david byrne

allan & david…

Assunto: David Byrne, 28/03/2018, Rio de Janeiro

“Boa noite, Mauricio.

Seguem registros do trator Byrne, que passou ontem na Barra da Tijuca – demolindo tudo, é preciso ser dito.

Já assisti a muitos shows, nenhum sequer parecido com este da atual turnê do cantor escocês…

Arrasador.

Abs,”

Allan

cineminha david byrne…

vamos com calma… mas quem esteve, ontem, no rio de janeiro tem debaixo do suvaco:

sócio fundador do talking heads, parceiro de brian eno no MEGA extraordinário “my life in the bush of ghosts”, criou a descabelada trilha para the catherine wheel da coreógrafa twyla tharp (em 1981), gerencia o selo luaka bop (responsável por trocentos lançamentos brasileiros/africanos/caribenhos/asiáticos/marcianos), tem 11 discos solo e zilhões de parcerias/participações, produziu (em 1983) “waiting” espetacular segundo disco do fun boy three (ex specials), escritor, ativista, ciclista, fuçador, escocês de nascimento, iluminou a existência de tom zé… enfim, quando ninguém mais esperava testemunhar algo de novo sobre um palco musical, david byrne chutou a bunda dos incrédulos (chegou a doer na minha):

uma noite que ficará reverberando forévis… fueda!