o #221, hoje, às 22h…

liana.olhos

2017 pegando pesado. igualzinho ao ano passado… arrancado o coração pela boca. sufocando. esmigalhando os sentimentos. enchendo baldes e baldes de tristeza.

liana morava em berlim mas voltou, definitivamente, ao brasa no sábado de carnaval… pro carnaval e pra fazer uma nova vida na cidade de são sebastião… tão distante de brasília, o berço, a existência quase toda.

“olhos negros” (assim um poeta a batizou) circulava muito aqui pelo tico, pelo jumboteKo… fissurada em música, arte, design. apaixonadaça por momo, the king… tanto, mas tanto, que pousou no planeta em pleno reinado dele, há três décadas exatas… e nos abandonou justo numa segunda feira gorda dele.

–  chegará o dia em que vou ouvir o “banga”, em vinil, com você… na sua casa.

pois chegou… e na nossa casa, hoje!

L.O.V.E

kriva…

ferrare
Governador Valladares, quer dizer que deu merda com a chave da cidade, hein? Estou na periferia de Islamabad, Paquí (stão), onde rola um carnaval pirata. Como você não sabe, quem faz carnaval por aqui é condenado a degola por vadiagem explícita, 27 minutos após o flagrante, com direito a uma pena alternativa. Em vez de ter a cabeça transformada em bola de headball, o carnavalesco pode optar em ficar 72 horas internado num caixote de madeira sem luz, assistindo a TV Record no volume máximo exibindo os melhores momentos dos sermões de crivella com c de cu de mineiro que, como se sabe, é cu mau caráter. Shogun sabe do que estou falando pois é dele a pergunta secular que fez a uma mineira de Governador Valadares com um L (de leopardo) só: “amor, você cag…u no p…u?”.  Mas ele não tem coragem de transformar a pergunta em vinheta. Quanto aos carnavalescos, 99,999% dos condenados optam pela degola.
Nosso carnaval pirata é feito em silêncio, num deserto. Para evitar relinchos que possam atrair a polícia, antes de sair arrancamos as gargantas de nossos cavalos com abridores de lata, compramos umas 20, 25 mulheres virgens (recatadas e do lar, como aquele tesão do vídeo pirata que vale 5 reais e que faz o velho babar) e partimos pro desert trip. Lá chegando, colocamos nossas fantasias (esse ano a minha é de um mix Neide Aparecida de peruca Lady com gerente da KKK no Alabama, sweet home de filho de puta). Com as jebas pra fora, noite de breu filho da puta, começamos a girar como pombos correios bêbados e depois saltamos sobre as mulheres, amarradas em cactus de oito bocas, vulgo peiotes.
Dizem que foi num ritual desses que acidentalmente a senhora bisavó do alcaide carioca teria sido inseminada. Na confusão do gira gira silencioso no deserto, na hora do salto, um cavalo chamado Kriva (FOTO) resolveu pular sobre uma mulher, copulou-a e inseminou-a. Como manda a tradição no final do carnaval (2 horas e 27 minutos antes do nascer do sol), as mulheres são assadas e devoradas pelos carnavalescos. Mas a mulher que Kriva currou conseguiu fugir e dedurou todo mundo a dois faraós que faziam meia atrás de um pé de couve nas imediações.
Todos os carnavalescos foram degolados e como prêmio a mulher podia escolher para onde ir. Como era carnaval ela apontou e cantou “alá, alá, alá, meu bom alá”, o carrasco entendeu que era o caminho do Rio e jogou a dama num navio remado por escravos gays que partiu do porto de Enrababad. Nove meses depois, o navio aportou na então Praça 15, a mulher saiu, olhou para o Rio e gritou “Que porra é essa?”. E pariu o “Krivo dela”, grife que com o tempo foi se modificando. Em seguida a dama tomou duas decisões: mijou na rua e fundou a igreja universal.
É por essas e por outras que nesse carnaval de 2017 a chave da cidade foi enterrada no sul do Rio pela bola de sebo, entendeu Gov.? Foi por isso.
No mais, tudo bem? E no pandeirinho da vizinha não vai nada? Ummagumma Ferrare – arredores de Islamabad, Desert Trip, RJ, UK.

chove chuva…

zep.tico

Assunto: O Ronquinha sempre tem dessas coisas…
“…ou seja, a situation bate totalmente com o som.
Tava lá na minha corrida de Ibira, final de tarde, tranquilex ouvindo o #220, qdo armou-se um temporal que espantou meio mundo e limpou a pista. Exatamente aí entra Rain Song e lá fiquei eu, felizão, correndo (mas quase nadando) praticamente só… Só eu e a chuva de Led. Que momento!!”

Fábio

Enviado do orelhão!

o carná gospel vem aí…

atripa.pb

Assunto: AtualizaNdo
“falando em empolgação, está pronto para cair nos braços de momo?
já escalei meus blocos favoritos: shogun é quase amor e o bloco da carmelota
dizem que mais de 5 milhões de foliões já teriam confirmado preseNça no embalo.
melhor aproveitar… antes que acabe!
o carná gospel vem aí com força total.”
) :
Claudia

ignorou a chave (ou dorinha vem aí)…

chave

(foto domingos peixoto)

o prefeito da cidade de são sebastião resolveu ignorar o momento mais simbólico-histórico-tradicional do embalo não comparecendo à “entrega de chave” que marca, oficialmente, o início do reinado de momo… simplesmente, mandou o lima, tomou doril, c_ _ _ u solenemente no rito ancestral da cariocada… que situação mais patética, hein? tá tudo AQUI.

mas é o tal negócio, não sei se já esperavam essa maluquice dele logo aos primeiros minutos do mandato… mas o fato é que tudo isso está perfeitamente alinhado às idéias do elemento.

lembra que, recentemente, no roNca, comentamos que o carnaval de rua atual pode tomar um toco sinistróide dos responsáveis pelo “bom comportamento” da cidade?

pois é, tô achando que o toco já está em prática… e como tudo é cíclico e do jeito que as coisas estão andando, logo logo, o carná poderá ter uma configuração muuuuito diferente pelas ruas da cidade maravilhosa… sempre lembrando que dorinha está fazendo de tudo para são paulo abocanhar todos os turistas do universo… e vamos combinar que em preço, segurança e qualidade de serviços a tchurma do 011 dá de dez na do 021… só falta a praia, mero detalhe pra quem tá numas de ficar zozó / totalmente chamberlain por quatro (ou oito) dias seguidos entoando “olha a cabeleira do zezé”.

engrossando o caldo, o ouvinte luiz mandou as letras que o jornalista aydano andré motta (conhecedor deep de momo) postou:

estarão arrependidos a liga e os presidentes das escolas pelo apoio que deram ao crivella?? acho que já deu pra sentir o apreço que ele tem pelo carnaval, né??? e já deu pra entender o que ele (não) vai fazer ano que vem, certo?
editei o post para acrescentar um comentário: como na história da TV globo, a cobrança tem de ser na turma do samba que o apoiou. o crivella jamais escondeu o que é e o que pensa. errados estão os sambistas que o apoiaram. o nome do que eles fizeram é traição.