roNca300

o roNca300, “de novo”… (ou 300 minutos de desorieNtasom)…

mais uma tentativa de colocar, aqui, os dois links com as cinco horas (=300 minutos! captou?) do programa

que selou 300 edições na oi fm (dial, LIVE, para trocentas cidades), em 20dezembro2011.

lembrando que toda essa logística tem a gestão – & curadoria – d’aTRIPA…

numa ação descabelada que corta o brasa de norte a sul / leste a oeste… brutal!

vai…


.

e a bula, depois de tirar a lama…

david bowie – “let’s dance”

the kinks – “victoria”

lula queiroga – “se não for amor eu cegue”

james cotton – “good time charlie”

sly & the family stone – “thank you”

the meters – “hey, pockey away”

milton banana trio – “barquinho diferente”

me and the plant – “the core”

caetano veloso – “alfomega”

faces – “too bad”

velvet underground – “i’m set free”

arnaldo baptista – “será que vou virar bolor?”

the horrors – “still life”

di melo – “kilario”

p.j harvey & nick cave – “henry lee”

fela kuti – “water no get enemy”

originais do samba – “tragédia no fundo do mar”

humble pie – “i don’t need no doctor” (ao vivo)

tom waits – “satisfied”

baby huey – “hard times”

gass – “house for sale”

aswad – “chasing for the breeze” (12″)

joão donato – “emoriô” (ao vivo no roNca em 17abril2007)

gal costa – “tudo dói”

carmen miranda – “foi numa noite assim”

carmen miranda – “dia de natal”

lou rawls – “christmas is”

ole borud – “broken people”

gerson king combo – “jingle black”

genesis – “the cinema show”

zoot money – “bright lights big city”

jorge ben – “cinco minutos”

nevilton – “cebola cortada” (ao vivo no roNca em 28junho2011)

pink floyd & stéphane grappelli – “wish you were here”

gueto – “estação primeira”

rufus – “once you get started”

walker brothers – “nite flights”

franz ferdinand – “all my friends” (7″)

cesária évora – “angola”

the fall – “mister pharmacist”

pink floyd – “astronomy domine”

orchestre poly rythmo – “ne te fâche pas”

the high llamas – “berry adams”

amy winehouse – “garota de ipanema”

mussum – “nega besta”

já foi lá?

o centro de arte contemporânea inhotim é um dos momentos mais “cabeleira alta” que estão ao nosso alcance!

até semana passada, as infos que chegavam eram: maravilhoso, espetacular, fueda & o diaboA4!

acontece que nenhuma destas “expressões” passam perto da verdade verdadeira de inhotim! sério!

imagina uma situação, no brasa, onde TUDO funciona… onde tudo foi montado para o seu prazer… uma situação que faz você pensar – “como não estive aqui antes?”… captou?

quantas vezes você passa por este tipo de constatação? meio raro, né?

sabe lá o que é estar andando numa trilha (no meio do mato) e, de repente, esbarrar num galpão giganteso (muuuuito grande) ocupado, exclusivamente, por uma instalação de áudio com umas 300 (ou mais) caixas de som?

sinister!

e a coisa por lá não para de crescer…

recentemente, foi anunciada a construção de uma MEGA galeria para abrigar as obras do indiano anish kapoor!

o único “perrengue” é a proibição de fotografar no interior das galerias!

inhotim está a uma hora de BH (de carro)… ou então, você pode ficar em brumadinho, colada ao parque.

IMPERDÍVEL!!!

e como estive em BH…

hoje, coincidentemente, o jonas mandou este clique no show de roger waters, em BH…

( :

aTRIPA!

“momento fominha”…

em plena virada de página, no dia31!

enviado pelo leonardo, um dos muitos representantes no front de nichteroy!

por falar nela, aTRIPA, recebi uma mensagem espetacular do alessandro.

o cidadão é ouvinte com longas & longas horas de devoção ao roNca.

não vou mostrar o “pombo sem asa” dele por uma simples razão – o bagulho é doido!

hahaha… é vero! ainda mais depois da nhaca ed motta X recife… lembra, né?

mas é um “bagulho doido” da melhor catigoria!!!

enfim, resumindo o email do alessandro, ele afirma que não tem a menor paciência em dividir o roNca com ouvintes de outros estados. “paciência” é uma palavra leve que encontrei para definir a sensação dele, ok?

ele começa assim:

“Maurício Valladares, acho que nunca lhe falei da importância do Ronquinha em minha vida. Esta relação começou há pelo menos, vinte anos, no Ronca Tripa”

alessandro segue demonstrando ser muito ciumento com o roNca… que não suporta ter que perder lugar para outros tímpanos, distantes! segundo ele, o melhor momento do roNca roNca foi na rádio panorama!

detalhe – a panorama era uma colcha de retalhos no dial. ela alugava todos os horários da programação. portanto, não era uma rádio como conhecemos… e, sendo assim, o roNca “navegava” livre, leve e solto… não tinha nenhum compromisso… não dava satisfação a ninguém!  totalmente ao gosto do alessandro!

“O Ronca deixou de ser um programa realmente alternativo para se transformar, de uma certa forma, claro, num programa mais massificado. Reclamo? Reclamo, sim, mas sei que seria muito, muito pior se você estivesse fora do rádio  – e o rádio é a sua casa.”

BINGO! 10, nota 10 para a observação do alessandro!

evidente que o roNca perdeu parte de sua “liberdade” quando começou a ser captado, ao vivo, em dez outras cidades brasileiras. não há como trabalhar em comunicação, com um mínimo de responsabilidade, sem levar em conta quem está te ouvindo, lendo, vendo…

e contrariamente ao desejo do alessandro, tudo o que mais quero é me comunicar com as mais variadas orelhas. de todos os cantos. de todos os tipos… por mais que, em alguns momentos, eu tenha que puxar o freio de mão.

e mais, estar conectado a outras pontas de uma rádio é fundamental… para todos.

tipo, o roNca mostrar uma música e, no dia seguinte, ela entrar na programação é sinal que a pipa está no ar, procede?

participar de outros programas, fazer chamadas durante a programação, reverberar os assuntos… tudo isto alarga as fronteiras do roNca… e do próprio alessandro, por mais que ele não perceba!

já pensou se conseguissemos massificar the black keys, nevilton, miles davis, siba, cidadão instigado, flying lotus, ruído/mm, cesária évora, u.roy, jeneci, nuda, do amor, fela kuti & tom waits?

já pensou como seria? sozinhos? fechadinhos?

a visão dele é muito bacana e me incentiva pra meirelles… afinal, ele quer sentir o roNca muito próximo ao coração… por isso, tem ciúme… por isso, chora os “maus tratos” impostos por mim…

e por isso, meu zôio faz blublu, de felicidade, right now!

nesta gaveta de tentar agradar a todos, só me resta saber tocar a boiada… ou melhor, a ouvintada!

mas não tem jeito, quanto mais o roNca crescer, mais saudade dos tempos da panorama o alessandro sentirá…

em compensação, milhares de outros alessandros entrarão a bordo do mesmo jeitinho que ele, alessandro, sempre esteve.

afinal, mesmo com todo este “rancor” (hahaha…) na alma, ele é capaz de fechar a mensagem assim:

“Desculpe pela minha sinceridade. Devo muita coisa a você, Mauval, nos momentos bons e ruins, estava lá você me servindo como a melhor companhia nos momentos solitários e noturnos. Nossa, quanta coisa eu aprendi com o Ronquinha, quantos sons maravilhosos descobri – e as minhas cartas que você lia com toda a atenção e carinho no programa. Mauval, amo o Ronca”

D+D+D+D+D+D+!!!

aTRIPA manda!

( :

o primeiro de 2012!

UAU!

para começar a bula do primeiro roNca roNca de 2012, nada melhor que Ele, A Lenda…

o caboclo que viu CINCO vezes the clash no lyceum (londres/1981) penetrando em TODAS…

sim, Ele – serico, the master!!!

hahaha…

como você bem sabe, se ouviu a estréia de ontem, o roNca estava gravado por conta dos ajustes que estamos fazendo.

se tudo escorrer bem, terça que vem, voltaremos ao vivo!

foi muito bom receber, logo de cara, aos primeiros minutos de ontem, uma penca de mensagens d’A TRIPA que sintoniza o roNca via web… vitória, salvador, maceió, porto alegre, brasília… todas a bordo do jumboteKo através das novas conexões!

além, das mensagens de “alívio” que chegaram por conta do jumboteKo singrar os ares… simples assim!

aleluia, irmãos!

lá pelas 22:30, de ontem, eu estava na casa de um amigo azeitando minhas possibilidades tecnológicas quando recebi uma ligação MUITO especial… era gustavaço black alien agradecendo por estar ouvindo “satisfaction” com o devo!

PQParille, que emoção!

aproveitou para contar várias novidades (show na lapa dia 19, disco novo) e reforçou que, toda terça feira, está ligadão no roNca! D+D+D+D+!!!

segue bula…

david bowie – “rebel, rebel” (peel session / BBC)

kinshasa 1 2 (damon albarn) – “african space anthem”

fróes+dinucci+campos+cabral – “até o imirim”

osmar milito – “cantaloup island”

hound dog taylor – “it hurts me too”

the zombies – “care of cell 44”

devo – “satisfaction”

billy bond & os desconhecidos de sempre – “rio de janeiro city”

jeffrey lewis – “punk is dead”

jonathan richman – “you can have a cell phone…” (7″)

cassiano – “hoje é natal”

cassiano – “a lua e eu”

p.j harvey – “the guns called me back again” (7″)

yabby you – “love the neighbour”

chico buarque – “construção”

white noise – “my game of loving”

les mccann – “shamading”

ten years after – “going home” (ao vivo)

tim burguess – “be together”

celio balona – “tema de batman”

sonic youth – “bubblegum”

abdelkarim doukhou – “eshbehayn”

oswaldo nunes – “segura esse samba”

UB40 – “the earth dies screaming”

b.b king – “how blue can you get” (ao vivo)

mudando & trippin’…

sentiu?

“o mundo gira e a lusitana roda”, MEGA filosofia ronquística!

a parte mais funda da piscina… climão a História dos “500 anos para fazer um gramado”, lembra?

enfim, você já fez mudança?

sim, já saiu de uma casa para outra… câmbio de domicílo?

quantos dias foram precisos para usar, devidamente, o chuveiro?

se o vizinho é gente boa… ou, se tem cachorro?

quanto tempo para saber o nome do porteiro?

sinister!

é deste jeitinho que estamos com a nova plumagem das frequências moduladas que você tão bem conhece.

e como em toda mudança, logo logo, a bula será conhecida… moleza!

mas nada disto impedirá de você caprichar, logo mais, no estoque de fita K7.

afinal, será mais um degrau especial de nossa looooooonga escadaria.

mesmo que role uma turbulência… ela será controlada, rapidinho!

o zigzag de início de ano aponta para o site

radiooficialdoverao.com.br

como conexão para os ouvintes via web, ok?

e toda reverberação, pelo roncaronca@grupobel.com.br, será muito bem chegada!

( :

às 22h, jumboteKo cheinho de pedidos d’A TRIPA… entre muitas outras pepitas!

enquanto isso, o marcelo (SP) envia click com o maNto…

função seguida pelo alexandre, do DF…

( :

é A TRIPA… desorientadaça!

cheers

confirmando…

semana passada, tão logo apareceu o áudio do roNca300, surgiu a info que estariam faltando alguns minutos!

acabei de assuntar o trelelê  e está, definitivamente, confirmado:

os 300 minutos do roNca300 estão disponíveis em www.oifm.com.br

inteiraço, gracas ao trabalho 300% grosseiro de nosso ídolo alcir!

YEAH!

( :

ecoaNdo…

Subject: 300, Dado, Legião…. Afff….

“Salve Mauval!
Festinha porreta, na quinta, hein?!?!
Que astral, que viagem, que liberdade musical….. uma de-lí-cia!!
Foi uma experiência única e tô esperando ansiosa pela próxima!!! 😉
Mas algo aconteceu e por isso te escrevo!
Tô aqui na maior nostalgia, em pleno domingão de Natal, subindo pelas paredes e viajando com Legião… Tudo por causa dos RoncaTripas! Ver o Dado no palco me fez sentir saudades dos shows do Legião que eu nunca fui e esse é um arrependimento muito grande que tenho na vida, que vou levar pra tumba!!! Num tem mais jeito….
Então lá vai um pedido: aproveitando a reverberação do bailão 300, liberta alguma coisa dos meninos na próxima terça??? Uma dos tempos de outrora!!! Hein, hein?!?! ;D
Tipo: Acrilic on canvas, Andrea Doria ou mesmo Fábrica (que uso em algumas aulas minhas…)
Valeu, beijão!”
Veronica

roNca300, a bula…

UFA, finalmente, consegui juntar as pontas de terça passada… e montar a bula!

quer dizer, maomé… já que alguns dos mais cascudos “estudiosos” do roNca garantem que 18 minutos foram “surrupiados” dos arquivos que estão no site da Oi fm… sem contar os naturais “esquecimentos” de sempre!

faltando, ou não, como as coisas irão mudar na virada do ano, é bom passar lá no site para ouvir, ok?

segura a MEGA edição (300 minutos) do jumboteKo que contou com muitas visitas…

david bowie – “let’s dance”

the kinks – “victoria”

lula queiroga – “se não for amor eu cegue”

james cotton – “good time charlie”

sly & the family stone – “thank you”

the meters – “hey, pockey away”

milton banana trio – “barquinho diferente”

me and the plant – “the core”

caetano veloso – “alfomega”

faces – “too bad”

velvet underground – “i’m set free”

arnaldo baptista – “será que vou virar bolor?”

the horrors – “still life”

di melo – “kilario”

p.j harvey & nick cave – “henry lee”

fela kuti – “water no get enemy”

originais do samba – “tragédia no fundo do mar”

humble pie – “i don’t need no doctor” (ao vivo)

tom waits – “satisfied”

baby huey – “hard times”

gass – “house for sale”

aswad – “chasing for the breeze” (12″)

joão donato – “emoriô” (ao vivo no roNca em 17abril2007)

gal costa – “tudo dói”

carmen miranda – “foi numa noite assim”

carmen miranda – “dia de natal”

lou rawls – “christmas is”

ole borud – “broken people”

gerson king combo – “jingle black”

genesis – “the cinema show”

zoot money – “bright lights big city”

jorge ben – “cinco minutos”

nevilton – “cebola cortada” (ao vivo no roNca em 28junho2011)

pink floyd & stéphane grappelli – “wish you were here”

gueto – “estação primeira”

rufus – “once you get started”

walker brothers – “nite flights”

franz ferdinand – “all my friends” (7″)

cesária évora – “angola”

the fall – “mister pharmacist”

pink floyd – “astronomy domine”

orchestre poly rythmo – “ne te fâche pas”

the high llamas – “berry adams”

amy winehouse – “garota de ipanema”

mussum – “nega besta”

2012, chega mais!

sim, que venha logo o novo ano…

afinal, ontem, colocamos a tampa em 2011!

e que tampa, hein?

mamãe!

a tripa de elite do roNca pra lá de MEGA bem representada, bhundu boys, raimundos, the black keys, fela, the fevers, thin lizzy, sumo, racionais, buraka som sistema, funk fuckers & o diabo A4!

+ OS RONCATRIPAS, no palco do teatro rival, deitando os cabelos em “heroes”, “guns of brixton” (com bi & joão barone), “rainy day women” (dado & bidú cordeiro), “victoria” (com bnegão), “moondance”, “será”, “killing moon”…

coisa de doido! quem viu… viu!

segura…

e, com as luzes já acesas, cortina fechada & processo de limpeza, parte da tripa de elite ainda marcava território…

mas hein?

( :

diz aí, zé (da maré)…

Subject: =D

“Salve Maurício! :)

Adorei a festa ontem, já espero que tenha outra o quanto antes.Praticamente parei de sair por aqui (não estou contando botecos nem eventos diurnos na equação) por não ter nada parecido com o espírito do Ronca.Amigos, música boa…e liberdade sonora total.Desconheço outro lugar onde seja natural ouvir Free, Racionais, bezerra da silva,clash ,Funk fuckers, Fall, Thin lizzy,etc etc etc… como se não ouvesse distinção de estilos , a não ser na festa do Ronca (e na minha casa, discotecando pra mim mesmo, hahaha).Em suma : foi foda.O show também foi bem bacana.Valeu por ontem.
Fiquei feliz em saber de você que o programa segue firme e forte no próximo ano.Ao ler que a “oi” iria acabar, fiquei com receio pelo  programa na rádio.Menos mal :)
E muitíssimo obrigado pelo  manto do ronca (que irei estrear muitissimo em breve) e pela espetacular edição da revista mojo.PQP, 25 páginas de Neil young …irei devora-las logo mais :) Valeu mesmo!
Abração Maurício, até a próxima :)”
e o rafael meteu o pé na porta:
.
.
“O que foi aquilo? Maurício, a festa foi PHODA! Acordei com a sensação de que já estamos em 2012 e com três apitos na cama. Foi a noite, simplesmente. PQP! O show foi vôo da coruja! A discotecagem como sempre tacando as pedradas. Fico muito feliz em saber que ano que vem tem mais programa e espero em breve mais festas inesquecíveis como essa. Aliás, a festa do ronca ronca é la mejor, tem-se a salada música mais deliciosa, bons amigos e, como diz rogério skylab, to sempre dopado! Coloco o ronquinha e o programa do Fábio Massari como dos poucos programas de música de qualidade hoje em dia. Digo isso porque o foco do programa não são os músicos, mas a música, a boa música. E, caralho, quero é mais!!! Longa vida ao ronca!” R.

FESTA!

é o nosso reveillon! HOJE!

a noite promete desorientação de primeiríssima catigoria!

( :

detalhes:

– se você quer receber a camiseta, chegue cedo. a quantidade não é grande!

– não sei a hora de subida ao palco dos roncatripas… ninguém sabe!

– camisas roNca, em todas as versões, serão MEGA bem chegadas… e registradas!

temos muitos motivos para festejar… portanto, prepare o sapatex confortável!

até mais!

( :

segue a filipa para reverberar e ter desconto…

a parte funda do maNgue…

belisa, de recife, foi uma das que receberam a camiseta na promo para ouvintes fora do rio.

e, claro, ela mete a mão na parte funda da cumbuca…

“Ed Motta pensa que babado é bico. Desconhece a inteligência com sabedoria de vida. Quer luz? Sobe num poste, doido! Sintonizei o Ronca Ronca nos 40 minutos do último tempo e me deparei com um pequeno tolo metido a engraçado – isso para mim não é novidade. Mas para fazer humor é preciso ter graça/espirituosidade, até quando ele é negro, depreciativo, sarcástico. Sou Recifense e tenho raízes no interior do Estado, na terra de Luiz Gonzaga; mas nem fiquei ofendida com a “galhofa”, como definiu a conterrânea. Manguei tanto dele, é muito ego e cacoete numa pessoa só, além da falta de direcionamento crítico. É muito fácil juntar tudo no mesmo balaio e julgar, inclusive nós, meros ouvintes. Ed Motta confirmou o que eu já dizia dele, o cara é um tabacudo. Um prego; como dizemos lá no Crato-CE. Um venta molhada, como bem definimos no Exu.  uhuhuhuhuh Ô, bichinho. Ó, Mottinha da Silva, você deveria passar uma semaninha lá no Exu para aprender a ser espontaneamente crítico e pilhérico. Também entendo que você, Maurício, enquanto mediador e “amiguinho” do Eduardo, jamais iria cortar ele no ar ou tomar partido. Tudo bem…. deixa isso com a onça aqui, afinal, entre tantos comentários, a resposta no ar foi dada por mim. Já ouvi tanto um tal de “cortem a cabeça dela!”. Tô nem vendo! Continuo vestindo a camisa do Ronca e nunca gasto as minhas “altas e nobres e lúcidas” energias polemizando com um espírito mesquinho, frívolo, grotesco. E, na moral, quem é Ed Motta no jogo do bicho?

Legenda fotos: Maurício, essa é a Lagoa do Araçá, onde nasci e me criei. A lagoa foi revitalizada há 18 anos, cresci nesse mangue. Taí o chié das músicas de Chico Science. Ed Motta deveria ouvir mais os pernambucanos para aprender a fazer críticas e músicas.”

Beijo

Belisa

D+D+D+!

cacilds, o maNto circulando freneticamente!!!

acho que, agora, encerramos o caso de terça passada, né?

o ótimo do fato é que trocamos figurinhas, mixamos idéias e seguimos adiante! sempre!

( :

chegou a hora do pau comer!

parte de nossa tossida pernambucana está soltando marimbondo pelas ventas!

) :

antes de colocar dois mísseis recifenses no poleiro, vou exibir a resposta que mandei para ambos:

(e o bate-bola está na mesa)

“antes de qualquer coisa, quero me desculpar com você.
nunca foi minha intenção, ou do programa, ofender quem quer que seja… NUNCA!
ainda mais pernambuco… sem dúvida, o estado com maior participação no roNca, como você deve bem saber.
afinal, ontem, a primeira música nacional tocada foi do novo disco de lula queiroga… e ainda tivemos as vozes de otto, fred 04 e lucio maia!
agora, a participacão do ed motta, as gracinhas por ele feitas e nossas gargalhadas são uma outra gaveta.
por isso, me desculpo com você… e estou colocando sua mensagem no site do roNca.
na minha opinião, o ed deve ser visto como um humorista… e atualmente, ele vem “interpretando” o personagem de uma banda pernanbucana.
e como conheço a peça há anos, ed motta faz esse tipo de “intervenção” com muuuuita gente.
já passou por altos perrengues… e acompanhei a maioria.
mas segue fazendo “imitação” de mark e. smith, renato russo, designers, sambistas & cia ltda!
claro, você não precisa entender que ele, o ed, é um cordeirinho, sem nenhuma intenção de agredir.
ok, estou pedindo demais!
o fato é que você não gosta… respeito e me desculpo.
mas centenas de ouvintes, inclusive de recife, adoraram!
é, maomé, como nos ofendermos com as piadas do agamenon ou casseta & planeta!
enfim, devemos encarar como humor…
por mais que essas coisas remexam nossos sentimentos mais profundos!
e vamos combinar – e repito, não só eu que acho – o ed motta é muito engraçado!
mais uma vez me desculpo… e me desculpo de novo… seu nome, infelizmente, já foi retirado da lista!”
abraço
m.v
e agora,
os petardos recifenses…
.
.
.
“Caro Maurício,
Jamais imaginei em considerar uma pena ouvir o Ronca 300. Não pelas canções, mas pelo preconceito contra os músicos pernambucanos e por extensão aos pernambucanos em geral que permeou todo o programa.
Não é bairrismo. Sou de Recife e DETESTO a “cena” daqui. Principalmente a que se deflagrou nos últimos 15 anos. É só mandar a lista pra eu desfilar meu comentários pouco louváveis.
Mas, como diz o samba: porém, ah, porém…
Acheis os comentários citados, no mínimo, infelizes porque como cidadã acredito que todos os nascidos no Brasil tem o direito de ir e vir e exercer sua profissão – seja ela qual for – em qualquer lugar do território nacional. Assim como não escamotear o sotaque de onde se veio ou vestir-se lhe convier. Até onde sei (embora para a infelicidade de muitos; pelo menos os que estavam no programa) ainda não foi proibida a entrada dos incômodos pernambucanos que vieram pra infestar o Sul e Sudeste.
Reitero, para mim, a questão não é musical pois já citei anteriormente desaprovar o que é feito atualmente em termos de música por aqui e gosto bastante do Ed Motta músico. Infelizmente, arte e caráter não têm absolutamente uma coisa a ver com a outra. Ou felizmente. Você é bem mais culto do que eu para saber de vários desses casos.
Enfim, fica manifestada a minha tristeza por ter presenciado esse tipo de comportamento (mais ainda pela galhofa com a coitada da menina no final do programa) num dos poucos lugares em até então considerava haver lucidez.”
Willana.
+
“Gostaria de não mais receber e-mails relacionados ao programa Ronca Ronca, pois após a edição de número 300, que se pretendia comemorativa de um programa que tem bastante serviço prestado à música brasileira, foram proferidas pelo Sr. Ed Motta, apoiado e incentivado pelos demais presentes, várias IMITAÇÕES DE PÉSSIMO E PRECONCEITUOSO GOSTO c/ o intuito de debochar e diminuir a música pernambucana. Não adianta o programa tocar as bandas daqui e um convidado arrogante agir c/ tamanho preconceito e covardia! E o que mais me admirou com o incentivo e o deboche do Sr. Maurício Valadares e demais presentes! Portanto, me excluam da lista de vcs, pois foi a ultima edição do programa que ouvi! E ao invés de recomendá-lo (coisa que tenho feito a mais de um ano) irei revelar a faceta preconceituosa e infeliz que tomou conta do programa no dia de ontem!”