turistas do universo… e vamos combinar que em preço, segurança e qualidade de serviços a tchurma do 011 dá de dez na do 021… só falta a praia, mero detalhe pra quem tá numas de ficar zozó / totalmente chamberlain por quatro (ou oito) dias seguidos entoando “olha a cabeleira do zezé”.

engrossando o caldo, o ouvinte luiz mandou as letras que o jornalista aydano andré motta (conhecedor deep de momo) postou:

estarão arrependidos a liga e os presidentes das escolas pelo apoio que deram ao crivella?? acho que já deu pra sentir o apreço que ele tem pelo carnaval, né??? e já deu pra entender o que ele (não) vai fazer ano que vem, certo?
editei o post para acrescentar um comentário: como na história da TV globo, a cobrança tem de ser na turma do samba que o apoiou. o crivella jamais escondeu o que é e o que pensa. errados estão os sambistas que o apoiaram. o nome do que eles fizeram é traição.

“this is the end” (j.morrison)…

Justiça decide, em caráter liminar, que clássicos cariocas terão torcida única

Sexta-feira, 17/02/2017 – 17:13

O juiz Guilherme Schilling, do Juizado Especial do Torcedor e dos Grandes Eventos do Rio, acaba de decidir, em caráter liminar, que os clássicos regionais no Rio serão realizados com torcida única. Isto atinge Flamengo, Vasco, Botafogo e Fluminense.

Só terão direito a entrar no estádio os torcedores do clube que tiver o mando de campo. Trata-se de uma medida para evitar brigas como a do último domingo, no entorno do Engenhão, na partida entre Flamengo e Botafogo. O pedido foi feito pelo promotor de Justiça Rodrigo Terra.

Agora, a Federação de Futebol do Estado do Rio (Ferj) terá que adequar seu regulamento para cumprir a medida judicial. Se a decisão for descumprida, a multa é de R$ 30 mil por dia, a ser paga pelos clubes, pela CBF e pela Ferj. Cabe recurso.

Fonte: Blog Ancelmo Gois – O Globo Online

voltem