Arquivo da categoria: youtube

o jogo foi filmado, a placa existe mas cadê o gol?

ok, a placa existe… a expressão “gol de placa” tá na boca da massa… o jogo foi filmado mas onde está o tasco com registro do gol que fui surrupiado? qual a razão de algum miserável ter feito isso?

oxente, não é qualquer um que podia/pode entrar na sala de edição de quem filmou o jogo e, cirurgicamente, desaparecer com o tal “gol de placa”… mas e aí? ficou nisso? ninguém correu atrás do desgraçado que operou essa barbaridade?

enfim, mais uma história maldita “made in brazil”!

agenda…

O tripé da programação se completa com as rodas de conversa. Do dia 23 ao 27, sempre às 20h, Fred Coelho, autor do ensaio biográfico sobre Jards, media debates entre o artista e alguns dos diretores e atores dos filmes da mostra. Entre os convidados, estão os diretores Cláudio Assis, Eryk Rocha, André Sampaio, Daniel Caetano e o ator Ney Santanna. Na Trilha de Jards tem acesso gratuito e conta com o patrocínio da Lei Aldir Blanc, por meio do Governo do Estado do Rio de Janeiro. Confira a programação abaixo:

Show e Rodas de Conversa
23/03 | 20h30
Apresentação Cine Macalé

24/03 | 20h
Filme – Amuleto de Ogum
Debate “Jards descobre o cinema” – com Macalé, Coelho e Ney Santanna

25/03 | 20h
Filme – Big Jato
Debate “Um cantor ator” – com Macalé, Coelho e Cláudio Assis

26/03 | 20h
Filmes – Conceição – Autor bom é autor morto / Tira os Óculos e Recolhe o Homem
Debate “Cinema, música e experimentação” – com Macalé, Coelho, André Sampaio e Daniel Caetano

27/03 | 20h
Debate “Música verdade” – com Macalé, Coelho e Eryk Rocha

Mostra de Filmes

O Amuleto de Ogum
Direção: Nelson Pereira dos Santos
Ficção|1974| 112 min

Bethânia Bem de Perto

Direção: Julio Bressane  e Eduardo Escorel
Doc|1966| 32 min

Big Jato
Direção: Claudio Assis
Ficção| 93 min |2015

Canções do Exílio: A labareda que lambeu tudo
Direção: Geneton Moraes Neto
Doc|91min| 2011

Casa 9
Direção: Luiz Carlos Lacerda
Documentário|70 min|2011

Conceição – autor bom é autor morto
Direção: Daniel Caetano / Samantha Ribeiro / Andre Sampaio / Guilherme Sarmiento / Cynthia Sims
Ficção | 78min |2008

Jards 
Direção: Eryk Rocha
Doc | 94 min | 2012

Jards Macalé: Um Morcego na Porta Principal
Direção: Marcos Abujamra e João Pimentel
Doc|2008| 72 min

Macunaíma
Direção: Joaquim Pedro de Andrade
Ficção|98 min|1969

Tenda dos Milagres
Direção: Nelson Pereira dos Santos
Ficção|2h15m|1979

Tira os Óculos e Recolhe o Homem
Direção: André  Sampaio
Ficção | 20min |2008

carlão, a síndrome e a kombi que pega crianças…

Subject: Uma prova cabal da existência da Síndrome da Escadaria!
“Alô, MauVal e Nandão! 

Refletindo sobre a Síndrome da Escadaria lembrei de uma evidência do começo deste século que a antecipou. Seguinte:
Dentre as centenas de bandas que o Netunos, a minha, tocou no underground carioca dos anos 00, estava uma curiosa banda de São Gonçalo (se não me engano) chamada A Kombi Que Pega Crianças. Tocamos com eles em lugares como a Casa da Zorra (Engenho de Dentro) e o saudoso Garage, na Rua Ceará…
Pois bem: eles tinham uma música no CD deles chamada “Coincidência”, cujos versos diziam uma grande verdade da época: “Todo mundo que toca violão/ Sabe tocar/ Stairway To Heaven!/ Nem que seja um pouquinho/Nem que seja só o comecinho”… Eu achei essa pérola no YouTube e tá aqui… Confiram!
Certamente o fato de todos saberem tocar “Stairway To Heaven” contribuiu para que essa música merecesse o nome da síndrome de canções que adoramos mas que realmente saturaram de tanto que foram executadas…
Por fim, segue minha curta listinha de músicas amadas mas que de alguma forma há tempos já galgaram os degraus da Síndrome da Escadaria:
– Ramones, “Pet Sematary”
– The Clash, “Should I Stay or Should I Go?”
– Blur, “Song 2”
– Bob Marley, “Is This Love?”
Há outras na minha listinha mas essas são campeoníssimas!
Abraço grande,”
Carlão

fernando, bernardo e a nave-mãe…

Subject: nosso ar musical
“Salve Mauricio e Nandão!

Antes de mais nada, quero muito agradecer vocês por não desistir de nós mesmo em um momento cabriocárico que vivemos, vocês são oxigênio!!!
Escuto vocês já tem um bom tempo, mas não tive a sorte de ouvir vocês no rádio, falo aqui de São Paulo, na várzea da Barra-Funda, e fico muito ansioso pelas quintas-feiras 22h, mesmo horário que termino de dar aula (sou professor de fotografia e agora estamos em aula remota) então desligo a sala virtual e já me atento a nave mãe do Ronca-Ronca. E sempre repito o programa aos domingos de manhã quando me dedico a limpeza do lar e jardim, fico ligadão ouvindo vcs 🙂
Eu nunca escrevi para vocês ou mesmo entrei em contato, mas me sinto parte de uma família de loucos quando escuto os sons de primeiríssima e quando vocês vão fundo nos papos surreais.
Quero aproveitar e recomendar a Sônia Bernardo. uma artista portuguesa que venho escutando, ela canta em inglês, pouco a pouco ela vem soltando umas paradas na UEBI.
Atentos e fortes,
Um forte abraço de SP!”
— 
Fernando