Arquivo da categoria: futebol

o muro negro…

Assunto: Grafite de Barbosa 100 Anos em São Januário

“Caríssimo MauVal,

Aqui quem fala é o Rajão, como vai? A última vez que te encontrei foi no show do Seun Kuti no Blue Note, na fatídica noite que mataram Marielle.

Enfim, há 4 anos que trabalho como produtor e pesquisador do projeto NegroMuro e quero te falar sobre esse nobre trabalho que faremos em São Januário:

Somos uma ação contínua de mapeamento de figuras negras históricas do Rio que estão sendo grafitadas em localidades onde essas personagens possuem uma relação direta.

Gostaria muito de pedir seu apoio ao nosso projeto para grafitar Barbosa em São Januário, no muro lateral da arquibancada da piscina; logo atrás do gol.

Nossa campanha já levantou R$15.000 mas nossa meta é R$39.801,00 e faltam apenas 13 dias.

Paulinho da Viola, Teresa Cristina, Carlos Germano, Careca, Flavia Oliveira, Juca Kfouri, Serjão Loroza, Andrezinho do Molejo são alguns dos que já estão nos apoiando mas precisamos de muito mais.
O projeto é do NegroMuro, uma ação de grafite e história negra que já mapeou 18 figuras negras históricas da cidade em seus devidos territórios:

www.instagram.com/negromuro

Nossa campanha está AQUI

www.benfeitoria.com/barbosa100

Qualquer dúvida estamos à disposição.

Muito obrigado,”

Rajão

rafael, gamarra, clube roNca, coringão…

Assunto: #444, Clube do RoNquinha e Gamarra.

“Fala MauVal! Tudo certo?

Muito bom ouvir você falando de toda a história do RoNca e ainda saber que nós ouvintes poderemos apoiar nosso amado programa.

Como a vinheta diz, a gente paga as anuidades com antecedência, kkkkk.

Mas pô, tenho que falar de uma batatada também, rsrsrs….Gamarra é ídolo do Coringão, não tem nada de “listradinhos” não, kkkkkkk.

Como corinthiano, acho que a fase mais foda dele foi na época do Corinthians. Foi nessa época que ele foi considerado o melhor zagueiro da copa de 98, terminando a copa sem ter feito uma única falta. Foi fazer só depois de 4 jogos desde a volta da copa, num jogo do Corinthians.

O cara jogou muito!!!! É ídolo incondicional da corinthianada.

Fico por aqui no aguardo de maiores informações do clube do RoNquinha!!!

Grande abraço!!!”

Rafael

é o fantasmão da massa chegando…

Assunto: Sábado é dia do Grande Encontro

“Mauval, neste sábado, 29/05, ocorrerá o tão aguardado encontro entre Vasco x Operário Ferroviário, na estreia da série B.
Independente do resultado, quero manifestar outra vez a grande honra e o respeito que temos pelo Vasco.
Para o Fantasma, estrear a série B contra o Gigante da Colina é de um simbolismo ímpar.
Apesar dessa partida estar ofuscada em parte pela pandemia, a expectativa é grande e a emoção idem.
Espero que o jogo seja disputado com fair play, e que vença o melhor (e que o melhor seja o Operário Ferroviário hehehe).
O Trem Fantasma tá chegando no Rio de Janeiro!
Saudações operarianas”

André

o fantasma chegando…

Assunto: Operário Ferroviário e Vasco da Gama vão abrir a série B em 2021!

“Maurição, quem diria…

Nem nos meus melhores sonhos eu imaginaria que tão cedo teríamos uma partida oficial, valendo muito, entre o Fantasma e o Vascão.
Alvíssaras aos deuses do futebol, que nos concedem essa honra.
Quer dizer, não sei se os vascaínos estão assim tão felizes quanto os operarianos, mas acho que sim, né? Como operariano, eu espero nada menos que uma partida à altura dos dois clubes, independente do que estar na série B signifique para cada uma das torcidas – e certamente, não temos a mesma visão a respeito do campeonato. Mas nossas histórias, tradições, torcidas e paixões trazem uma boa dimensão do que será esse encontro épico.
Eu vejo isso como um presente. Obviamente, temos muito respeito pelo Vasco. A oportunidade de medir força com um dos grandes. Uma honra!
Ainda que eu preferisse o encontro entre nossas tradicionais torcidas em condições menos obscuras, não marcadas pela tragédia da pandemia e sua “anti-gestão” no Brasil bolsoafetivo, penso que, pelo lado positivo, esse encontro será sem dúvida nenhuma, espetacular. Já está marcado na história do futebol brasileiro e dos nossos clubes.
Fossem outras as condições, e vc pode ter certeza, eu estaria em São Januário. No segundo turno, se houver condições, você já esteja mais do que intimado a assistir à partida de volta na Vila Oficinas, em Ponta Grossa.
Bom, neste ano, não tem churumelas – chegou a hora da verdade, e eu espero que essa partida possa ser apenas a primeira de muitas de um jogo que já nasce clássico. Estou muito confiante de que nossos próximos encontros serão na série A.
Um abraço cabriocárico e fantasmagórico”

André