lou reed

+lou…

que coisa, hein?

você captou as palavras de lou sobre jimmy scott na entrevista com costello?

que aula! D+!

lou veio ao rio & são paulo, em 1996…

foram dois shows em cada cidade.

os primeiros (dias 5/rio e 9/sp setembro) com mesas+cadeiras… e os segundos (dias 6 e 10) em climão pista.

fui no primeiro… e, semana passada, pensei com meus botões:

– por quê não tenho o ingresso do segundo, o mais interessante por ser pista?

e lá fui eu pesquisar na papelada!

resposta: no dia 6setembro1996 aconteceu mais uma edição da descabelada festa roNca roNca no clube condomínio (horto / RJ)!!!

casca!

( :

olha o repertório da criança nos shows (acho que não houve mudança nos setlists)…

  1. Encore:

lou reed?

sério, não é por conta da derrota do vasco pra ponte preta (são 17:20) que estou soltando marimbondo enferrujado pelas ventas!

quer dizer… é um pouco!

o fato é que a subida de lou reed não tem nenhuma importância nesse mundinho bundamole em que vivemos.

pior ainda, não tem… e não terá!

“walk on the wild side” é coisa do século 20!

em uma semana, o nome dele estará no “museu” igualzinho ao de machado de assis, bert jansch e noel rosa!

o planetinha seguirá girando ao som das corporações, da banalização, da massificação… ao rítmo do emburrecimento galopante!

o importante é o agora, NOW, o HYPE (de dois meses)… independente do que seja… e que se foda o resto!

 “valores” como tempo, precisão & atenção de nada valem!

junte à pauta o assunto paulinho tapajós onde a informação de sua subida

foi tratada tal e qual um papel higiêncico usado!

acabei de saber que um dos filhos de paulinho assim reagiu ao jeito da mídia noticiar a morte do pai:

– esse não é meu pai!

PQParille!!!

a notícia no UOL sobre a morte de lou reed  o coloca na gaveta dos guitarristas…

– MORRE GUITARRISTA LOU REED, aos 71 anos

quer dizer, quem nunca ouviu falar dele, vai achar que perdemos alguém do quilate instrumental de clapton, hendrix, page,

pepeu, lanny gordin!

e ainda convidam: “ouça os grandes sucessos de lou reed”!!!

que porra é essa?

sucesso? caraca… em que mundo vivemos?

ahhhhhhhh, tá… esqueci, ele morreu hoje… vale tudo!

semana retrasada, um desses sites informou que quando chuck berry chegou à música,

“só havia atitude e que ele trouxe musicalidade”!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

coitado, era aniversário dele!

qualquer um fala sobre qualquer coisa.. de qualquer jeito… e pronto!

tá captando onde quero chegar…ou não chegar?

será impossível aos “pensadores” da modernidade se tocarem que é preciso navegar comtra a correnteza?

que tal uns goles?

prakash john, THE bass…

( :

+

já viu?

D+!

20 e poucos merréis nas lojas americanas!

felizmente, a passagem dos stones pelo sul da frança (no início dos 70) foi MUUUUITO bem registrada..

graças, também, à presença do fotógrafo dominique tarlé que morou seis meses na mansão nellcote.

através dessa turma é que podemos imaginar (um pouco) como as coisas aconteceram durante a gravação do álbum “exile on main street”!

dentro do que se entende como rock’n’roll, esse período foi a mais sinistra “interpretação” dos elementos que formam a tal idéia “sexo, drogas & rock’n’roll”!

segundo o depoimento de anita pallenberg, na realidade, foi: “rock’n’roll, drogas & sexo”!

( :

pensando rapidinho, talvez, a excursão final dos pistols nos U.S.A tenha chegado perto da “intensidade” obtida pelos stones em villefranche-sur-mer!

anyway, vale muito dar uma passada nas americanas!!!

+

volta e meia afirmo que moramos num país miserável onde a educação vale um cuspe embrulhado!

como trabalhar com música (& todos seus periféricos) se é este o futuro da nação?

05/07/2010 – 00h01 do UOL

Ideb 2009: somente cinco municípios (de 5.498) têm educação de país rico nos anos finais do fundamental