little quail

LQ em 7″…

LQ

Discos Além e Assustado Discos apresentam o compacto em vinil 7”

 LITTLE QUAIL AND THE MAD BIRDS

 Vinte anos atrás, a banda brasiliense Little Quail and the Mad Birds começava a preparar o repertório do que seria seu segundo álbum, sucessor do incrível Lírou Quêiol en de Méd Bãrds – lançado (em LP, CD e cassete) em 1994 pelo selo Banguela Records (ligado à Warner Music), empreitada capitaneada pelo produtor Carlos Eduardo Miranda e pelos Titãs e responsável por pérolas como os primeiros discos de Raimundos (Raimundos), Mundo Livre S/A (Samba esquema noise) e Graforréia Xilarmônica (Coisa de louco II).

A primeira vez que você me beijou, segundo álbum do Little Quail, foi lançado em 1996 pela Virgin/EMI e consegue rivalizar com seu antecessor pela potência, originalidade, vigor e irreverência presentes na profusão de hits que saltam do CD. Os primeiros passos para esse disco começaram, claro, dentro do estúdio de ensaio. E foi no estúdio Beethoven onde o Little Quail ensaiou e gravou a primeira demo do que seria o segundo álbum do trio. Ao contrário dos famosos cassetes lançados antes do disco de estreia da banda, que circularam o Brasil, a demo do segundo disco não foi comercializada. A ideia era apenas registrar as novas composições, usá-las como pré-produção para A primeira vez – que foi gravado no Rio de Janeiro com produção do saudoso Tom Capone.

E foi numa manhã de 1995 que o guitarrista Gabriel Thomaz (futuro Autoramas), o baterista Bacalhau (futuro Rumbora e Ultraje a Rigor) e o baixista Alf (futuro Rumbora, Raimundos e Supergalo), substituindo o titular Zé Ovo, que não estava em Brasília na ocasião, gravaram em fita quatro músicas: A alegria está contagiando o meu coraçãoProblem girlMau-mau e Elvis não. Completa o registro uma vinheta de seis segundos de duração chamada A.

É justamente esse material que a parceria firmada entre os selos Discos Além, de Brasília, e Assustados Discos, de Recife, lança, duas décadas depois, em um glorioso compacto de vinil de sete polegadas. A gravação é garageira, furiosa e divertida, enfim, o Little Quail capturado no auge de maneira visceral. A masterização do áudio ficou a cargo do competente Iuri Freiberger. A capa do disquinho utiliza imagens de um guia de Brasília feito nos primeiros anos da nova capital, presente que Gabriel ganhou do avô. O design é cortesia de Paulo Rocker, baixista dos Gramofocas, banda brasiliense discípula do espirito Little Quail.

A tiragem do compacto é de apenas 300 exemplares. Ou seja, já é item de coleção. Garanta o seu antes que esgote – e seja testemunha auditiva do poder de fogo de uma das melhores bandas brasileiras dos anos 90.

Ouça aqui.

Preço: R$ 30 + frete

Contato: assustadodiscos@gmail.com