o coração pulsando (ou “you’ll never walk alone”)…

atripa

Assunto: Delírio!

“Mauricio,
“Delírio”, essa é a palavra que pode melhor definir a emoção ao (re)ouvir o programa do ronca (radiola) do Ed Motta!
Vc em plena forma como sempre, músicas espetaculares, a presença inoxidável de Eduardo Motta , vinhetas marcantes da GLOBO FM que nunca esquecemos , pessoal da técnica sempre competentes e as entrevistas sensacionais especialmente o papo com Sergio Vasconcellos, meu grande amigo querido!
Enfim, muita emoção mesmo!
E uma saudade sem fim desse tipo de rádio e interação com a música que vc trouxe até todos nós, amantes incondicionais da REAL boa música, seja ela brazuca ou gringa!
Um pedido pra finalizar essa bagaça longa (rs),
será que seria possível vc resgatar um daqueles maravilhosos Rock Alive que vc fazia com a Lili pra detonar todos os corações dos órfãos da Maldita!!??
E também, quando teremos um Ronca “Alive” de novo e com 2 ou mais horas de duração!!

Enorme abraço da família daqui pra vc e com vc sempre, seja em que voo vc estiver!!

Cheers!”

Marcio

o VAPODN#5, hoje, às 22h, “especial bob dylan com peninha”…

bob

roNca roNca cravado a fogo em nossos corações, em 30dezembro… colocando a tampa, inoxidavelmente, em 2014, com a caixa “the basement tapes complete / the bootleg series vol11”… contendo seis cds!

mas nada disso teria relevância se não fosse a MEGA descabelada presença a bordo do maior entendido em bob dylan no cone sul: eduardo bueno, o peninha!

CASCA… hoje, aqui mesmo, às 22h

nas ondas do rádio…

SGR.sly.sol

“Pô Mauricio, pegou pesado ontem hein?
A sequência Flavio Guimarães/Itamar/Clash foi tão estrogonófica que nem o intervalo embutido no meio conseguiu quebrar o clima.
Legal o Café Tacvba (banda que nunca havia escutado nada, por absoluta falta de vergonha na cara) e a música nova do Nevilton (de que já havia escutado alguma coisa há muito tempo, mas há tempos não escutava nada).
“Carpet Crawlers” foi a cereja do bolo… saudade dessa música!
Escalar tanta gente legal, de tanta época e estilo distintos e fazer tudo ter todo sentido em uma hora é pra poucos.
Obrigado por manter acesa a chama da música nas ondas do rádio.

PS.
Muito legal a entrevista com o Renato Russo e a homenagem ao João Saldanha nas edições dominicais do “Em Cartaz”.
E as edições do Vale a Pena Ouvir de Novo do Ronca também estão jóia!
Rachei de rir ouvindo o papo com Rodrigo Amarante…Sorriso de orelha à orelha por aqui!

Um abração e vida longa ao Ronca, ao “Em Cartaz”, à música!

Daniel

a bula do SGR#4…

SGR.sly

sly & the family stone – “dance to the music”

hotel catete – “rua que seduz”

álamo leal & flávio guimarães – “brown, black and white”

itamar assumpção – “sampa midnight”

itamar assumpção – “à revelia”

itamar assumpção – “isso não vai ficar assim”

the clash & mikey dread – “armagideon time” (ao vivo)

café tacvba – “y es que”

nevilton – “flores”

genesis – “the carpet crawlers”

carne doce – “amiga”

alceu valença – “agalopado”

gabba – “frevo embalado”

AQUI

free_radio

weapon_tico

“incendeio esses tempos glaciais”…

ronca.mic2

Quando eu canto o seu coração se abala
Pois eu sou porta-voz da incoerência
Desprezando seu gesto de clemência
Sei que meu pensamento lhe atrapalha
Cego o sol seu cavalo de batalha
E faço a lua brilhar no meio-dia
Tempestade eu transformo em calmaria
E dou um beijo no fio da navalha
Pra dançar e cair nas suas malhas
Gargalhando e sorrindo de agonia
Se acaso eu chorar não se espante
O meu riso e o meu choro não têm planos
Eu canto a dor, o amor, o desengano
E a tristeza infinita dos amantes
Don Quixote liberto de Cervantes
Descobri que os moinhos são reais
Entre feras, corujas e chacais
Viro pedra no meio do caminho
Viro rosa, vereda de espinhos
Incendeio esses tempos glaciais

(Alceu Valença)

o SGR#4, hoje, às 23h, no dial & web…

SGR.alceu

climão, hein?

nosso deslocamento pela rua do russel 434, às 23h (em AM, FM e web), será tão descabelado quanto um frevo embalado… estarão a bordo: itamar assumpção (em louvor especial à rapeize sintonizada em sumpa, 94.1FM), hotel catete (direto de BH), the clash (live, em londres/1980), carne doce (saboreando uma codorna em goiânia), sly & the family stone (ajoelhado diante de são big boy), nevilton com “flores” (seguindo os mandamentos de john peel), café tacvba (tequilinha marota, cheers)… & o diabo A4

tá bão?