faust

faustão, ontem…

Show do Faust em São Paulo tem até música feita com lixadeira sobre metal

Em primeira performance no Brasil, banda alemã continua tão experimental quanto há 40 anos

Augusto Gomes, iG São Paulo 17/09/2011 12:03

A norma para bandas com 40 anos de carreira é basear os shows nos clássicos mais queridos pelos fãs, deixando pouco (ou nenhum) espaço para material novo. Mas a banda alemã Faust nunca foi de seguir regras. Em sua primeira apresentação no Brasil, nesta sexta-feira no Centro Cultural São Paulo, o quarteto também deixou essa regra de lado: a base do show foi o disco “Something Dirty”, lançado no início do ano.

O Faust é um dos principais representantes do krautrock, termo que reúne no mesmo pacote diversas bandas surgidas na Alemanha nos anos 1970. Enquanto o Can era a mais progressiva, o Kraftwerk a mais eletrônica e o Neu! a mais punk, o Faust foi a mais experimental. E continua assim até hoje: a apresentação de ontem, por exemplo, teve até música feita com uma lixadeira sobre uma placa de metal.

A banda abriu a apresentação com “Fresh Air”, faixa marcada pelo baixo pulsante de Jean-Hervé Péron. Ele é, ao lado do baterista Werner Diermaier, um dos remanescentes da formação original do Faust. A primeira música foi também uma das mais “normais” da noite. Dali em diante, o show teve uma boa dose de discursos sobre camadas sonoras (“English Woman’s Dream”) com momentos de muito barulho (“J’Ai Mal Aux Dents”).

No meio de tudo isso, houve a lixadeira sobre metal tocada por Diermaeir. E não só isso: em outra música, um lençol branco foi estendido ao lado do palco e a vocalista e tecladista Geraldine Swayne fez uma pintura sobre ele enquanto a música acontecia. O show chegou ao fim após 1h30, quando a banda finalmente fez uma concessão e tocou um de seus maiores clássicos, “Krautrock”, numa versão ainda mais violenta que a original.

O Faust volta a tocar no Centro Cultural São Paulo (Rua Vergueiro, 1000, Paraíso) neste sábado, às 19h. A entrada é gratuita e, até a noite de ontem, ainda havia senhas disponíveis.

Veja abaixo o repertório do show do Faust no Centro Cultural São Paulo:

01. “Fresh Air”
02. “Herbststimmung”
03. “Lost the Signal”
04. “Pythagoras”
05. “Invisible Mending”
06. “J’Ai Mal Aux Dents”
07. “English Woman’s Dream”
08. “La Sole Dorée”
09. “Miss Fortune”
10. “Krautrock”

faust!

ainda agora, papo de 18:15, foi ao ar pela vênus um dos momentos mais marcantes da TV brazukinha.

faustão recebeu o roger, sobrevivente da chacina de realengo.

o menino estava lá pra contar de sua experiência nefasta…e narrou, bem, como conseguiu se safar!

big fausto teorizava sobre vários aspectos e mandou na lata do roger:

“a violência deve ser combatida de forma blábláblá… o brasil tem que saber enfrentar uma situação blábláblá… roger, você acredita que as escolas devem controlar o acesso blábláblá?”

roger – “sim”

big faust segue: “o processo desenvolvimentista brasileiro tem que tomar um novo rumo, blábláblá… desse jeito que estamos levando a educação e a segurança, blábláblá… não é, roger?”

roger – “é”

big faust: “nossos comerciais, por favor!”

que momento!