U2

ricardo, o #397 e o U2 em berlim (ou aguardando o #400)…

Subject: U2, Brecht, Wim Wenders….Avassalador roNca #397

“Perfeita a decolagem 397, nunca dantes houve tantas músicas que ninguém nunca ouviu! John Peel de olho arregalado (e parado) total. Flying Burrito Bros, Suicide,  João do Vale, Szabo&Kassin… Festival de vinhetas históricas.  Parabéns

Perfeito o toque sobre declarações do U2 em Berlim. É a pura verdade que Bono e seus comparsas têm uma relação muito forte com a Alemanha e em especial Berlim. Bono também é amigo pessoal de Wim Wenders, e Zooropa foi trilha para o segundo “Asas do Desejo”. Dentre vários berlinenses ilustres que ele citou no show, aqui Berthold Brecht é Deus Mamãe supremo…

Antes daquele show, o grupo fez uma gracinha: pegou de ponta a ponta o metrô denominado U2 (que ligava os dois lados da Berlim separada pós-guerra, minha casa bem no meio) e deu canchas variadas no trajeto, dentro e fora dos vagões (vejam no vídeo acima). Foi especialmente emblemático pela emoção da retomada daquele trecho U2 na Reunificação alemã em 89.

Devido ao fuso horário e a ingestão de caramelos variados, assisti ao 397 depois do 398…  Aguardando o 400!

Sempre grudado no RoNca, beijo jurássico”

Ricardo

domingo…

I can’t believe the news today
Oh, I can’t close my eyes
And make it go away
How long?
How long must we sing this song?
How long, how long?
‘Cause tonight, we can be as one
Tonight
Broken bottles under children’s feet
Bodies strewn across the dead end street
But I won’t heed the battle call
It puts my back up
Puts my back up against the wall
Sunday, Bloody Sunday
Sunday, Bloody Sunday
Sunday, Bloody Sunday, Sunday, Bloody Sunday (alright)
And the battle’s just begun
There’s many lost, but tell me who has won
The trench is dug within our hearts
And mothers, children, brothers, sisters torn apart
Sunday, Bloody Sunday
Sunday, Bloody Sunday
How long?
How long must we sing this song?
How long, how long?
‘Cause tonight, we can be as one
Tonight, tonight
Sunday, Bloody Sunday
(Tonight, tonight) Sunday, Bloody Sunday (let’s go)
Wipe the tears from your eyes
Wipe your tears away
Oh, wipe your tears away
I’ll, wipe your tears away (Sunday, Bloody Sunday)
I’ll, wipe your blood shot eyes (Sunday, Bloody Sunday)
Sunday, Bloody Sunday (Sunday, Bloody Sunday)
Sunday, Bloody Sunday (Sunday, Bloody Sunday)
And it’s true we are immune
When fact is fiction and TV reality
And today the millions cry
We eat and drink while tomorrow they die
the real battle just begun
(Sunday, Bloody Sunday) to claim the victory Jesus won
On
Sunday Bloody Sunday, yeah

white men in hammersmith palais…

MAM, monumento d’aTRIPA, é um fissuradaço aço aço em the who… daqueles que residem, há anos, no fundo da piscina de pete-roger-keith-john… pois bem, ontem, a peça mandou pra gente (sem maiores explicações) estas fotos onde aparecem pete townshend, bruce springsteen e o U2…

u2.2

u2.1

sentiu a tchurma? os cornos de serial killer de pete, à direita? o de óculos nas duas fotos é paul mcguinness, “dono” do U2.

como eu não conhecia as imagens, bateu uma vibe tipo: “caramba, isso aí é deve ser num show do U2 já que boninho tá todo suado enquanto bruce e pete estão secos… e as fuças de todos eles são as mesmas de quando a xeretinha registrou U2, bruce e pete (solo), em maio/junho1981, em londres…

U2doisbruce.detapete2

no que caiu a ficha deles todos estarem juntos na mesma época, na mesma cidade, dei uma pesquisada na web… e apareceu a informação, num diário do U2: “pete townshend e bruce springsteen estiveram no camarim do U2 no show que aconteceu no hammersmith palais, em londres, no dia 9 de junho de 1981”.

e fui confirmar o dia em que eu havia testemunhado os irlandeses no hammersmith palais… BINGO: dia 9junho1981

HAHAHA… ou seja, estávamos todos juntos sob o mesmo teto do santuário hammersmith palais, numa terça feira inesquecível… ainda mais agora com essa informação inútil mas que nos mantém de pé… obrigadão, MAM!

( :

poster

negativos & positivos (108) [U2]…

atividade, lá vem o “cineminha U2”!

ainda mais que a banda andou invadindo celulares em todo globo terrestre… sem ser convidada!

normal, é o jeitinho globalizado, modernão!

a rapeize de dublin havia lançado o disco de estréia, “boy“, no final de 1980… e seguia firme, em meados do ano seguinte,

como A principal nova banda da irlanda e vizinhança.

a platéia se descabelava, urrava, plantava bananeira… carregava larry, the edge, bono e adam no colo…

sem imaginar que, logo logo, o quarteto iria se transformar… tanto!

e o topete do the edge?

anyway, anyhow, anywhere…

chega mais, boninho… olha pra gente e manda um biquinho…

U2  /  hammersmith palais (londres)  /  junho1981