rogério skylab

a poeira (2)…

Subject: Re: a poeira…
“Mauval!
Cara, Muito bacana suas impressões sobre esse momento fora do ar do Ronca. Muito foi falado e discutido por nós, ouvintes, nas redes sociais e/ ou pessoalmente desde que o programa deu essa descansada. Muita gente falou e defendeu a idéia de que o Ronquinha não deveria morrer, que deveria voltar numa rádio online ou algo do tipo. O que eu penso sobre isso é mais ou menos próximo do que eu acho que é a sua opinião. Além de restringir o acesso dos ouvintes ao programa (porque a gente sabe que a internet inclui mas também exclui muita gente), sempre pensei que o Ronca Ronca é bem maior que isso tudo e merece seu devido espaço numa rádio FM onde ele possa veicular com liberdade. Além do mais eu penso que para alguém com a bagagem e a vivência na música que você tem, esse espaço de uma rádio online é uma restrição muito grande para executar o seu trabalho. Sempre quando eu ouvia o Nandão lendo o e-mail de alguém que escutava o Ronca pela primeira vez, sentia a sua emoção de ter mais um(a) entrando pra tossida, no caso de um programa online essa emoção é bem diferente. Fora aquela emoção da novidade, de quando você lançou compactos e mais compactos espetaculares para nossos ouvidos. Esse lance da novidade praticamente não existe no universo online, pelo menos não com a mesma emoção. Ouvir um riff ou um trecho de uma canção que você curte, de surpresa no rádio, isso não tem preço meu amigo. Você trouxe isso e muito mais para nós. Na boa, foi uma escola onde a gente aprendeu muita coisa, de graça. Foi não, é uma escola, com o Ronca Ronca eu aprendi como é bom ficar desorientado, e continuo desorientado. O Ronca Ronca não morre meu amigo, jamais. Ele só vai se transformando e a gente vai acompanhando essas transformações.
Para relembrar um destes momentos desorientantes, vi esse vídeo e tenho que compartilhar porque esse dia foi ultralóki. Desorientação total, me lembro bem, eu voltando da faculdade e Skylab mandando um som parecendo que vinha de outro planeta. Talvez fosse mesmo!
Grande abraço!”
Jenilson – Santa Luzia -MG
+
Subject: Re: a poeira…
“Muitas saudades, meu amigo unilateral. Mandei alguns emails, alguns vc leu até no ar. Revinos skatalites por ti, conheci a Tulipa. Te devo tanto cara, mas tanto. Devo ao letuce ter te conhecido, tava atrás de coisas deles e achei o arquivo do teu programa com a participação deles. Daí, dali a pouco toca orquestra baobab. Aí fudeu, meus olhos encheram de lágrimas, pensei “porra, isso aí toca no rádio, esse cara botou baobab pro brasil escutar, ainda existe esperança!!’
E é isso meu amigo, você é nosso arauto do amor em formato auditivo. Não se afobe não mas não se acomode não, te imploramos. E o que precisar – repito, o que você precisar – conte comigo, que tenho uma dívida imensa de gratidão por tanta coisa boa que conheci por ti. Pelo menos as festas podiam cotinuar rolando – RoNca RoNca cold turkey style, hã?! 😀
Um abraço do meu tamanho, com saudades imensas.”
Juliano
+
Subject: Re: a poeira…
 “Dia 28 de fevereiro foi meu aniversário…Eu realmente tenho um barato com o Ronquinha…
  Você sabe que o Ronquinha tem vida própria, né? E quem ama – sabe como faz falta…
  Beijo, Mauricio…”
  Valéria
*sempre aguardamos (com muita esperança) o nosso ronquinha*

esclarecendo…

a perguntinha da promoção com ingressos para skylab no rival+tarde… lembra?

o cidadão, lá embaixo, fazendo xixi… pois é,

vê se, agora, dá para identificar a peça:

hahaha…

captou?

sim, a Lenda… rogério skylab!

amanhã, no jumboteKo, voltaremos à promo com ingressos pro show, ok?

aliás, o próprio skylab mencionou a urinada em seu blog (godardcity.blogspot.com), em setembro/2008:

OS TRÊS MOSQUETEIROS

Na ponta direita Kassin; no meio, João Brasil; e à esquerda, eu.
Os três djalmas da festa Ronca Ronca do último sábado, clicados pelo anfitrião Maurício Valladares.
Três sets completamente diferentes um do outro. Entre eles, o “bárbaro”, o “heliogábalo”, conectando as diferenças e produzindo uma “síntese dijuntiva”, o Ronca Ronca. Isso que ele chama de “orientar desorientando”.
E ainda me clicou, fazendo xixi (isso vc pode ver nowww.roncaronca.com.br).
Mau Val, meu nego.
Meu rei.

no teto, olhando pra cueca…

 

caramba, depois de 24 anos… o buraco!

fiquei negociando com meus botões o que fazer na primeira sexta feira sem o rio fanzine no globo.

ainda mais depois do programa de terça, alguma “(in)satisfacão” deveria ser colocada aqui… mas o quê?

no que chegou o email de rogerio skylab, tudo foi resolvido com o texto Dele no godardcity.blogspot.com

( :

RIO FANZINE

“Eu me lembro do inferno.
Mas esse inferno era meu, fazia parte da minha história. 
Estava separado e morava só. Era um ap na rua Paissandu, de apenas um cômodo. Nem cozinha tinha.
Eu abria as páginas do Globo e ia direto para o Rio Fanzine. Na parte principal, uma novidade, a nova banda que nem suspeitava existir. Mas na coluna à direita, havia as sugestões, as festas que iam rolar no fim de semana, o show das bandas independentes. A letra era pequenininha, mas isso pouco importava. Naquela coluninha à direita estava o mapa da mina.
E lá ia eu pra Rua Ceará.
Era o saravá metal do Gangrena Gasosa.
Podia ser também o “Formigas Desdentadas”. O “Zumbi do Mato”. “Uzomi”.
E tinha também o Doctor Smith aos sábados, o DJ Edinho e o seu irmão Nelson, a banda “Congo” e o “Dogs in Orbit”.
E de repente, naquela boate da rua da Passagem, aparecia D2 e BNegão . E Bacalhau. E Philippe Seabra.
Eu sempre encostado numa parede com uma lata de cerveja.
E dá-lhe Cure, Bowie, Blur…
No rádio, o Ronca Ronca.
Essa nostalgia dos diabos, vem bem à propósito: é que na sexta-feira passada, foi a última edição do Rio Fanzine, depois de tantos anos. E o programa Ronca Ronca, que continua firme, agora na OI FM, registrou com emoção a origem e a história do Fanzine comandado por Tom leão e Carlos Albuquerque. 
Salve, Ana Maria Bahiana !!!
Por fim, Sex Pistols, Joe Cocker e Nick Cave deram o ar da graça e me fizeram rolar lágrimas que molharam minha cueca.”

ontem…

mas que lindeza pra começar o programa, hein?

jumboteko com nandão e sua gargantinha bombardeada, promoçães, gabriel thomaz & o diabo aquático!!!

e a tristeza de informar a saída de santos e vitória da rede Oi fm!!!

buááááááááá!!!

segue lista…

sister rosetta tharpe – “strange things”

buguinha – “troça roubada”

billy chidish – “the right mistake”

les mccann & eddie harris – “cold duck” (ao vivo)

totonho & os cabra – “a rainha”

the fall – “funnel of love”

autoramas – “rei da implicância” (ao vivo)

sex pistols – “roadrunner”

the black keys – “tighten up”

the black keys – “howlin’ for you”

autoramas – “gente boa” (ao vivo)

autoramas – “samba-rock do bacalhau” (7″)

rogério skylab – “matador de passarinhos”

nelcy sedibe – “holotelani”

buddy guy & junior wells – “a man of many words”

autoramas – “no claro no escuro” (ao vivo)

apanhador só – “jesus, o padeiro e o coveiro”

tippa irie – “all the time the lyric a rhyme”

céu – “valsa pra biu roque”

jack bruce – “things we like”

+

segura o email de nossa majestade:

“Saudade fela da puta.
Queria que vc assistisse o show da minha nova banda: AS SKYGIRLS.
Vai ser na próxima sexta-feira, dia 11/06, no Rock’n Drinks (Antiga Drinkeria Maldita).
Rua Aires Saldanha, 98-A
O show começa pontualmente às 21:00 horas, seguido da festa REVOLT que comemora 4 aninhos de existência.
Aparece lá porra.
To com saudade caralho.”
Rogério Skylab
+
+