youtube

gilberto & nilsson + pedro & ben…

Assunto: Nilsson em meu coração….

“Fala Maurição!

Sábado, ajudando a patroa naquela arrumada em casa, mas com os fones ligados no Ronca #329, tudo estava fluindo sob controle até que…você lança uma granada sem pino que explode na minha alma! PQP Maurição! Gotta Get Up é o lado B do compacto do Nilsson lançado em 1972 pela RCA para promover a música Without You, obviamente, no lado A. Mas não sei por que, na época em que a gente ouvia um disco 180.000 vezes, eu passei minha adolescência toda ouvindo o lado B, Gotta Get Up! E…num sábado de manhã, nos idos de 2019, explode isso em meus ouvidos. Dá para entender como fiquei… olhinhos fazendo blú blú e o corpo flutuando…Que momento…

Obrigado!

Abração!!!!”

Gilberto
Rio de Janeiro – RJ

+

Assunto: o Bem do Jorge

Olha isso Mauricio…

olhinho fez blu blu, como diz você
Jorge Ben provando que está no dna da pivetada ao redor do planetinha
não deve servir para a seção a TRIPINHA e a Música mas , quase lá…

Abraços Sucesso”

Pedro

######

essa dica do pedro é espetacular… e já havia chegado ao poleiro (valeu zé) mas nosso funcionamento em DUB… sacumé, né?

vale muito dar uma mergulhada no projeto inoxidável… AQUI

blackhill no shame (quase oficial)…

é o tal lance que a gente vem falando há um tempão: pedro blackhill tá muito íntimo da rapaziada do shame e, logo logo, galgará parâmetros na banda londrina.

no dia que essa parceria se realizar, blackhill poderá cumprir o papel que era do bez no happy mondays. lembra? o elemento não fazia nada (?!)… só ficava por ali, marotamente se requebrando, chacoalhando umas maracas… pô, a presença de blackhill é muuuito mais poderosa, robusta (hahaha) e descontrolada… oxente!

pois bem, semana retrasada o quinteto de brixton fez uma apresentação no minúsculo the social e blackhill ficou no palco! sente a peça de camiseta branca à esquerda, olhando pra banda, no palco…

HAHAHAHAHA… e as letrinhas sobre a intimidade:

“acabei vendo o show literalmente do palco, tive que subir pra não subir de vez. dá uma olhada AQUI nos vídeos, 3 músicas do próximo álbum – tô lá no canto do palco, selvageria pura, destruição total, ainda quebradaço

levei os dois compactos pra eles assinarem, sempre muito gentis, todos maneiros  (:
o Eddie (que tem a vinheta pro RoNca) ainda mandou um “obrigado” pra mim, lembra que sou do Brasil, haha

sinistro, Mauricio, um dia ainda morro nessas, o aperto foi sério

cheers”

imaginando…

Som Imaginário – Programa Ensaio 1970 – TV Tupi – Com “Feira Moderna” (Beto Guedes – Lô Borges – Fernando Brant), o Som Imaginário com Zé Rodrix no vocal, flauta e teclados; Fredera na guitarra elétrica, Robertinho Silva na bateria; Wagner Tiso no piano; Luiz Alves no baixo e Tavito violão 12, encerrava o primeiro programa “Ensaio” da cantora Gal Costa.