youtube

peart & aTRIPA & ainda o #368…

Assunto: Neil Peart subiu =/

“Feliz ano novo, Mauval! Eu tava devendo este e-mail desde a virada do ano, mas o trabalho e a rotina me sugaram, infelizmente. Somado ao meu relapso, claro…

E decidi que deveria te escrever hoje. Ainda estou digerindo a morte do lendário Neil Peart desde sexta-feira, já chorei feito criancinha desde então…

Sei que Rush não está muito no radar do Ronca, mas eu só precisava mesmo escrever esse desabafo pra outro amante de música, como você. Cara, Rush foi o primeiro show que vi na minha vida, lá no distante 2002. Puta que parola, eu só tinha 16 anos! Quanto tempo, mas me lembro daquele dia do começo ao fim. Tremi igual vara verde quando eles subiram ao palco, muito foda. Tive a sorte de vê-los outra vez em 2010. Que privilegiado eu sou!

Fui apresentado a essa santíssima trindade pelo meu melhor amigo que conheço desde 1999, ele também ficou arrasado. Enfim, são muitas e muitas memórias da minha vida relacionadas a eles.

Mauval, me faça chorar outra vez. Fale um pouco dele, toque qualquer música do Rush, pode ser qualquer uma comercial. É a primeira vez em que vejo um ídolo morrer, ainda não sei como lidar. Admito que até mantinha uma grana reservada pra me mandar pro Canadá numa emergência, porque eu jurava que haveria um show de despedida. Isso não vai acontecer mais =/

Neil Peart era um cara muito especial, incrível, um grande ser humano (nem vou entrar nos méritos dele como baterista e letrista. É chover no molhado). Ele merece uma menção honrosa, e não o ostracismo dado pelos canais daqui…

Um abração!!!!”
Rafael

+

Assunto: Neil Peart – 1952-2020

“Fala Mauval,

O melhor baterista de rock do mundo se foi e ninguém colocou nada no site? Qual é dos estagiários?

Chorando essa perda desde a semana passada” 😭😭😭

Jair

+

Subject: Gratidão pelo #368

“Com quase 3 semanas de delay, ouvi com comoção ô #368. Melhor programa não haveria para atender o pedido e presentão de aniversário dos Pistols, (antecipando o iminente verão carioca) Holidays in the sun. Ainda, com a inclusão no programa do prócer argento L. A. Spinetta,  na histórica parceria dele com outro grande, Pappo, na faixa executada no Ronquinha.

O que dizer de,  entre outras,  a memorável presença do Premê(ditando o breque) que, diga-se de passagem, merece ter apresentada em alguma edição de 2020 a obra prima “Feijoada total”.
Grato pela contemplação do pedido MauVal, agradeço o parabéns de inigualável Nandão – a quem retribuo com Saudações Rubro-Negras, e agradeço a boa companhia de sempre.
Um ótimo 2020 pra vocês!
Abração.”
Dario

parquet courts & aTRIPA…

Assunto: Parquet Courts

“Alô alô tripulação Ronca-ronquense!

Meu primeiro contato imediato com vocês.
Ouço vocês desde sempre.
Inclusive a pegada de vocês já foi influência de um programa que tínhamos na web há 10 anos atrás, o programa Confusion, pirataria sonora que invadia mais de mil lares todas as segundas a noite levando jazz fusion, rock psicodélico, funk e tudo que tinha pegada experimental e liberdade na improvisação. E o bacana que em nosso estúdio recebíamos diversos colegas e convidados, o que tornava o ambiente em uma pequena confusão!

Mas venho aqui para falar que assisti o Parquet Courts em um mini-festival patrocinado pela Heineken aqui em São Paulo, Heineken Experience.
Show muito bom!
Ouço a banda desde o início mas sempre tive dúvidas de como falar corretamente o nome. Aprendi com vocês agora no programa #369, na Web.

Muito obrigado.
Grande abraço!”
Fabio

+

Assunto: Parquet Courts

“Tava ouvindo outro dia o programa da semana passada, talvez eu esteja falando uma batatada, mas acho que vc falou algo sobre o Parquet courts não terem tocado no Brasa (ou eu entendi dessa forma rs)… vieram a cerca de três anos, quando tocaram duas noites em São paulo pra cerca de 900 testemunhas (450 em cada show). Fiquei sabendo na época, mas infelizmente perdi. Ninguém se movimentou pra traze-los pro Rio…

 

Valeu Mauricio, até + ! =)”

Z

haroldo, o #369, o roNca fit & david crosby…

Subject: Che belo início de ano
“Salve Mauricio! Salve Nandão!

Caros,
este primeiro programa do ano foi um exemplo da maneira emocional e emocionada que ao longo de todos esses anos o Ronca me inspira a ouvir mais e mais música.
Esta seleção do #369 tava incrível. Do Tim Hardin ao Marcelo Janeci improvisando em cima de “Lilac Wine”, mais a versão de “what a wonderful world” com NC e SM e a mais que bela versão de “These Boots…” do Parquet Cours foram momentos que quase verti lágrimas na esteira da academia.
Muito bom ouvir o programa entre um exercício e outro. Fica uma espécie de ginástica para o cérebro. Ronca Fit.
E voltando a emoção, acho já senti esse alumbramento quando rolou em algum programa das antigas “Song With No Words” do David Crosby. Já viu o doc sobre ele? Parabéns pelo programa!
Abraços!”
Haroldo

ricky gervais X a patotinha de hollywood…

o melhor, o melhor… D+

esse foi o monólogo inicial… no aguardo que o Utube mostre as outras estrogonóficas presenças dele no prêmio. como por exemplo, a despedida onde deu mais ou menos esse recado:

– pronto, acabou (fazendo gesto de varrer todos pra fora) podem ir encher os cornos e se drogar à vontade. fuck off

dizem os entendidos que a associação dos jornalistas gringos de hollywood fez de tudo para gervais não apresentar o GG… mas, mesmo assim, ele chegou à quinta e derradeira função… demolindo tudo e todos.