futebol

van basten mandou pra gente…

Assunto: VAR

“Eu estou de molho ainda por causa da cirurgia, aqui na casa da mamma, engordando com os bolos e doces e iguarias oferecidos diariamente, e agora estou vendo aqui Southampton x Manchester tomando cafezinho fresco…

Aí pensei, discuta isso quando der com o Nandão. O VAR aqui na América do Sul está chamando o árbitro pra qualquer merda, qualquer encontrinho, e não nos esquecemos que se trata de um esporte de contato. Aí meu ponto: eu acho que os operadores do VAR deveriam ser ex-jogadores tipo Junior Baiano, Hugo de León, Serginho Chulapa, Célio Silva, Cléber, Lugano, etc, pois o jogo pararia de ser esta merda caça-pênaltis que é hoje…
O que vc acha?

Outro ponto: como as coisas estão, você não acha que as torcidas em breve virarão isso aí no vídeo abaixo, em São Jujuba, Itaquera, Chiqueiro, La Bombas, Maracanã, etc?”

Van Basten

pra inglês ver (ou awesome)…

claro, o massacrante corretor de texto colocou janeiro e não januário… mas o fato é que o relato do stan confirma cristalinamente a vibe que é assistir a um jogo em são jujuba, AWESOME… que o tradutor automático diz: FOOOODA!

na boa, digo isso há anos: se você (sobretudo os que nasceram nos tempos de padrão FIFA) quer experimentar a verdadeira natureza do Futebol, não deixe de comparecer a são jujuba… seja você torcedor de qualquer clube.

raucous!!!

( :

o relógio marca…

muitos dos que circulam aqui pelo poleiro já ouviram a célebre marca radiofônica que era proferida por waldir amaral em suas transmissões futebolísticas:

– o rrrrelógio marca

e o maracanã estremecia com o sinal da rádio globo seguido da voz de waldir informando o tempo da partida.

o lance é que, ontem, na pastelaria, cruzei com o mitológico carlos alberto (amigo de adelzon alves, nelson cavaquinho, astrud gilberto, vinicius de moraes…) que chegou na minha lata e mandou:

– lembra quando o waldir amaral dizia “o relógio marca” nas transmissões?

eu: claro

ele: pois bem, olha o relógio aqui…

eu: hein?

ele: esse é o relógio que o waldir carregou no pulso durante muitos anos e que originou a célebre frase

eu: mas como você tem esse tesouro?

ele: comprei quando ele estava numa maré muito ruim de grana e desde então guardo com o maior carinho, respeito e saudade do waldir

os canarinhos depenados em 63 (ou o claudio complementando o #431)…

Assunto: Lamentável excursão à Europa e ao Oriente Médio

“Salve, Mauricio!

Eis aí o lamentável retrospecto da Seleção Canarinho (Bicampeã Mundial) na tal excursão à Europa e ao Oriente Médio, em 1963:

Tirando essa carne assada que foi o jogo contra Israel no fim da excursão, o Brasil tomou cipoada de tudo que foi lado: perdeu pra Portugal, tomou sacode da Bélgica, perdeu pra Holanda, tomou porrada da Itália…

Ainda tá faltando uma derrota, que não entrou nessa lista porque não foi jogo oficial: logo após a goleada sofrida contra a Bélgica, o Brasil perdeu de 2 a 0 para o Racing de Paris, jogo ocorrido no dia 26 de abril. Esse jogo foi uma loucura: Gerson, o Canhota, que na época era jogador do Flamengo, atuou pelo Racing de Paris. O Lima, lateral-direito do Santos, jogou um tempo pela Seleção e outro pelo adversário.

Cada ideia, né?

Abraço.”
CH

######

esse pombo do CH chegou devido ao áudio retirado do 10″ da rádio jornal do brasil que colocamos no #431 com alguns destaques de 1963.

no que entrou a notícia do fiasco canarinho, nandão e eu estranhamos já que a seleça tinha faturado o bicampeonato mundial no ano anterior.

enfim, nada como aTRIPA e sua parceria inoxidável… D+D+D+D+

( :