show

carl, toni & ritchie (na sexta feira)…

carl palmer (+ baixo e guitarra) trouxe  ao vivo rio (sexta feira) e ao teatro municipal de niterói (sábado) o show ELP legacy… manja, né? o repertório do emerson, lake & palmer revisitado pelo monstro da bateria.

no show de sexta, ele convidou as peças ritchie e toni platão para colocar voz em “lucky man” e “c’est la vie”, respectivamente…

(fotos de ARTS live frames)

nightdreaming (ou a goleada de oxford)…

tinha nego preocupadão que o ex-HSBC estaria vazio para receber a rapaziada de oxford.

felizmente, a cariocada + muuuuuitos forasteiros fizeram o bonito de colocar uma plateia bastante numerosa no estabelecimento… apesar de não ter se mostrado muito conectada ao palco, manja? de onde eu estava (lonjão) não consegui perceber uma parceria caliente com thom & seus bluecaps.

um casal ao meu lado dizia, constantemente, que a banda estava jogando para a arquibancada… talvez, até mesmo, para a geral… como sou bastante leigo no assunto, eu estava achando ótimo o repertório… com várias músicas soando inéditas.

xeretinha meio que injuriada pela distância do palco… mas segurou a marola e ficou bem feliz quando o som melhorou MUUUUUUITO a partir da metade do show.

passei batido pelo junun e por flying lotus… uma pena!

como jogaram para a arquibancada, o oxford team deu goleada (como sempre).

já a arquibancada…

segura o setlist:

 

 

 

cineminha david byrne…

vamos com calma… mas quem esteve, ontem, no rio de janeiro tem debaixo do suvaco:

sócio fundador do talking heads, parceiro de brian eno no MEGA extraordinário “my life in the bush of ghosts”, criou a descabelada trilha para the catherine wheel da coreógrafa twyla tharp (em 1981), gerencia o selo luaka bop (responsável por trocentos lançamentos brasileiros/africanos/caribenhos/asiáticos/marcianos), tem 11 discos solo e zilhões de parcerias/participações, produziu (em 1983) “waiting” espetacular segundo disco do fun boy three (ex specials), escritor, ativista, ciclista, fuçador, escocês de nascimento, iluminou a existência de tom zé… enfim, quando ninguém mais esperava testemunhar algo de novo sobre um palco musical, david byrne chutou a bunda dos incrédulos (chegou a doer na minha):

uma noite que ficará reverberando forévis… fueda!

 

boogarins, tuneyards & marcelo “caipirinha”, ontem…

Assunto: quentinho, saindo do forno…

“Salve, Simpatia!

Chegando em casa depois das apresentações de Boogarins + tUnE-yArDs aqui na Cidade Marav…. digo, aqui em Leeds.

Circunstâncias perfeitas do lado da platéia: show com ingressos totalmente esgotados em um lugar bem bacana… mas em noite de nevasca incomum em Leeds, de modo que os acomodados ficaram em casa, e só os fominhas apareceram, em número grande o bastante pra noite ser aconchegante, mas não grande o suficiente pra dificultar a circulação e a integração entre público & bandas.

Se liga no cineminha do Boogarins (anexo). Sem “relógios brancos” à vista, e com recepção sensacional de uma platéia interessada e bem informada. Apresentação à altura, seguida de simpática integração com o público presente.

Depois, tUnE-yArDs com a qualidade habitual, e mais integração Boogarins + platéia. Madame Garbus não compareceu, talvez em solidariedade com o roubo daquela foto de 2010 (em anexo) que seu fiel correspondente tinha levado, esperando alguns comentários. Infelizmente, a foto foi afanada enquanto eu tirava fotos…

Em resumo: bom show mas poucas notícias do t-y, bom show & boas notícias do Boogarins, contente com o evento e também com a aparição da camiseta do roNca…

All for now, mais notícias daqui a poucos dias, quando estivermos na Cidade Marav… digo, no Rio de Janeura.

Valeu?

Beijos & abraços,”
Marcelo///

cineminha polly jean…

pj6.tico

entupiu tudo por aqui… e piora muito quando coloco as músicas dela pra “inspirar”. caramba, sou fissurado, lembra do jeitinho que “the hope six demolition project” foi apresentado no #184? mamãe!

vou deixar os detalhes pro #259, ok? mas tenho de começar essas curtas letrinhas agradecendo à dupla dinâmica responsável pela vinda de polly jean & banda ao brasa:

paola wescher & lúcio ribeiro

pj.teatro

especialmente, pela experiência mística do dia 14, no teatro bradesco, onde eles montaram, na marra, um verdadeiro altar em louvor à inabalável paixão pela Música

thanks

well, well, well… com o teatro abarrotado, xeretinha pirou geral…

pj9.tico

pj5.ticopj13.ticopj12.ticopj7.tico

no dia seguinte, feriadão, chegou a hora do festival popload, às 18:45… sol nigeriano e platéia seca por PJ com direito a território marcado pel’aTRIPA (nat, leNda) e mick harvey tirando onda de zorro australiano…

nat.pjmick.harveypj.palco

pj+mhpj1.ticopj4.ticopj11.ticopj2.tico

dei a dica no #258 que, se rolasse a chance dela dar uma rabiscada em algum disco, eu escolheria o um das sessões no programa de john peel… a união perfeita de dois residentes vitalícios em meu coraçãozinho… pois bem, alguns minutos depois do show, numa estonteante ação de puro carinho e amizade, paola chegou – toda sorridente – trazendo em mãos…

PJ.auto1

POW, desabei nocauteado!

“the glorious land” tocando aqui… sem mais nem menos, bateu uma chuva forte no teclado, inundou tudo… UFA

cheers