roscoe mitchell

barra pesada…

Pompéia realiza Festival Jazz na Fábrica

Terceira edição reúne artistas experimentais, além da obra de brasileiros e estrangeiros consagrados

A terceira edição do festival Jazz na Fábrica – que traz neste ano as atrações internacionais McCoy Tyner, Cassandra Wilson, Macy Gray, Afrikkanittha, Sun Rooms, Ibrahim Maalouf e Dr. Lonnie Smith, além de artistas nacionais como Benjamin Taubikin, Letieres Leite, Raul de Souza e João Donato -,  acontece entre os dias 1 de agosto a 1 de setembro, na unidade do Sesc em Pompéia, São Paulo.

O festival aprofundando caminhos já apontados nas edições anteriores. A proposta de programação da edição de 2013 aposta em uma aproximação do jazz produzido na África e na América Latina, sem abandonar suas principais referências. Nomes como Afrikhanita (Angola), Richard Bona (Camarões), Christian Galvez (Chile), Edsel Gomez (Porto Rico) e Álvaro Montenegro (Bolívia) estão no line up deste ano, que conta com a presença de mais de 30 grupos e solistas. Estão previstas em toda a programação uma larga escala de timbres: voz, piano, trompete, saxofone, guitarra (e violão), órgão, contrabaixo, bateria, trombone, vibrafone, samplers etc. Também se estendem por uma variada gama de estilos e tendências que passam pelo swing, be bop, hard bop, cool jazz, bossa nova e samba jazz, jazz latino, experimentos eletrônicos, etno jazz, nu jazz, funk, soul, R&B, blues e swing; uma colorida diversidade de origem afro-americana e um intenso diálogo entre gerações.

Em outra vertente, música eletrônica, improvisação livre, atonalismo, instrumentos elétricos e efeitos sonoros permeiam os repertórios de nomes como Sun Rooms (EUA), Rabotinik (BRA), Ivo Perelman (BRA), Duo Nazário (BRA) e Roscoe Mitchel (EUA), enquanto os conjuntos europeus Et Hop (FRA) e No Square (SUI) se aproximam do universo pop e de uma releitura do funk e do groove dos anos de 1960 e 1970, com um fôlego jovem e uma sonoridade voltada a todos os ouvidos.

O festival procura se reafirmar como um espaço de difusão do gênero, com o intuito de promover – de maneira acessível – o encontro do público com as diversas tendências do jazz, as pesquisas mais contemporâneas e arrojadas de artistas experimentais, além da obra de brasileiros e estrangeiros consagrados e com sólida contribuição criativa para este universo, escrevendo mais um capítulo nas intenções programáticas e as ações educativas do Sesc. Para saber mais acesse o portal do Sesc em São Paulo. www.sescsp.org.br

Serviço:

Unidade Pompeia – Rua Clélia, 93
Telefone: (11) 3871-7700
Sem estacionamento.
Horário da Bilheteria: terça a sábado das 9 às 21 horas e domingos e feriados das 9 às 19 horas.
Formas de pagamento: Cheque, cartões de crédito (Visa, Mastercard e Diners Club International) e débito (Visa Electron, Mastercard Electronic, Maestro e Redeshop).

 

vinicius mandou pra gente…

Subject: Roscoe Mitchell at Yoshis semana passada
“Fala Mauricio,
Que coincidência! Vi que vc postou uma aprensentação do Roscoe Mitchell esses últimos dias. Na semana passada eu fui até o Yoshi’s de Oakland pra conferir o Roscoe. Na saída, bati um papo com ele, com o percussionista e o baterista que o acompanharam. Todos gente muito fina. Perguntei a eles se curtiam o Hermeto Pascoal e eles disseram que sim, muito. Seguem umas fotos do show no Yoshis, casa ultra lotada.
Abração,”
Vinny Marinho