chris spedding

chris spedding ocupando o “ocupa tempo” #5…

dia desses, papeando com  miltão do [goma], molestador oficial das popoilas (nas festchuinhas), nos rachamos de tanto rir ao lembrar o encontro que tivemos com chris spedding, no atl hall, rio/fevereiro2003… afe!

era um show de bryan ferry (roxy music) que trouxe chris na banda… e lá fomos nós com esqueminha para encontrar o guitarrista no camarim depois do show.

a gravadora montou uma produça forte de imprensa para bryan bater um lero com os entendidos daqui… resultado, nenhuma alma viva na tenda da press especializada… tasquiupa!

well, well, well… fissuradex em mister spedding, claro, levei dois Lps pra ele dar uma rabiscada… entramos no backstage, zereta de qualquer presença… ah, detalhe, era fevereiro, rio de janeura, um calor dos infernos e chris spedding, no palco, trajado como se estivesse no inverno finlandês… bem, voltando, miltão e eu ficamos ali tal e qual dois náufragos abandonados quando, de repente, avistamos uma reluzente sandália rider emergindo do corredor… em seguida, um impecável calção adidas preto com listras brancas seguido por uma camiseta sem manga furadinha (manja?) em total sintonia com a fashion na rua da alfândega (centro / rio)… toda essa vestimenta ornamentando – para nossa surpresa – o corpitcho de CHRIS SPEDDING… hahahahaha… PQP!

miltão e eu nos olhamos, fizemos caras de quem estava vendo nossa senhora de lurdes no atl hall e partimos pra dentro do mulambão carioca: “hello, blá blá blá…”

miltão disse que tinha visto ele sei lá onde e eu puxei os Lps com a caneta… chris sequer olhou pras nossas fuças, proferiu uns grunhidos, rabiscou os discos e vazou!

HAHAHAHAHAHAHA… PQP, que lenda. que peça… moNstro total!

volta e meia chris spedding é lembrado pelo “boato” de ter gravado todas as guitarras de “never mind the bollocks” dos pistols. ele mesmo já desmentiu trocentas vezes mas… tá tudim AQUI

acho que se existisse uma mega sena chris spedding eu seria um dos sorteados com a quina do prêmio… cacilds, meus olhinhos já cruzaram com ele seis vezes: essa do atl hall + duas vezes ele tocando com roy harper (uma delas abrindo pro pink floyd). a foto ali de cima é no show solo de roy + ele com o sharks, no marquee, primeira banda de andy fraser depois do free mas esse show foi com busta cherry jones (talking heads) e com repertório do segundo disco da banda. nenhum dos dois discos está no spotify + ele com john cale lançando “slow dazzle” + ele com robert gordon… mamãe!

passei boas horas nos últimos dias ouvindo a guitarra estrogonófica de chris spedding em alguns dos meus discos preferidos… e nasceu o “ocupa tempo” #5:

 

JB+CS+JM+GB = 1267…

ronca.adesivo

em tempos onde “qualquer um” tem milhões de views&seguidores, estas cenas (inéditas pra mim até hoje)(mesmo que cortadas) têm a inacreditável quantidade de 1267 testemunhas… UAU!

ou seja, juntar jack bruce (voz e baixo), chris spedding (guitarra), john marshall (bateria) e graham bond (teclado), em 1971, é algo – TOTALMENTE – irrelevante na atualidade…

AMÉM

herbie flowers, leNda inoxidável…

no final da matéria ainda aparece chris spedding tocando guitarra!

Herbie Flowers (born Brian Keith Flowers, 19 May 1938, in IsleworthMiddlesex) is an English musician specialising in bass guitar, double-bass and tuba. He is noted as a member of Blue MinkT. Rex and Sky and as one of Britain’s best-known session bass-players, having contributed to recordings by Elton John (Tumbleweed Connection etc.), David Bowie (Space Oddity/Diamond Dogs), Lou Reed (Transformer including the prominentbass line of “Walk on the Wild Side”), Roy HarperDavid EssexAllan ClarkeAl KooperHarry Nilsson (including bass on “Jump into the Fire”), Cat StevensSerge GainsbourgPaul McCartney and George Harrison: he also played bass on Jeff Wayne’s Musical Version of The War of the Worlds. By the end of the 1970s Flowers had played bass on an estimated 500 hit recordings.[1]

herbie

negativos & positivos (59) [roy harper & chris spedding]…

as peças a seguir são duas das mais brutais forças no planeta roNca… na boa!

prestencão…

além de roy harper, quem mais teria seu nome numa música do led zeppelin?

pois é,  “hats off to (roy) harper” foi composta para ele!

e mais, quem além dele fez a voz principal numa música do pink floyd?

hahaha… “have a cigar” – do álbum “wish you were here” – é interpreteda, exatamente, por ele!

beleza? tá bom de peripécias de roy?

ok, vamos a chris spedding… a leNda da guitarra… em alguns poucos aspectos:

– provável substituto de brian jones nos stones… dispensou!

– guitarrista do grupo sharks com andy fraser, ex-free

– produtor de algumas demos do sex pistols… dizem que são dele TODAS as guitarras de “never mind the bollocks”!

– esteve no brasil (são paulo e rio) com bryan ferry, em 2002

– guitarrista nos principais discos de jack bruce.. e john cale… e harry nilsson… e muito mais!

segura a dupla no show de roy harper…

roy harper & chris spedding / hammersmith odeon (londres) / junho 1975

robertando…

arretadão…

e mais ainda, neste um com chris spedding, guitalita de jack bruce/roxy music/stones/john cale/sex pistols…

sim, dizem que TODAS as guitarras de “never mind the bollocks” foram gravadas por ele!

lembrando, que o disco de estréia das pistolas foi produzido por chris thomas (beatles, pink floyd, pete townshend, roxy music, pretenders, pulp, macca, blábláblá…)

( :