jeff beck

o “unha preta” barbarizando com page & cia (ou a essência da música)…

jeff beck chegou nesse hall of fame em 2009 com jimmy page debaixo do braço pra fazer gracinha no palco… o combinado e ensaiado era a dupla atacar “beck’s bolero”, só que – na marra e de surpresa – eles e banda meteram “immigrant song”… JISUS

page entra em 1:50 implodindo tudo com “immigrant song”. PQP, meus zôio não param de molhar tudo aqui com esse momento, sério. porra, essa é a essência da Música: criatividade, tesão, improviso, molecagem, genialidade, alegria… mamãe, beck faz a guitarra cantar muito mais que plant… e aos 3:24 eles voltam para “beck’s bolero”. CARACA, olho parado rastejante total… olha os cornos de felicidade de todos com a traquinagem… e ainda tem o resto. o resto…

jah viu esse doc de jeff “unha preta” beck?

passou sábado no BIS (629-NET)… caramba, doc de 2018, com vários depoimentos cascudos, imagens inéditas (pra mim) e, principalmente jeff “unha preta” soltinho tal e qual farofa. lembranças inoxidáveis do encontro com stevie wonder (PQP) + como ele foi atropelado pela Música de miles davis com john mclaughlin + ele e page relembrando o início do início, pré yardbirds + a paixão pelos carangos (daí o “unha preta. lembra nos tempos do rocka26, né?)… imperdível!

às 22h, hoje!

jumbex taxiando cheio de grosseria!

sim, pepitas em profusão… K7 está pronto?

+

teremos a segunda – e final – rodada com ingressos para skylab no teatro rival, sábado!

pura brutalidade!

algo como estas outras imagens de nosso jeff “unha preta” beck acompanhado por cozy powell (batelita), mas middleton (piano), clive chaman (bass) e bob tench (voz)…

super!

ao montar a masterpiece aqui de cima, em 71/72, “papai do céu” (sim, Ele é isso!) criou uma Canção para “o unha” gravar.

só que no dia da gravina, o guitalita teve que trocar o filtro de óleo do fusca que estava mexendo e… perdeu a hora.

anyway, acabou gravando outra pepita em “talking book”.

mas a canção original, no ano seguinte (73), estaria em seu repertório, no disco…

e LIVE…

http://www.youtube.com/watch?v=aBpSeyk1z4o

( :

segura…

que momento!!!

jeffo!

ao chegar no MAM, um ouvinte de primeiríssima geração do jumboteKo (versão 8.2 na flu fm) mandou na minha lata:

“por quê você sempre chamou o jeff beck de unha preta?”

ha ha ha…

que momento para anteceder um dos (três, talvez) guitarristas mais cascudos on earth!!!

mas o fato é que são tantas as informações musicais nos últimos dias que muitas delas passam sem a nossa devida atenção… e nesse saco, podemos colocar j.biafra, jeff “unha preta” beck, hallogallo e muitos outros.

acabei me tocando da presença do “unha” no rio de janeura (UFA, e como!) aos 44 minutos do segundo tempo…

felizmente!

acompanhado por uma banda terremoto, jeff beck seguiu a bula de sempre e mostrou, again, como a tal da guitarra deve ser tratada.

fizeram uma versão de “i wanna take you higher” (sly & the family stone) que abalou as estruturas das artes brasileiras, lá do museu!

sinister!

jeff forévis!

e clique…

e já foi pra gaveta de lembranças muito especiais…

o lá de cima foi no hammersmith odeon, londres/1980!

na volta do show, o inesperado – “operação lei seca” na avenida atlântica!!!

agora, imagina um cidadão que paga TODOS os impostos cair nessa comédia por conta de três cervejótas!

qual seria a reação do caboclo ao se foder, literalmente, diante de uma cidade em clima de guerra?

hein?

caraca, “lei seca” no exato momento em que todas as instituições públicas (e seus periféricos) estão desabando?

minha mãe!

anyway, qualquer brasileiro que tenha se fodido nas operações lei seca de ontem, pode contar com o ombro amigo da nação ronqueira!

) :