notre dame

pic-nic…

tranquilão, no teto da notre-dame, em abril1981…

o incrível – para os tempos atuais – é como era possível ficar por horas no teto da catedral de notre-dame sem ninguém encher o saco, sem ninguém dizer “não pode isso”, “tempo esgotado”, “cadê seu passaporte?”… que momento!

mon dieu, ela resistiu à revolução, guerras mundiais…

e sucumbiu sob as chamas do capeta… PQP!

infelizmente, não tenho capacidade de colocar aqui a emoção de passar por Ela, colado à lateral, arrastando a mão na parede (PQP), na madruga friorenta da cidade luz, sem ter nenhuma pessoa por perto e aquele monstro escuro ali de butuca ligada… mamãe!

na edição do livro “preto e branco”, não poderia ficar de fora algum registro realizado Nela. acabou entrando esta cena típica do cinema búlgaro bem no teto da catedral, em abril1981…

+ serico e sandy…

+

mamãe