big star

a estreloNa…

Assunto: Alex Chilton e Big Star e Replacements
“Aí Mauricião,

Massa demais esse último programa, loucura total. Tô morando em Nova Iorque e sempre que saio com as camisetas do Big Star sou parado na rua algumas vezes.  A banda é muito cultuada mesmo! Acho que o exemplo máximo disso é a música do Replacements “Alex Chilton” que fala que o Chilton é um cara ‘invisível’ que canta com uma voz ‘visível’, acho que representa bem essa coisa dele ser um sujeito recluso mas ao mesmo tempo a música dele estar tão presente na vida de muita gente! Nessa música tem o clássico verso também: “I never travel far without a little Big Star”. É isso aí, viajando aqui, mas com o Big Star estou em casa!

Falou, até terça!”

Caio

estrelona!

o sonolento aqui de cima é andy hummel, baixista do big star… a criança subiu, ontem, para encontrar alex chilton (na ponta direita, em foto clássica da banda)!

jumboteKo vai chegar soltando caco pra todos os lados… promo para mundo livre (no rio), promo para fishbone (em sumpa), “momento batatada” a respeito das delegatas & o paladino da justiça mineira, novidades bem novas & velharias jurássicas, promo com ingressos (e catálogo) pro multiplicidade + surpresinha fooooorte…

dica:

( :

logo logo, às 22h!

see ya

+

só um deta sobre o caso das delegastinhas:

imagina se você, torcedor dos listradinhos, recebe um conva para bater uma bolinha no sítio do goleiro bruno.

você iria?

claro que sim… até eu iria. quer dizer… acho que não, meio lonjão, né?

anyway, qualquer simpatizante dos listradinhos compareceria amarradão.

bola rolando, gelada também, cachacinha, pagodão, mulherio forte, tremendo climão… blá blá blá.

aí, de repente, aparecem o paladino da justiça & seus bluecaps + as delegatosas numas de apurar uma denúncia anônima (sempre ela) de que alguém teria sido “apagado”.

imaginou?

no meio à barbárie que estamos acompanhando, como você diria que focinho de porco não é tomada?

êita, listradinho… a chapa iria esquentar freneticamente para o seu lado.

agora… mantendo o clima mas imaginando que o principal protagonista da cena fosse um qualquer ao invés do bruno…

sim, um caboclo qualquer que não levaria o caso além das páginas policiais do bairro, captou?

um borra botas que não faria os olhos de uma nação (?!) ficarem ligados na situação 26 horas por dia.

tens noção de onde você, realmente, estaria metido (ops!)?

tens idéia das acusações que você seria envolvido pelas delegastas e pelo paladinão?

perdeu, listradinho!

e vamos combinar que 110% dos casos policiais desse país são “resolvidos” à moda… é, é… é…

da barbárie medieval!

mamãe!

+

dotor…

aceita carterinha (falsa, of course!) de estudante?

(mas tem o seguinte, a performance dele aos 8 minutos vale ingresso cheio! what a BIG STAR!)

qual o aeroporto mais próximo?

+

+