aracy de almeida

pepitas de araca pescadas por flavão…

Assunto: Pitoresca
aracy no vox populi, que momento!

“comigo isso não dá pedal”
“tipo bela lugosi, pra cantar em castelo misterioso”
“gravar pra vender disco por 5 mangos?”
“no momento não quero gravar bagulhetes”
“cada um canta por onde pode né meu filho. é isso aí!”
“hoje piou um bocadinho dá pé”
“hermínio, to respondendo porque é contigo senão eu mandava logo naquela base né “
“ora guarda essa arma meu filho e vai cortando tuas carapinhas aí e me deixa sim? larga meu pé!!”
“todo mundo anda de calça comprida e eu não posso andar?”
…….
“aracy eu sou um fã da boemia. o quê você acha da madrugada?” (que momento do buneku. e a caroça da criança?)
“….agora só tem essa turma que só sabe 12 palavras do dicionário”
“meu negócio é rua, madrugada…nessa base”
“o homem dos meus sonhos nasceu  morto minha filha”
“sou das colônias”
(MUMU) “araca minha véia, tudo bem? estamos aí em pé sem cair deitado sem dormir né mana…NÃO TEM BRONX!
“passar pelas armas de muita gente minha filha. isso aí é ser artista. tem muita gente aí falcatruando, com cartaz sem ter valor….precisa estar dentro daquela panelinha e panelinha em televisão pra tá dentro dela é preciso rebolar, rebolar e rebolar.”
“não sou de falar muito, meu negócio é cara a cara e estamos conversados”
 FLAVÃO

encantada…

Assunto: gêNia iNdomável
“nasci em 1979, data do programa Vox Populi da Aracy

comparando com o Brasil de hoje, quanta diferença
como pioramos, em TUDO
mas que saudade dessa época
e nem nela vivi
genia genia genia
previu o futuro
sabia tudo 

fico imaginando como seria o Rio naquela época
como sobrava taleNto porraqui
emotivante”
LB
(Victoria)

em nome do pai…

Assunto: #89 (ou araca100)
“oi, mauricio!


bela homenagem à dama do encantado.  
estou lendo a biografia do wilson baptista e tem passagens sensacionais a respeito da aracy.
como você disse, ela abriu a selva a canivete. uma mulher muito à frente do seu tempo.
impossível não lembrar de meu pai – ela era uma de suas cantoras favoritas.
ele teria adorado o roNca, ontem.

beijos”
claudia