ainda o #262…

Assunto: DisCover no #262

“Pô Maurição,
que demais, cara! Na sexta ouvi mais de uma hora e meia do #262 e ficou faltando só o finalzinho pra ouvir depois… Mal sabia eu que ali estava uma mensagem mais que inoxidável sua citando eu e o DisCover.

Final de semana costuma ser bem atarefado pra mim, então normalmente só ouviria o esse trecho na segunda de manhã indo pro trampo, mas um integrante da Tripa cantou a bola pelo Twitter e fui ouvir assim que li a mensagem dele.

Quanta honra ouvir você registrando no Ronca que curtiu nosso programa.

Pra completar terminou com My Way pelo Elvis, que ilustra o lance das “couves com identidade própria” até no nome.

Sem palavras pra agradecer, vou só deixar isso aqui…

Grande abraço”

Julio

markus mandou pra gente…

Assunto: Civilidade

“Fala Mauricio ….. ,

Enquanto por aqui nos deparamos ( mais uma vez ….. ) com cenas lamentáveis no decorrer dessa última semana , na Bélgica, torcedores atiram bichos de pelúcia no gramado para serem doados no Natal !!!!

Sem comentários adicionais …

Forte abraço ,”

Markus , Nicolas & Family

rotas de fuga…

Assunto: Trilha sonora do fim dos tempos

“Salve Mauval, beleza pura?

Descendo ladeira 2017, meio exausto, sem vontade de olhar pra trás, só fazendo planos para o futuro. Aquela sensation juvenil de fazer alguma coisa nova, diferente, original, fugindo da mediocridade utilizando rotas de fuga da simplicidade e torcendo para que no meio do caminho encontre alguém legal. Como Phil Spector encontrando los Ramones.

Tenho o atrevimento de pedir pra tocar um Ramones do fim do século. Veja aí se tem a ver.

Gratidão pela companhia de mais um ano.
Abração,”
Rodrigo

fumaça na água…

Assunto: O Rock respira.

“Salve Mauricio!

Há quanto tempo, tudo certo?

Hoje me ocorreu um episódio dos mais felizes e animadores, segue relato:

Quase às duas da tarde, como de costume em meu pós-almoço, fui dar uma volta pelo Centro. Aos que não sabem: a cena musical de artistas de rua anda movimentadíssima, por aqui. Isso muito se deve, acredito, à crise geral que hoje nos acomete e também às modificações ocorridas no cenário cultural como um todo. O fato é que estava eu na Av. Rio Branco, em frente ao Edifício Avenida Central assistindo mais uma vez ao show da possante banda Mr. Severin, quando um transeunte se aproximou pedindo pra levar uma música na bateria com os caras. Além de permitir, o baterista do grupo ainda filmou a performance para o anônimo! Após arrebentarem atacando o clássico ‘Smoke on the Water’, do Deep Purple, muitas palmas de um público feliz por ter vivido um momento tão bacana. O Rock respira, felizmente.

Em anexo, um registro da performance.

Abraços.”

Allan

a falência do morto…

texto de léo jaime publicado hoje, no globo…

barra pesadíssima para quem frequentou o maraca (isso, maraca lá atrás) durante anos e leva o filho para testemunhar um apocalipse dessa dimensão.

ainda bem que léo não descarrega a responsa da “quarta negra” sobre as torcidas organizadas como a maioria da mídia está fazendo. claro que elas têm participação em boa parte da desgraceira mas o desequilíbrio da sociedade está conectado a outro universo… o buraco negro é muito maior.

por exemplo, onde entram as organizadas nas duas imagens mais brutais que engolimos na final da sulamericana? onde elas participam na cena do atropelado sendo roubado e do atropelador sendo estuprado a céu aberto?

caraca, resolver a nhaca das torcidas organizadas é um casinho mequetrefe de polícia (tipo ladrãozinho de galinha) perto da bandidagem graúda… basta querer.

invadir o maracanã é uma prática comum desde 1950… ok, hoje em dia, as organizadas definem a invasão com hora marcada e local estabelecido… todo mundo sabe menos a polícia… normal!

na boa, acho que desde 11setembro2001, não fico tão impactado com a realidade nos meus cornos… para mim, essas imagens de quarta feira representam a cara do brasil. qual a diferença do FDP que roubou o “morto” com os FDP do congresso que arrancam (há séculos) comida-saúde-moradia-educação-segurança-trabalho de um povo aniquilado?

o pior é saber que todos esses FDP são eleitos pelo “morto”… e assim segue a nossa saga, tranquilona, carná chegando…

mamãe

a bula do #262…

the ruts – “staring at the rude boys” (7″)

sir gibbs – “people grudgeful”

brian eno & john cale – “lay my love”

big star – “oh my soul”

isaac hayes – “walk on by”

isaac hayes – “the look of love”

china – “um dia lindo de morrer”

ali farka toure – “petenere”

antonio carlos & jocafi – “kabaluerê” (7″)

carmela – “popstar” (exclusivo)

taj mahal – “my girl josephine”

john lennon – “ain’t that a shame”

luiz carlos maciel

paul mccartney & allen toussaint – “i want to walk you home”

the birthday party – “kiss me black”

cocteau twins – “my love paramour”

pj harvey – “the river”

alvy, nacho & rubin – “como um pollo degollado”

alvy, nacho & rubin – “todas mis palabras”

elvis presley – “my way” (ao vivo)

ouça AQUI o programa