a bula do #445…

romulo fróes – “minha música”

dennis bovell – “after tonight”

roky erickson & okkervil river – “devotional number one”

robert palmer – “addicted to love”

otis spann – “popcorn man”

keith tippett group – “this is what happens”

mano negra – “noche de accion”

23 skidoo – “coup” (12″)

801 – “tomorrow never knows” (ao vivo, 1976)

monsueto – “aula de samba em francês” (7″)

the beatles, lizzie bravo & gayleen pease – “across the universe”

elvis presley – “in the ghetto”

ouça AQUI o programa

romulo fróes acertando os ponteiros do tempo…

Assunto: Re: Disco Novo Romulo Fróes

“Mauval meu rei, muitíssimo obrigado pela imensa alegria de anunciar meus filhotes para o mundo, certeza de pé quente para um disco meu, como nunca antes!!!

A título de correção, não fonográfica, mas de natalidade, diferente do anunciado por você, na real meu aniversário e os lançamentos serão no dia 20.06, neste domingo agora e não no 26 como dito por vossa excelência!

Nada que supere, como disse, minha imensa alegria!!

Cheers and very thankz”

R.

fabio, palmer e free…

Subject: #444 Robert Palmer
“Fala mauval,

Queria destacar  aqui q o episódio #444 me deixou doido com a trinca do Robert Palmer logo no início do programa, que eu só conhecia dos anos 80 e ao saber que era ele fiquei embasbacado! Que qualidade de som! Obrigado por essas pérola que só no ronquinha encontramos!
PS: Adoraria ouvir um dia aí alguma preciosidade do Free com o subestimado Paul Rodgers!
Abçs,”
Fabio

rafael, gamarra, clube roNca, coringão…

Assunto: #444, Clube do RoNquinha e Gamarra.

“Fala MauVal! Tudo certo?

Muito bom ouvir você falando de toda a história do RoNca e ainda saber que nós ouvintes poderemos apoiar nosso amado programa.

Como a vinheta diz, a gente paga as anuidades com antecedência, kkkkk.

Mas pô, tenho que falar de uma batatada também, rsrsrs….Gamarra é ídolo do Coringão, não tem nada de “listradinhos” não, kkkkkkk.

Como corinthiano, acho que a fase mais foda dele foi na época do Corinthians. Foi nessa época que ele foi considerado o melhor zagueiro da copa de 98, terminando a copa sem ter feito uma única falta. Foi fazer só depois de 4 jogos desde a volta da copa, num jogo do Corinthians.

O cara jogou muito!!!! É ídolo incondicional da corinthianada.

Fico por aqui no aguardo de maiores informações do clube do RoNquinha!!!

Grande abraço!!!”

Rafael

nathalie, a trajetória & o clube…

Assunto: Vida loNga

“Salve, Mauval!
Como vai?
Tô saindo aqui de trás da moita, pra te escrever sobre o #444.
Rapaz… fiquei emocionada com seu relato sobre a trajetória do Ronca! Me lembrei de quando conheci o programa em 2005 e como isso impactou a minha existência. Eu, uma menina aqui nos fundos de Duque de Caxias, pirando com as descobertas sonoras…
agradeço sempre por vocês e a deusa Música estarem presentes na minha vida. Sou muito grata mesmo! E compartilho das palavras do Benjão: quando rolar o Clube, já quero pagar antecipado!

E uma outra coisa que me trouxe boas lembranças, foi o Café Tacvba. Me recordei daquele show no Circo Voador em 2013, que tive a oportunidade de assistir, graças a um ingresso que ganhei numa promoção do roNquinha. Vocês sempre me proporcionando graNdes momeNtos.

Tomara passe logo esse fim do mundo e a gente possa se encontrar por aí!

Saudades gigaNtes!

Abraços pra você e pro Nandão, A lenda.”

Nathalie
🙂

joão, o preseNte e a religião…

Subject: o valor das coisas
“fala, mister! tudo certo?
já tem um tempo que tô pra dar um alô por aqui. eu (re)assisti por acaso, ou não, o doc. sobre a rádio fluminense e entendi definitivamente a incompatibilidade de ideias quando, no filme, eles falam em tirar um reggae do ar “porque não era rock”. que tristeza!
o que me deixa feliz é saber que o clube do roNca vai ganhar vida! eu levei uns discos naquela última vez que a gente se encontrou e lembro de você sem graça recebendo eles “é presente mesmo? pô, obrigado!”. e cara, não tem presente que demonstre a gratidão por poder acompanhar o roNquiNha desde os tempos da imprensa.
existem coisas que a gente compra porque precisa. um kg de arroz, um sapato, papel higiênico… mas tem coisas que a gente adquire numa outra relação que não pode ser medida da mesma forma. eu quando compro um disco não me sinto gastando dinheiro, não me sinto nem comprando algo. é outra coisa. é outra relação. e justamente por isso aqui que a tRipa vai chegar junto forte nessa nova fase.
vamo que vamo. com saúde e conectados nessa nossa religião.
abraços”
joão