fotografia

vai sobrar pro nelsão…

winston já está todo coberto em londres… do outro lado do “pensamento”, mandela (nelson mandela) segue cercado pelos bluecaps de 007 para impedir a chegada da KKK/UK… PQP

enquanto isso, tem neguinho arquitetando como colocar no chão o “até então” intocável visconde horácio nelson, o todo poderoso de trafalgar square… encarapitado no topo da coluna, na fotoca clicada pela xeretinha, em 1975, na própria praça a ele consagrada.

nelsão, o almirante, equivalente a um churchill de 1805 (só que, claro, ao invés do bigodinho do capeta, ele estava a encarar napoleão, o ídolo dos “hello, crazy people”)  já vinha sendo torpedeado (a nível de gente, enquanto pessoa) há muito tempo por conta da História sendo revisitada. manja?

e eis que chega, nesses dias, o período de tombamento (no sentido levar ao chão) de estátuas ligadas a escravagistas, mercadores de gente, anti-abolicionistas, espancadores e similares… conclusão, adivinha quem será o próximo da fila…

(matéria de 2017…DAQUI)

portanto, em pouco tempo, trafalgar square não terá uma estátua sequer das que hoje lá estão… tipo, o cavaleiro – na foto – com um pombo na cabeça é o rei george IV. imagina o pangaré no chão?

de qualquer forma, será uma missão complicada botar nelsão no chão… percebeu a altura da coluna dele?

detalhe: horácio está enterrado na catedral de saint paul… que tombo!

a bula do #392 com skylab, muzak e “caipirinha”…

kassin+2 – “namorados”

elvin jones & richard davis – “raunchy rita”

skylab & banda – “eu roubei a gravata” (ao vivo no roNca)

shitdisco – “the emanator” (7″)

skylab & banda – “corpo e membro sem cabeça” (ao vivo no roNca)

fontella bass – “rescue me”

arctic monkeys – “balaclava”

arctic monkeys – “D is for dangerous”

skylab & banda – “dá um beijo na boca dele” (ao vivo no roNca)

tinariwen – “mano dayak”

mauricio pereira – “mergulhar na surpresa”

gabriel muzak & banda – “o ronco da cuíca / ligação” (ao vivo no roNca, 20agosto2013)

skylab & banda – “eu chupo meu pau” (ao vivo no roNca)

p.j harvey – “sheela na gig”

skylab & banda – “o primeiro tapa é meu” (ao vivo no roNca)

skylab – “qual o lucro obtido?”

fino coletivo – “partiu partindo”

skylab & banda – “você é feia” (ao vivo no roNca)

marcelo birck – “surf atonal”

jeff buckley – “hallelujah” (ao vivo / parte)

skylab & banda – “a última valsa” (ao vivo no roNca)

arcade fire – “keep the car running”

amp fiddler – “if i don’t”

skylab & banda – “quanto mais saúde eu morro” (ao vivo no roNca)

ouça AQUI o programa

ê batumaré (ou segue o osso)…

(rio  /  agosto1992)

quatro músicas de “ê batumaré”, primeiro disco solo dele, lançado em 1992

Mobral
Do que adiantam?
Placas. Bulas, instruções…
Do que adiantam?
Letras impressas das canções…
Do que adiantam?
Gestos educados, convenções…
Do que adiantam?
Emendas, constituições
Se o teto da escola caiu
Se a parede da escola sumiu
Sem dente o professor sorriu
Calado recebeu dez mil
E depois assistiu na Tevê
Em cadeia para todo Brasil
O projeto, a tal salvação
Prestou atenção e no entanto não viu
A merenda, que é só o que atrai
A cadeia para qual o rico vai
Despachantes, guichês, hospitais
E os letreiros de frente pra trás
Aos olhos de quem
Só aprendeu o bê-á-bá
Pra tirar carteira de trabalho
E não entendeu Zé Ramalho cantar
Vida de gado
Povo marcado
Povo feliz
+

A Dureza Concreta

Teu sangue ralo explica

Tua fome de comer

Fome de engolir com os olhos
Tudo que se pode ver
Fome de camisa limpa
De ter fome, fome ter
Já que a garganta seca
E o difícil engolir
Te impõe essa dieta
Quase que como um dever
É outra vez a marreta
Que levanta e vem ao chão
É a dureza concreta
Da vida da construção
É tua tristeza certa
É tua cama de pau
É tua existência tonta
Precisando de oração
Se o que te corre nas veias
Já não te sustenta mais
Te resta o chão, o limite
De onde nunca passarás
Senão pra vala comum
Sem sete palmos contar
Pra tua pouca magreza
Dois ou três hão de bastar

+

A Nova Cruz
 A nova cruz brasileira
A cruz em forma de X
Diferente das cruz das Igrejas
Da cruz que ocupou Paris
Mas tal como as outras cruzes
Aponta, julga e condena
Amarra os pés e as mãos
Dos que já nascem com ela
Cruz escrita ma testa
(Doente, febril, amarela)
Cruz desenhada nos vãos
(Entre os dentes da boca banguela)
Cruz sobre os viadutos
(Início da nova favela)
Cruz em cada cruzamento
(Vendendo limão e miséria)
Cruz imensa em suor
(Que pinga e não fura pedras)
Cruz marcada a fogo
(Nos malhos, caldeiras, panelas)
Nas mãos
Na testa
Nas pedras
A cruz selando o destino
Do morto, que vivo se enterra
O futuro como um precipício
A cruz lá embaixo, à espera
+
O rio Severino
 Um tísico à míngua espera a tarde inteira
Pela assistência que não vem
Mas vem de tudo n’água suja, escura e espessa deste
Rio Severino, morte e vida vêm
Mas quem não tem abc não pode entender HIV
Nem cobrir, evitar ou ferver
O rio é um rosário cujas contas são cidades
À espera de um Deus que dê
Quem possa lhes dizer
Me diz o é que você tem
A quem se pode recorrer
Me diz o que é que você tem
É muita gente ingrata reclamando de barriga d’água cheia
São maus cidadãos
É essa gente analfabeta interessada em denegrir
A boa imagem da nossa nação
És tu Brasil, ó pátria amada, idolatrada por quem tem
Acesso fácil a todos os teus bens
Enquanto o resto se agarra no rosário, e sofre e reza
À espera de um Deus que não vem
O que é que você tem
Me diz o que é que você tem
O que é que eu posso te dizer?
Me diz o que é que você tem
.

a bula do #390 com teresa cristiNa…

teresa cristina & grupo – “maria joana” (ao vivo no roNca)

johnny guitar watson – “no i can’t”

teresa cristina & grupo – “poesia” (ao vivo no roNca)

flying lotus – “pickled”

candeia – “expressão do teu olhar”

teresa cristina & grupo – “lembrança” (ao vivo no roNca)

kenny burrell – “naná”

tulipa ruiz – “efêmera”

teresa cristina & grupo – “meu mundo é hoje” (ao vivo no roNca)

the beatles – “long long long”

teresa cristina & grupo – “coisas do mundo, minha nega” (ao vivo no roNca)

the beatles – ao fundo

bnegão, tony allen, catatau, areia – “ensaio” (salvador, setembro2005)

teresa cristina & grupo – “pura semente”

teresa cristina & grupo – “pé do lajeiro” (ao vivo no roNca)

the pretenders – “i can’t control myself” (demo)

yamandú costa & valter silva – “implicante”

teresa cristina & grupo – “trégua surpresa” (ao vivo no roNca)

alaíde costa – “lobo bobo”

mahlathini – “ngaqeda”

marcelo & crina “caipirinha”pelo telefone direto de leeds (UK)

teresa cristina & grupo – “beijo sem” (ao vivo no roNca)

(nesta meiuca teresa cantou, acapela, iron maiden e van halen)

teresa cristina & grupo – “o que vier eu traço” (ao vivo no roNca)

ouça AQUI o programa

mamãe, apesar de tudo (e de todos), hoje é dia de celebrar os 7.9 Dele…

caramba, já pensou no fato de você ter existido sobre a crosta da terra tendo Ele ao seu lado durante todo esse tempo? que você e Ele respiram o mesmo ar puro (dos dias de hoje)? hahahahahahaha…

pois bem, celebre… grite na janela, coloque a Música tocando alto, muito alto… abra o caramelo, fique de cabeça pra baixo, dê cambalhotas, incendeie o ambiente, ligue pros amigos & inimigos, entre no “ocupa tempo” especial dylan 7.9… e pense que Ele está com você. SEMPRE

cheers

damo suzuki & aTRIPA…

nesses dias onde o tempo abunda freneticamente, todos nós temos metido as mãos em cumbucas jamais navegadas, procede?

pois é… tenho ouvido programas do século retrasado cheios de momentos interessantíssimos, falado com “gentes” distantes no tempo, revirado negativos e arquivos digitais empoeirados pelo esquecimento, blá blá blá…

numa dessas escavações, cruzei com o mitológico damo suzuki tirando um quieto antes de deitar os cabelos na gravina com o rabotnik, no estúdio toca do bandido (rio), maio2009…

e cruzar bigodes com aTRIPA (só leNda):

D+