milton nascimento

a esquina do clube (ou clube da esquina forévis)…

esquina

Assunto: tributo a milton nascimento
“Fala Mauval!Antes de mais nada, caramba MUITO bom o programa passado, #132. É um probelma pra mim ouvir o Ronca no trabalho, pq fico pesquisando as bandas que não conheço enquanto ouço  o programa, e uma coisa leva a outra.. acabo descobrindo sempre muitos discos pra ouvir!
Mas só queria te mostrar esse projeto, mais um com “bandas novas” homenageando algum artista brazuca, dessa vez o Milton. Algumas releituras são bem interessantes:

https://soundcloud.com/coletaneamiltom

http://screamyell.com.br/site/2015/06/10/download-tributo-a-milton-nascimento/

Abraços!”

gabi
+
Assunto: Mar Azul | Clube da Esquina
“Salve MauVal,

Acabo de lançar um tributo à turma do Clube da Esquina, chamado “Mar Azul – Sons de Minas Gerais Vol. 1”. É uma série de 11 vídeos, lançados direto no Youtube, como se formassem um disco. Tem SILVA, César Lacerda, Moska, Pedro Luís, Maíra Freitas e outros revisitando coisas dos dois discos do Clube e ainda outras como “Pedras Rolando”, do Beto, “Travessia” etc.
Tá tudo aqui: tocavideos.com.br/marazul

O álbum está disponível em plataformas como Spotify, Deezer e iTunes, entre outros.
Cartaz em anexo.
Obrigado, abç.’

Fernando Neumayer
mar

MILtons…

que espetáculo a gente encontrar nas bancas de jornal a fina flor do cancioneiro brazuka… a bons preços e edições caprichadas!

as discografias de gil e milton estão fazendo a felicidade de muitos fissurados em sons… especiais!

cacilds, “expresso 2222”, “milagre dos peixes”, “clube da esquina”… e tantos outros monumentos!!!

semana passada, o carpinteiro veio aqui na maloca dar um jeito na mesa.

ela estava rachada ao meio desde aquele gol perdido por diego souza contra o curintcha, lembra?

não vou entrar em detalhes do “acidente”, tá?

enfim, jakinho (o carpenter… é os cornos de michael) ficou um tempão na função…

enquanto rolava no “3 em 1″…

que havia chegado, no dia, à banca da esquina… por 18 merréis!

tenho uma relação carnal com “minas” e com “geraes”… só eles, os discos, sabem o tamanho da encrenca!

o som comia solto e… jakinho martelava.

no segundo de tranquilidade, o cidadão perguntou:

– “maurição, isso é música clássica?”

na hora, eu estava prestes a engolir um tasco de pão…

e o ato foi interrompido por uma força interior que fez o objeto (o pão) voar longe! sério!

refeito do fenômeno, respondi:

– “para os padrões atuais, é quase música clássica, hahaha… mas, na época, 1975, era música popular, dessas de tocar no rádio AM”

pronto, a mesa está prontinha… aguardando um novo descarrego!

( :