ecoaNdo…

Subject: #05 ou #306
“Caramba, Maurício, série Disquinho (amarelinho) “O Macaco e a Velha” foi a coisa mais “que momento” do roNca de todos os tempos. Braguinha + Radamés Gnattali é muito fundo da piscina. Se é que você me entende… mas isso não tem importância, vida longa ao roNca, sempre!
Um abraço,”
Willana.
+
“Grande MauVal…Salve!
Antes de mais nada, gostei da saída “tucana” da contagem de programas do Ronca…faz sentido!
Hoje estou voltando a ouvir o Jumbo. Até tinha esquecido das introduções da música que acabou de tocar entrando na sequencia junto com você. Uma das marcas registradas do Ronca! Fiquei sabendo da “re-volta ronqueira” lá no Japão mas preferi voltar pro meu ninho em Sampa pra ouvir em casa, no carro ou no celulóide quando desse na telha, manja? Não fiz isso pois me ocupei, junto com meus irmãos, de amparar meu paizão
doente. É…ele foi encontrar com Cartola e Jimi Hendrix ontem! Mas graças à luz dele e o grande amor que espalhou durante toda a vida, a família está em paz, tranquila, feliz! O engraçado foi que usei essa do Cartola pra comunicar a passagem do meu pai pra alguns amigos meus que, lógico não entenderam muito a ironia…rsrs
Ele não conhecia muito o Jimi mas gostava de Cartola…
Vida que segue, com amor, sempre!
Grande abraço”
Fábio Paiva
+
“Salve Maurício, meu nome é Pedro, toco na banda Dos Cafundós, recebemos o link do programa ontem, ficamos muito felizes. Não é todo dia que a gente consegue espaço em um programa com tanta qualidade. Muito obrigado pela força!

Você já tem um vinil nosso? Se não tiver, manda o seu endereço que a gente  manda um.

Grande abraco,”
PDC
+

“Grande Maurício,

Que programa o de ontem meu amigo! Infelizmente o praça não abriu, mas isso não desanimou ninguém porra nenhuma, isso sai na urina. Estamos azeitando uma segunda sessão do programa lá no boteco. Independente da data, a edição 005 do roNca2.0 merece uma audição coletiva! Buckley filho, Zhorn, Bernardo, Pedro Santos, nossa meia hora drifting com o Young, aquele grupo carioca que esqueci o nome, os chaves, a música africana da parceria com os Makuleiros… Putaquiparilli mauval, ontem vc barbarizou! E esse macaco Simão? E a vinhetinha do Body Count? Como assim, Pauro?!?!? I used to dig Picasso..

Manda música, manda música!”

arrudinha.

+

Subject: Quando a panela apita!!
“Mauval!! Comentarei só o final, ok?!
Em meio a vazia fugacidade contemporânea, onde ninguem mais ultrapassa 5min de pausa pra ler, ouvir ou assitir. Meia hora de Neil Young foi um oasis. 30min foi pouco. Podia mais. L. Donaldson na sequência adicionando mais desorientação na nave, e o Pederneiras no meio, que heroi. 30anos do roNca no ar :) Em em meados de 82, sabe o que eu estava escutando?! Macaco Simão, macaco ladrão!! Sentiu a pressão, mauval, as duas pontas do tunel?! viagem astral, totalmente emocionante – “Edna, balance a cabeça se você estiver bem”. E o keys?! o primeiro ronco da guitarra já é suficiente pro tremelique. Valeu, Mauval!

Parabéns pela ousadia dos 30 minutos e pela desorientação dos 30 anos. Demais!

Beijo grande”

Sissi
+

“Mauricio, graças ao parafuso horário favorável (apenas 3 horas de diferença), estou aqui ouvindo o Ronca no dia e na hora h. 

Parabéns pelo novo formato, você como sempre arrasa no set list.

Vida longa ao programa e à nação ronqueira!

Saludos madrileños / Anlene
+
   “MauVall véi, MauVall véi…,

Mamãezinha de Marapendi! Oque foi aquilo ontem Mauricio !!?? A sede social para audição do Ronca em Victoria não abriu mas o fodecast da edição #306 vai rolar ALTO, em breve.  A situation no nosso programa foi crescendo de uma tal maneira…toda sequencia foi preparando cada surpresinha!  Altas descobertas, o Dos Cafundós me fizeram ir da Alemanha ao Recife em minutos…demais! O aniversariante do dia em registros de encher o coração!  putz! John Zorn entortando o hipotalamo. O Sorongo com uma mistura fina heim…:) sensacional!! Mr.Niteroi no regular e no switchstance! O Little Joy traz uma alegria q só vendo ..a voz da moça é um doce..rola até uma babinha….kkkkkkk,q momento!!  O Neil Young barbarizando por quase 30m! Fueda! Os Chaves Pretas para relembrar o encontro do froNT BH (Salve Jenilson!) e células da resistência capixaba para ver os caras no Braza!!   No final me vi no  quintal de casa aos 5 anos ouvindo um 7 polegadas na vitrola malinha! Manja? Quase vidas passadas…fundão da gaveta mesmo!…childhood fellings! Quase não acreditei!! kkkkkkkkKKK. Em anexo, momento reveillon para começar desorientando!  Muitos Roncas em 2013!

Tive que relembrar:

http://carissimascatrevagens.blogspot.com.br/2010/09/colecao-disquinho-faz-50-anos-aqueles.html

” As estorinhas e canções eram interpretadas por atores de rádio-teatro do Rio de Janeiro. E cada disquinho possuía uma ficha técnica de causar inveja… Já imaginaram um compacto simples com canções do Braguinha, arranjos de Radamés Gnatalli e personagens interpretados por vozes melodiosas dos atores/atrizes da era do rádio? Um verdadeiro tesouro da nossa infância! ” 

Grande abraço!”

Mayko.