los hermanos & roNca

emagreceNdo…

lembra, durante a tour hermanos/roNca, quando apareceu – na fundição (RJ) – um ouvinte que disse ter perdido QUATRO quilos depois da derradeira edição do roNca?

olha a fotoca do cidadão, à direita, sendo consolado pelo professor selvagem (sim, a lenda da ilha do amor!)…

pois bem, a História do emagrecimento correu a galáxia… e o bernardo passou a anexar 4kg em seu próprio nome próprio!

hahaha… PQParille!

segura o pombo que chegou…

Subject: 4 kg voltando

“Fala Mauval! Aqui é o Bernardo, vulgo 4kg (tá lembrado né? do show dos hermanos)

Meu amigo, não sou de escrever muito mas tô sempre na moita, acompanhando o “Ronca Blog”. Aliás, lá no trabalho somos 2 integrantes da tripa te acompanhando. Eu e Fabiano (esse você conhece pois já citou num post: (http://www.roncaronca.com.br/2012/02/29/atripa-2/).

Escrevo para (novamente) lhe agradecer, mais especificamente o post sobre o Jards Macalé. Estou passando a madrugada trabalhando num relatório e esse post salvou minha noite! Trabalhei ouvindo todas as musicas do Jards com o Soma e a trilha sonora do Mailbag Blues! Valeu!

Por falar em trabalho, recentemente fui premiado com um show dos Paralamas em meu trabalho!!! Sente a pressão! Tem idéia do que é você abrir a porta da sua sala, dar 2 passos e estar num show dos caras?!?! Como você diz, cabeleira altissima!!!

Comentando alguns posts passados:

Historico o gol e a reverência da torcida ao Juninho no jogo do nosso Vascão contra o Botafogo! E de arrepiar a torcida invadindo o campo pra comemorar o gol do zagueirão do Everton! Relembrando outro post antigo em que você e meu amigo Barba (grande vascaino!) foram ao Beira Rio, percebo que muitos vascainos que conheço nutrem uma simpatia pelo Inter. As 2 vezes que estive em Porto Alegre fui com amigos vascainos ao Beira Rio. Os jogos foram bem mais ou menos (2×2 contra a Ponte em 2000, jogo assistido da geral, ou melhor da Coreia!!! E 1×0 de penalti contra o Paysandu em 2005), mas no primeiro resolvemos ir em um onibus da torcida do Inter que saia do centro da cidade. Chegando lá o único do ONIBUS INTEIRO a ser revistado pela policia fui eu!!! Cabeludo sempre se fode!

Fiquei bem triste com o passamento do Celso Blues Boy… o Jamari frança deu um depoimento mais interessante do que a noticia do UOL que você citou:
http://oglobo.globo.com/blogs/jamari/posts/2012/08/07/aumenta-que-isso-ai-celso-blues-boy-459140.asp
É isso ai amigo! Grande abraço”
Bernardo 4kg

fatiando (a.k.a “a love supreme”)…

há tempos eu não entrava em contato com uma boa parte de nossa torcida.

ao longo dos últimos tempos, a comunicação das coisas roNca aconteceu, apenas, via a tchurma cadastrada aqui no site.

sendo assim, muita gente ficou foreta de nosso bate-bola… normal, falta de tempo, falta de vontade… opção!

hoje, ao refazer algumas listas de ouvintes, enviei um “pombo sem asa” para a tchurma que estava “adormecida”…

já que espero informar, em breve, algumas novidades envolvendo o roNca… take it easy, nadica de dial ou programa!

enfim, o projétil alcançou todos os tipos de ronqueiros… mas a grande maioria estava “off”, à vera!

conclusão: recebi uma avalanche de mensagens solicitando inclusão…

e acabei fatiado, despedaçado, esquartejado pelo carinho, sem igual, de nossa tossida… aTRIPA!

muuuitos ouvintes, que estavam sumidos, apareceram gloriosamente… outros tantos se manifestaram pela primeira vez.

PQParille, minha tarde foi “cabeleira altíssima” graças ao mais poderoso dos aditivos: a emoção!

eu só posso tentar retribuir na mesma moeda… com vibe do mesmo quilate, com o mesmo respeito, carinho…

e pra segurar esta onda, vou mostrar uma das mais espetaculares demonstrações disto tudo que já recebi:

a edição feita pelo MAM, em 2011, com algumas fotografias minhas que ele catou aqui e “ali”.

para contextualizar, tudo ao som de gil scott heron com “pieces of a man”…

( :

botando a tampa, três exemplos dos “pombos sem asa” de ontem…

“Salve Maurício,
Demorou mas chegou, conforme prometido.
Dizem que uma imagem vale mais que mil palavras, não é não?
Bom, ainda que essas imagens valham mais que qualquer palavra (fé no futuro, sempre!!!), não custa nada dizer um sonoro MUITO OBRIGADO, pelo ingresso, pela sonorização, pela simpatia, especialmente pelo momento transcendental ao som Dele, Coltrane, e também pelo Gainsbourg do final no show dos Hermanos, aqui em São Paulo.
Grande abraço e muitas saudades daquelas terças espetaculares.
Ps. Esse objetozinho metálico é uma réplica em CD do Metal Box, porque o original só passa pela minha mão.
Leonardo

+

“Oi Maurício eu quero continuar recebendo as notícias no Ronca sim!
Aliás,sabe que certa vez estava voltando da casa da minha ex-sogra e resolvi chamar um taxi pois já estava tarde e as minha bebês estavam dormindo. Meu ex-marido(o Alex) e eu entramos no carro e fomos curtindo as músicas que o taxista ouvia no rádio, não lembro o que tocava, mas era agradável. Em um determinado momento tocou a vinheta da rádio, ele estava ouvindo a Jovem Pan.
Nessa hora eu comentei que achava uma pena o Ronquinha ter saído do ar pois era o único programa que me fazia ligar o rádio,foi quando para a nossa surpresa o motorista falou ” Desculpa me meter na conversa de vocês eu adorava esse programa. É uma pena mesmo ter saído do ar.”ele também era um orfão do programa! Aí ele falou para o Alex ” Pô, essa tua camisa é muito maneira, eu tenho uma que é edição da copa”.aí o alex disse ” cara, não fala que a camisa é minha que dá até briga…”
E dava briga mesmo! porque desde quando nos conhecemos ele ia na minha gaveta e  roubava a minha camisa do ronquinha!Logo a camisa que eu mais gostava e que me traz lembranças tão boas! Por quatro anos eu não pude usar a camisa porque o sr. Alex ia na minha gaveta e pegava antes que eu pudesse pensar em vestir! e eu sempre falei para ele que se um dia a gente se separasse ele poderia leval tudo, menos a minha camisa!
E de fato nos separamos! foi uma separação tranquila, sem maiores problemas. Na semana passada ele veio buscar algumas coisas que ainda estavam por aqui e teve a cara de pau de perguntar ” Michelle, cadê a minha camisa do Ronca Ronca?”
;) piscando
Michelle
+
Subject: Ronca em São Luís…
Aí, Maurição…belesma?
Pra não chover no molhado, nem vou falar sobre a falta de opção nas noites de terça… Em todo caso, estamos na expectativa, sempre de olho no Site Roncador!
Segue uma “fotoca” recém retratada em São Luís do Maconhão…onde, pasmem, numa tarde conhecendo o Centro Histórico, eu e minha namorada só ouvimos Legião! Pelo menos em três momentos diferentes, na mesma tarde, a trilha captada no ar era essa…mto lôco! Cadê o reggae?
E aproveitando, update me!
 Fábio

T&T

UAU… que espetáculo!

comprei, hoje, a compilação “raízes sertanejas” de tonico & tinoco, 10 merréis!

e lembrei da subida de tinoco, em 4maio2012!

no dia seguinte, os barbudinhos fizeram show em brasília… e eu tinha que tocar a dupla, de qualquer jeito…

quer dizer, do melhor jeito… ainda mais, ali, no coração do brasa!

pois bem, antes de robert fripp & brian eno com os tradicionais 4 minutos de UOOOOOONNNNNNNNNNNNNNNN (é o som da faixa “the heavenly music corporation”)…

que “anunciavam” a entrada da banda no palco, puxei “rei do gado” com T&T…

mamãe… que pressão… alto pra meirelles, ao ar livre… em pleno estacionamento do ginásio nilson nelson, LOTADO!

certamente, foi a mais calorosa recepção ao meu aquecimento pros hermanitos!

também… moleza, né?

( :

inesquecível!

tonico & tinoco forévis!

 

zôio no zôio!

 

somente ontem, tive oportunidade de saber como as coisas fluiram para os hermanos antes deles iniciarem os 22 shows nos quais sonorizei.

durante todo o tempo em que estivemos juntos, os assuntos se amontoavam, as páginas eram viradas muito rapidamente…

e acabávamos sem chance de detalhar  as coisas… e eu sem saber qual foi a vibe deles… com que estímulo eles enfrentaram multidões & multidões!

claro que me passaram reações bacanas (falei delas aqui no poleiro)… mas nunca sobre o “momento decisivo” de entrar em cena, sacumé?

sim, aqueles cinco/seis minutos derradeiros antes de dar de cara com a platéia, seca pra devorar pelo por pelo dos barbudos…

aqueles minutos onde a cola tem que colar, a afinação tem que estar afinada… climão time antes de entrar em campo numa partida decisiva… e pode ter certeza absoluta que tem time que ganha o jogo ali… e tem outros…

anyway, anyhow, anywhere… passei longe, muito longe, geograficamente, desses instantes… sem dúvida, os minutos mais imprtantes para toda a situação do show… para todas as pessoas que estavam trabalhando… O “momento decisivo”!

detalhe, são duas as razões para eu colocar este tipo de assunto aqui:

– a quantidade de mensagem que chega até hoje querendo saber as “músicas” tocadas antes dos shows dos barbudos

e

– a satisfação que devo àTRIPA por algo tão importante

simples assim!

enfim, ontem, acabei cruzando com o ruivo… meio que por acaso… ele & eu… eu & ele! com tempo, sem ninguém por perto!

papo vai, papo vem… ele desovou:

– “cara, você não tem idéia… nunca vou conseguir te passar o clima que acontecia antes de entrarmos no palco. era muito forte. a escuridão era total, a gente se abraçava… e aquele som tomando conta de tudo, invadindo tudo, foda… cara, você acertou em cheio ao escolher o eno com fripp. o pessoal que documentou a turnê tem essas imagens. só aparecem nossas silhuetas, unidas… e o som UUUOOOOOOMMMMMMMMMMMMMMMMMM… hahaha…”

hahaha… digo eu… o ruivo narrou esses instantes por alguns longos minutos… rindo, feliz pra meirelles… como se, realmente, estivesse sentindo 1/1000 do que foi a vibe!

mesmo com todas as reverberações positivas de antes… a ficha só caiu ontem!

( :

frippeno!

muita gente – muita mermo – pergunta (e perguntou durante os shows) qual música/som antecedeu 20 das 22 apresentações dos hermanos.

a intro realizada por robert fripp & brian eno caiu no gosto de todos… e, sobretudo, serviu para criar a vibe necessária para a banda mostrar a cara.

pois bem, o disco é este aqui, lancado em 1973:

são apenas duas faixas… uma de cada lado do Lp!

esta é a tal…

http://www.youtube.com/watch?v=AALCO6BUHdM

o tempo de execução dela, antes dos shows, foi de maomé (em média) uns cinco minutos!

pressão!

( :

beirando…

eu já havia colocado, aqui no tico, algumas imagens captadas na visita ao estádio beira rio… lembra?

foi a decisão do gauchão…

e uma das páginas mais cascudas da turnê barbuda.

nosso hotel estava a 15 minutos do gigante, andando.

já cedo, começou a movimentação… e, claro, entrei numas de, pelo menos, dar uma passada na vizinhança do estádio.

no que cruzei com barba e alex, eles disseram que iriam ao jogo… ôpa, vamos nessa!

logo no caminho, já fui clicando a xeretinha…

os tais 15 minutos passaram como se fossem 2 minutos de tão agradáveis… beirando o parque, temperatura espetacular, tranquilidade, paz!

ninguém fura fila, ninguém tem pressa… peraí, estamos no brasa?

hahaha… claro que não… estamos no rio grande do sul… e eles querem independência… enfim, este é outro papo.

mas se você nunca passou por lá, é bom ir… antes que eles vazem, manja?

( :

metade do gigante estava em obras… e depois da desclassificação da libertadores, a torcida não deu muita atenção pra decisão estadual.

 

tem certeza que estamos no brasa?

este aqui de cima passou horas “ofendendo” a torcida do caxias… non stop!

estávamos na arquibancada superior e a torcida visitante bem abaixo de nós… ao nosso lado, um grupo de colorados ficou “dialogando” com os oponentes:

“vem cá, vocês já ganharam mundial? copa do brasil? libertadores? brasileiro? qual título vocês já faturaram? ahhhhhh, sim, lembro, vocês ganharam a copa da uva em1946. parabéns”!!!

hahaha…

sério… caramba, ficamos na arquibancada, no povão!

mais adiante, a torcida ficou “desesperadona”… afinal, o caxias meteu o primeiro gol da decisão.

em meio à “desorientação”, as duas manifestações mais agressivas que passaram pelos nossos ouvidos foram:

– “meu deus, meu deus”

e

– “entra mordendo”

sério… alex e barba são testemunhas!

na boa, pra quem está acostumado com são jujuba, maraca, bariri, engenhão… a mudança é muito radical!

independência jah?

e o caxias manteve a copa da uva, de 46, como sua grande conquista… segundo os colorados!

( :

rio6, saideira2 (final)…

num passe de mágica… o tempo passou, 22 shows foram ao ar, muitas & muitas horas de aeroporto e asa dura…

sono mal dormido, sono muito bem dormido… som, muuuuuito som… aTRIPA presente, sempre… mamma mia, que felicidade!

e, sobretudo, a MEGA cumplicidade dos hermanos à causa ronquística!!!

e quando cito os barbudos, não me refiro apenas aos quatro… mas, sim, a toda equipe, todos!

foi uma experiência inesquecível cruzar o brasa… abrir os shows de uma das bandas mais desejadas em nossas fronteiras…

sonorizar a espera, inundar os tímpanos de milhares de fissurados pelos hermanos… corresponder à curiosidade de centenas que quiseram fotografar os discos tocados para correr atrás das músicas…

enfim, só me resta agradecer – e muito – pela oportunidade!

como já escrevi – aqui no poleiro – ainda voltarei com alguns assuntos da turnê que ficaram de lado.

seguem os clicks de ontem…

tirando o improviso com o tema de “love story”, antes do bis, a lista foi a mesma de sábado!

para fechar, um agradecimento especial ao ruivo pelas duas citações ao roNca nos shows do rio (sexta/25 e sábado/2)!

além das lembranças que ficarão reverberando forévis, levei pra casa um souvenir pra lá de especial…

a caixa com os Lps dos hermanos autografada por todos que participaram da turnê…

ana isabel registrou o ruivo marcando o artefato:

( :

SP, saideira1…

este é o espaço das américas que, até recentemente, era evitado por qualquer um disposto a se divertir num show.

o local passou por reformas… e tem funcionado muito bem! grande… bem grande!

ontem, os hermanos fizeram a primeira das duas saideiras paulistanas…

tinganá não… mas esta turma aqui de cima é que faz a roda girar, manja?

ela é que levanta o circo… na marra.

chegaram do rio direto pro local do show… e pra caminha tipo 3 da madruga!

UFA… e olha os sorrisos nos cornos da rapeize… hora do relax, pós ralação!

tem mais, hoje… às 22h!

( :

tremulaNdo…

bruno, tripeiro/cabeleira altíssima, compareceu à fundição progresso, na sexta feira…

coletou a camiseta e fincou residência lá na frente, bem próximo ao palco…

conclusão, foi flagrado por barba (o batelita hermano) no momento em que exibiu a amarelinha, nossa…

captou?

que momento, hein?

( :

4kg, ainda…

Subject: 4 kg
 “Grande Mauval! Quem escreve é o cidadão que emagreceu 4 kg depois do fim do Ronca Ronca! Vi que vc postou o email do Flavio (grande figura humana!) comentando sobre nosso encontro no sábado. Meu nome é Bernardo (daonde o Flavio tirou Jeff???) e naquele dia quis mesmo te agradecer pelo Ronca Ronca existir. Ouvir o Ronca era um evento sabático pois o que você me apresentava de novo, lá ia eu correr atrás pra conhecer melhor, e o que tocava que eu já conhecia, ficava embevecido por já gostar de algo apresentado no Ronquinha.

Alguma novidade sobre a volta ao dial? Inclusive no derradeiro programa na Oi FM tive que ir a uma festa na casa de uma amiga da minha esposa, mas não tive duvida… fui pro quarto ouvir o último programa pagando de anti-social sem medo de ser feliz!
Tenho um grupo de email com 2 amigos em que trocamos petardos musicais semanalmente. Impressionante é a sintonia com o Ronca. Não raro, algo que comentávamos entre nós em pouco tempo víamos sendo citado no seu blog (Jefferson Airplane on the rooftop, Jeff Buckley, Robert Wyatt).

Não podia ter sido melhor chegar a Fundição ao som de Velvet Undrground! Um desbunde ouvir o Hendrix tocando Like a Rolling Stone!
Obrigado!”
Abraços
Bernardo