fotografia

thiago confirmando…

thiago.pb

Assunto: Foto em Pauta com atraso, CiNNapão e coNfirmando!!

“Fala Mauricio,

Só agora consegui um tempo pra te mandar esse email em forma de abraço. Foi sensacional o Foto em Pauta e ouvir todas aquelas estórias sobre as fotos só serviu pra engrandecer ainda mais nossa admiração pelo seu trabalho! Inoxidável mesmo!!

Ficamos felizes demais em saber que gostaram do CinnaPão! Foi uma honra ver as fotos no site e ouvir a degustação no programa. Sem palavras pra agradecer a força. Seguiremos aqui com a produção sonorizada pelo Ronquinha!

E como não poderia deixar de contribuir aí vai minha CoNfirmação do Preto e Branco junto com outras pepitas de peso! Não a toa o “Preto e Branco” é a base sustentando todo o resto com a bênção de Ron Carter no fundo.

Grande abraço pra você e Shogun

Grazi também manda beijos e lembra que já já Hélio chegará pra aumentar a torcida e entrar pro time de Carmela e cia..”

Thiago

samba, negativos & positivos, santana, leon thomas…

santana.tico

santana, maracanãzinho, outubro1973

caramba, vendo esta foto, lembrei do assunto (negativos & positivos #15) que coloquei aqui no poleiro – em fevereiro2014 – e resolvi retornar com a pauta… segura:

negativos & positivos (15) [santana]…

terça feira, no programa, comentei sobre um assunto que seria colocado aqui no tico, lembra?

pois é, em clima descoberta total / “blow up” (o filme), fui atropelado por uma informação absolutamente inédita…

em meu HD… e de todos com quem falei.

a História é a seguinte:

nesses dias de “negativos & positivos”, tem pipocado uma quantidade gigante de fotografias “inéditas”.

volta e meia, passa por mim uma tira de filme que jamais foi ampliado.

semana passada, esbarrei numas fotos que fiz do show de santana, no maracanãzinho…

como o ingresso está sem o ano – e eu não tinha certeza dele – tratei de catar a info…

e cheguei a 1973!

a maioria das fotos estava tremida, de longe…

não recordo de outra configuração de show no maracanãzinho com o palco, praticamente, no meio da quadra.

o ginásio recebeu um público bem numeroso… mas neguinho não deixava a rapaziada ficar em frente ao palco…

dei um jeito…

josé, que lá esteve, disse que a PM metia a borracha em quem pulava pra quadra.

no cata-cata das fotos, encontrei um negativo que mostrou, claramente, que a xeretinha teve problema naquela noite.

na hora em que consegui chegar perto de santana & seus bluecaps, o filme travou…

e fiz vários cliques no mesmo quadro:

captou?

creca total… mas que resultou numa imagem espetacular… e que, por muita sorte, mostra com “perfeição”

alguns componentes da banda:

da esquerda para direita: josé “chepito” areas (percussão), richard kermode (teclado), santana, armando peraza (percussão) e o ULTRA MEGA ESPETACULAR CASCA GROSSA CABELEIRA ALTÍSSIMA baixista doug rauch… e se colocar uma lupa, você encontrará os outros três que “não aparecem” (o batera original mike shrieve, o tecladista tom coster e a leNda que será desvendada no final do post)!

( :

essa tchurma, todinha, estava na bica de lançar o álbum “welcome”!

tá acompanhando? tô confuso?

muita pressão!

voltando à pesquisa para confirmar a data do show…

descobri que santana passou por são paulo, porto alegre, rio e brasília… vindo de uma tonelada de shows

em buenos aires, cali, bogotá, managua, panama city, san jose (costa rica), san salvador (el salvador), guatemala city…

e muitos no méxico!

tem noção do que era levar um circo desses a lugares como os citados, há quarenta anos?

santana & banda – a original de woodstock com luizão maia no lugar do baixista david brown que teve problemas de visto – já haviam tocado no teatro municipal do rio, em 1971! inesquecível!

voltando às infos de 1973…

fui atrás dos nomes dos integrantes da banda que vieram ao brasa e não achei nada sobre os shows daqui.

well, well, well… certamente, a mesma rapeize que circulou nos shows anteriores pelas américas, certo?

e mais, a mesma tchurma que gravou o álbum triplo “lotus”… no japão, três meses antes.

pois bem, exatamente nesse ponto, a porca começou a torcer o rabo…

já que a escalação do conjunto de santana (como está no ticket) apresentava, como vocalista, simplesmente:

LEON THOMAS

hahaha… parem as máquinas… caraca, leon thomas veio ao brasil com santana, em 1973?

PQParille… pirei, arrumei uma lupa nova, limpei os negativos… climão “BLOW UP”!

escaneia ali, recupera daqui, fotoshopeia, treme, sua muito… e as imagens foram nascendo:

CARACA… mamãe… armando peraza (LENNNNNNNDA cubana) e LEON THOMAS no palco do maracanãzinho.

e eu NUNCA tinha visto essa foto! NUNCA!

liguei para uns doidos que poderiam ter ido ao show para saber/confirmar a presença de leon… ninguém lembrava de paul newman… hahaha!

o fato é que leon thomas pra mim, naquela época, não significava nada de especial… era, simplesmente, um cantor desconhecido com santana…

que informa em seu site que trabalharam together apenas em 1973.

mas o mundo girou, a lusitana rodopiou… felizmente!

a sensação que tive é parecida com a que você teria se, naquela banda desconhecida que tocou na sua cidade – em 2002 – você descobrisse, hoje, um jack white na formação… manja?

voltando aos negativos…

fuça daqui, fuça dali… encotrei uma foto tirada em frente ao leme palace hotel de josé “chepito” areas, membro original do santana, conversando com um cara alto, negão, sorridente… pensei eu com meus botões:

– PQParille, será que é leon?

segura:

HAHAHA… não acreditei nos meus zoinho!

imediatamente, liguei para eduardo motta do brasil contando a História e mandei a foto…

ed subiu pelas paredes e disse que jamais soube da visita do parceiro de pharoah sanders!

cheers

( :

a bula do #234…

234a

the junkie dogs – “chasing rapture”

taj mahal – “leaving trunk”

taj mahal – “checkin’ up on my baby”

the allman brothers band – “trouble no more” (ao vivo)

taj mahal – “statesboro blues”

gorillaz & popcaan – “saturnz barz”

gorillaz & de la soul – “momentz”

santana – “jingo” (7″)

curumin – “boca de groselha”

shame – “gold hole” (7″)

curumin – “prato, ferro, barro”

jeff buckley – “grace”

jeff buckley – “last goodbye”

lô borges – “eu sou como você é”

the kinks – “two sisters”

os kinkas – “two sisters”

kinkaskinkas4kinkas3kinkas2kinkas5

the beatles – “getting better”

leandro césar – “quatro anjos”

lonnie donegan – “lost john”

the cocteau twins – “pearly dewdrops drops”

free_radio

weapon_tico

ainda (muito) queNte…

melque.pb
“Fala Mauricio! Tudo bem cara?
A tecla do reverb continua acionada por aqui, mesmo depois de sua passagem.
Esperamos de coração que vc tenha gostado da hospitalidade mineira. A gente é meio desconfiado mas, depois que pegamos amizade, que no caso com vc já vem de alguns anos, nos tornamos como amigos de infância.
Fiquei deveras impressionado com o teu livro e as histórias de cada foto. Imagino quantas outras vc deve ter para os próximos projetos. Valeu muito a pena ter ido. Foram mais de 100km de deslocamento e quase 3 horas de estrada pra chegar até o memorial. Cheguei cedo, sujo pois fui direto do trampo mas lá estou eu na foto logo na primeira fila, atento aos “causos” e ao final fui presenteado com o manto do Ronquinha FC.
Esperamos que volte logo e desde já o convite está feito. Quem sabe anime a assistir em BH um jogo do Galo x Vasco com as torcidas misturadas e conhecer as demais iguarias da culinária futebolística mineira, hehehe.

Forte abraço e fiquem com Deus!”

Melque
São Gonçalo do Rio Abaixo – MG

+

“Oi MauVal!

Demais o evento aqui em BH! Inoxidável o Preto & Branco!! Obrigado por compartilhar tanta beleza com a gente, seja com o olhar de fotógrafo, quanto com as pérolas e pedradas que você atira toda semana no nosso som!

Como não queria alugar muito tempo e seu ouvido no Foto em Pauta, depois de uma longa fila de autógrafos, resolvi escrever umas palavrinhas sobre as lembrancinhas musicais de BH que eu te entreguei!

MARIMBAIA, do Leandro César é o disco resultado de um projeto que ele desenvolve há alguns anos. Foram 12 marimbas que ele construiu, pesquisando madeiras e outros materiais (uma das marimbas tem as teclas feitas de porcelanato!) e a partir daí, ele e outros músicos compuseram as 10 músicas que compõe o álbum. Ele trabalhou com o Marco Antônio Guimarães fundador e construtor dos instrumentos do Uakti. No Parque das Ruínas aí em Santa Teresa, desde o ano passado conta com um parque musical que tem instrumentos de metal construídos pelo Leandro. Eu participei da criação da identidade visual do Projeto Marimbaia desde o início e o Lucas Dupin, artista visual aqui de BH, é o responsável pela criação e construção desse objeto-disco que conversa com a essência artesanal e única que circula todo o projeto Marimbaia.

Já o disco da banda The Junkie Dogs eu não tenho nenhuma relação direta, mas é uma banda de rock daqui que eu gosto muito e não guarda nenhuma semelhança com o outro disco… :) Já tinha um disco deles aqui em casa e ganhei uma nova cópia no show que eu fui deles há alguns dias atrás aqui em BH, o qual eu repasso para o Jumboteco!

Minhas sugestão para tocar em algum programa vindouro é a música 9- Quatro Anjos do Marimbaia do Leandro e do Junkie Dogs a música 3- Chasing Rapture.

Grande abraço e muito obrigado mais uma vez!”
Thales

thales,amorim.pb

aTRIPA & o “preto e branco”, ontem (em BH)…

bh15.plateia

well, well, well… para começar, um detalhe da rapaziada que compareceu, ontem, no “foto em pauta”, em BH.

para seguir neste relato, devo informar o seguinte…

eu sempre choro (isso, blu blu fortão) nas seguintes situações:

– quando sinto sodade da gabriela

– toda vez que lembro do herbert me mostrando a demo de “alagados”

– quando resgato do meu coração a voz de um amigo que disse: “o que é salvar um sábado seu quando você salva a minha vida há mais de trinta anos”

– quando vejo o vasco entrar em campo

e

– toda vez que sinto na pele o carinho, a cumplicidade, o companheirismo, o amor incondicional d’aTRIPA… PQParille, não tem jeito, nada segura o aguaceiro… assim foi, ontem em BH… só me resta agradecer a todos que prestigiaram mais uma edição do “foto em pauta”.

para neguinho ter noção da situation, basta dizer que fernando furtado (O responsável por fazer minha conexão com o eugênio sávio e peça fundamental na confecção do livro) foi barrado no baile… isso, não entrou, barradão. assim como muitos outros. SOLD OUT!

ou seja, todos os espaços foram tomados pela rapeize… todos os livros foram vendidos, todas as camisetas foram dadas… enfim, a chapa ferveu no lindo prédio do memorial minas gerais vale…

bh2memo

bh6escada

mas, antes de tudo, a tal passada básica com fernandão pelas ofertas sonoras…

bh3fernando

e pela degustation ostentation do especialíssimo bouza…

bh5bouza

oferta do tomás, uruguaio como o vinho, testemunha ocular de SETE finais de champions league, torcedor do nacional de montevideo, fã fervoroso de meu tio ondino (que está registrado no livro) e que não mais largou o artefato…

bh4tomas

o trelelê fotográfico começou bem antes da hora marcada (19:30)…

bh7exp

bh8memo2

não é fácil entrar num recinto e dar de cara com meus pais projetados na parede…

bh10lia

afe, a barra pulsou brutalmente e a grosseria começou a remexer minhas entranhas.

a casa abarrotou e eugênio iniciou os sirviços…

bh9savio

bh11savio2

foram projetadas todas as 142 fotografias do preto e branco com intervenções do eugênio e minhas… ao final, algumas perguntas pipocaram… e o embalo não se alongou muito por conta do horário de entrega do auditório… em seguida, aTRIPA chegou forte para mais uma demonstração de amizade cabeleira altíssima…

bh12atripa1

bh13atripa2

bh14atripa3

evidente, o “pensamento” mais ouvido foi:

“cadê, shogun? cadê, shogun?”

cheers & obrigadalhaçaço

( :

olha o exemplo dos espinhos que apareceram…

Assunto: Que tristeza! Que azar!
Data: 25 de maio de 2017 20:30:24 BRT
Para: Mauricio Valladares <programa@roncaronca.com.br>

E aí, Mauricio! Tudo bem?

Cheguei ao memorial às 19h32. Senhas esgotadas com direito a já 5 contemplados da lista de espera. Dei uma choradinha e nada. A moça da recepção disse pra esperar sem compromisso. Chega um rádio falando pra não liberar mais nenhuma senha. Que tristeza!

Então, o esperto aqui resolve ir ao banheiro. Quando voltei o segurança me avisa que liberaram mais duas senhas, ele foi atrás de mim e não me encontrou. Que azar!

Fica pra próxima!

Sucesso sempre!

Viva o Ronca! Viva a Tripa! Viva MauVall!

Um forte abraço,”
Ton

e o exemplo das flores que abundaram loucamente…

“Saímos com a felicidade estampada no rosto em ter lhe conhecido, foi emocionante para nós este encontro. Você faz parte da nossa história.

Fiquei pensando sobre como relatar o que significou para gente estar lá, mas me faltam palavras porque estou emocionada até agora.

Somos seus fãs, agradecemos pela sua sensibilidade e por nos proporcionar tantos momentos de alegrias com seu trabalho e toda sua história.

Simplesmente obrigada, foi uma ótima noite.”

Elba

terror?

e o ministro da defesa (?!) vem dizer que os manifestantes, em brasília, chegaram para implantar o terror?

terror? e o que está sendo enfiado goela abaixo dos brasileiros? qual é o nome?

caNdaNgada representando forte…

df

(foto de ueslei marcelino)